26 dezembro 2018

Top 2018 - 15 filmes que deixaram marca

 Terminou o Natal. O Sporting voltou a entrar em crise de resultados. Imensas famílias endividaram-se para demonstrar o amor pelo próximo e uma imensidão de pessoas prepara-se para trocar as prendas natalícias. Esta é também a célebre fase do ano em que a maioria dos sites e blogs lançam os seus tops anuais. O Rick's Cinema não é excepção. Nesse sentido, decidi publicar o meu top imensamente subjectivo sobre quinze estreias marcantes de 2018. Ou, se preferirem, um top sobre quinze estreias de 2018 que deixaram marca na minha pessoa. Para ajudar a justificar as escolhas decidi colocar os links das críticas em cada um dos filmes seleccionados (o Jusqu'à la garde apenas vai contar com um texto manhoso nos próximos dias).

1º - Manbiki kazoku: "É daquelas obras que não sai da mente, nem do coração com facilidade. Áspera quando tem que ser. Afectuosa quando menos esperamos. Sensível nos momentos certos. É um daqueles filmes que não se esquece, que arrasa, emociona, prende e exibe um realizador de eleição a fazer com excelência aquilo que de melhor faz. E que prazer é sair de uma sala de cinema com a sensação de que fomos simultaneamente encantados e arrasados por uma obra cinematográfica".
 
2º - Girl: "O intérprete tem em Lukas Dhont um apoio de peso, com o cineasta a conceder toda uma atenção aos gestos da protagonista e à sua relação com o corpo, sempre com uma mestria assinalável. Veja-se os trechos em que encontramos Lara a observar-se ao espelho, ou a retirar as protecções dos dedos e a expor os seus pés ensanguentados, ou a mexer no seu cabelo. Como conviver com a sensação de que não somos nós próprios? O exterior de Lara não corresponde totalmente ao seu interior. Esta situação desperta uma sede de mudança no âmago desta adolescente dotada de complexidade e enorme humanidade, que acompanhamos com enorme atenção e admiração ao longo daquela que é uma das obras emocionalmente mais poderosas do ano."

3º - Call Me By Your Name: "'Call Me By Your Name' é um filme sedutor e sensual, que inebria, apaixona, arrebata e estimula as sensações e emoções. É, também, uma obra dotada de enorme sensibilidade, que concede atenção aos gestos e às trocas de olhares, embora nunca descarte o poder da palavra, seja esta escrita ou falada".

4º - Zimna wojna
5º - The Killing of a Sacred Deer
6º - The Florida Project
7º - Visages villages
8º - Ana, mon amour
9º - Nelyubov
10º - Dogman
11º - Jusqu'à la garde
12º - Sandome no satsujin
13º - No Intenso Agora
14º - Columbus
15º - Nagai iiwake

Filme português - "Amor Amor": "Entre confissões e danças nocturnas, amores que se esfumam e outros que se reencontram, corridas madrugadoras ritmadas ao som da música "Ces Bottes Sont Faites Pour Marcher" e da libertação da alegria de viver, 'Amor Amor' aborda com profunda sensibilidade a complexidade e a emotividade que permeiam o amor e os sentimentos inerentes ao mesmo". 

Sem comentários: