15 maio 2017

Filmin lança canal de cinema português

 Hoje, dia 15 de Maio, o Filmin dá mais um passo de gigante para a sua afirmação em Portugal ao lançar um canal dedicado em exclusivo ao cinema português, nomeadamente, o Canal PT. Estamos diante de um espaço que promete ser uma ponte privilegiada entre o público e o cinema português, com o Canal PT a facilitar e muito o acesso (de forma legal) aos filmes nacionais. Desde grandes sucessos em circuito comercial como "Tabu" (Miguel Gomes), "Os Maias" (João Botelho), "José e Pilar" (Miguel Gonçalves Mendes), a obras cinematográficas que deixaram uma marca forte em festivais de cinema nacionais e internacionais, tais como "Balada de Um Batráquio" (Leonor Teles), "Fora da Vida" (Filipa Reis e João Miller Guerra), "Alentejo, Alentejo" (Sérgio Tréfaut), "Jesus por um dia" (Verónica Castro e Helena Inverno), "Linha Vermelha" (José Filipe Costa), não faltam exemplos de filmes recomendáveis que pontuam a programação requintada deste canal que chega com enorme fulgor. Entre longas, curtas, documentários, obras de ficção, o Canal PT conta nas suas fileiras com obras de cineastas como Miguel Gomes, João Salaviza, João Botelho, Manuel Mozos, Pedro Pinho, João Canijo, Leonor Teles, Luísa Homem, Sérgio Tréfaut, José Filipe Costa, Miguel Gonçalves Mendes, Sandro Aguilar, entre outros, com a equipa do Filmin a prometer não ficar por aqui. De acordo com o comunicado divulgado para a imprensa, o Canal PT "(...) será dinamizado regularmente com programações especiais, focus sobre autores, e colaborações com outros eventos cinematográficos e culturais, no sentido de se criar um espaço dinâmico de reflexão e descoberta". Ou seja, este recém-nascido saiu da barriga dos seus criadores com uma enorme pujança e imensos sinais de vitalidade, tendo tudo para conquistar o sucesso a curto prazo e tornar-se uma ferramenta imprescindível a longo prazo, com o Canal PT a permitir impulsionar a divulgação do cinema português e evitar o desencontro entre este e o público. Nesse sentido, o Filmin permite que as obras cinematográficas nacionais cheguem a quem não teve oportunidade de visualizá-las quer em festivais, quer em circuito comercial (muitos destes filmes estiveram em circuitos limitados de exibição), bem como acabar com as desculpas para não visualizarmos mais cinema português. Estamos diante de um convite claro para mergulharmos em águas cinematográficas nacionais, enquanto descobrimos ou redescobrimos algumas das nossas pérolas e observamos com especial prazer o crescimento do Filmin. É um projecto que dá gosto de divulgar, com a qualidade da programação a ajudar a esse sentimento e a contribuir para a sensação de que estamos diante de um pequeno (grande) tesouro que merece ser preservado e acarinhado.

Vídeo promocional do Canal PT:



Canal PT: https://www.filmin.pt/canal/pt

Sem comentários: