08 agosto 2016

Uma pausa inevitável

 Nos próximos tempos o Rick's Cinema vai estar praticamente parado. O blog não vai acabar, não seria capaz de terminar de vez com este espaço. Foram horas e mais horas dedicadas ao blog para terminar de vez com o Rick's Cinema (a própria imagem que acompanha este texto indica que desistir não é uma opção). No entanto, também não sei precisar ao certo quando regressa e como regressa. Se tudo correr mal, o blog regressa depressa, se tudo correr bem, o regresso promete ser demorado. Por enquanto tudo é incerto quer para mim, quer para o blog. Primeiro preciso de me adaptar a novas rotinas. Posteriormente terei de repensar o funcionamento deste espaço. Não deixa também de ser relativamente irónico que o momento no qual percebo o quanto sou apaixonado por este hobby seja precisamente quando tenho de me afastar temporariamente do mesmo. Penso que qualquer pessoa adoraria que o seu blog funcionasse praticamente como o Omelete e o Cinema em Cena, ou seja, conseguisse ser rentável (pelo menos, eu gostava), com a grande paixão de uma vida a transformar-se no emprego de sonho. No entanto, esse desejo é impossível, pelo menos com este espaço e acredito que praticamente com qualquer blog de cinema nacional (e sites). É impossível não encarar esta paragem com um misto de alegria e nostalgia. No caso do regresso não se proporcionar, algo é certo e completamente sentido: não me esqueço das entrevistas efectuadas, dos momentos de bloqueio e da minha incompetência a rever textos, das resenhas escritas, dos visionamentos e das sensações únicas de cobrir festivais, das discussões acaloradas (seja com outros bloggers ou pessoal de algumas distribuidoras) e das amizades criadas, da colaboração com a Take, entre tantos outros momentos que simplesmente são impossíveis de esquecer de um dia para o outro. Muito obrigado a quem acompanhou e acompanha este espaço. Até já.  

4 comentários:

Antestreia disse...

Até já.

Close Up! disse...

You'll be back! :)

ajanelaencantada disse...

Do nosso lado egoísta queremos que voltes depressa. Mas o importante és tu, e o que for melhor para ti. Mesmo que o tempo desapareça, acredito que encontrarás uma forma de não deixar o Rick's desaparecer. Abraço, e tudo de bom.

Sarah disse...

Tudo de bom para ti, e espero mesmo que regresses depressa! Foi um prazer poder acompanhar-te ;)