20 agosto 2015

Estreias da semana - 20 de Agosto de 2015

Boa-tarde, caros leitores, e bem-vindos a mais um post das estreias da semana.

A semana de estreias, desta vez, é ligeiramente invulgar, não só porque temos mais retrospetivas do que o costume mas, também, porque essas retrospetivas nos parecem ser as obras que merecem mais destaque. As retrospetivas em causa consistem num ciclo de seis filmes de Jacques Tati e de sete curtas-metragens protagonizadas, escritas e em alguns casos realizadas pelo cineasta, e na exibição do documentário "Shoa", de Claude Lanzmann.

Quanto às restantes estreias, separá-las-ei, como de costume, de acordo com as respetivas nacionalidades.

Assim, dos Estados Unidos chegam-nos a comédia "Férias", protagonizada por Ed Helms e Christina Applegate; o thriller de ficção-científica "Outro/Eu", com Ryan Reynolds e Ben Kingsley; o drama "Um Ponto de Viragem", encabeçado por Hilary Swank e Emmy Rossum; o filme de terror "Vai Seguir-te"; e, ainda, a obra de animação "Sininho e a Lenda do Monstro do Nunca".

Teremos também o filme francês "Metamorfoses" e, por fim, a co-produção sul-coreana, portuguesa e norte-americana "Canções do Norte".

Como de costume, realçarei, em seguida, as obras que, por uma razão ou por outra, merecem mais a nossa atenção.


Começarei por destacar a retrospetiva "Verão com Jacques Tati", desenvolvida pela Leopardo Filmes, de algumas obras do referido cineasta francês que já podem ser vistas em versões digitais restauradas no Espaço Nimas, assim como um conjunto de sete curtas-metragens protagonizadas, escritas e, nalguns casos, realizadas por Jacques Tati. Por motivos informativos, creio ser mais produtivo transcrever o essencial do texto que a distribuidora escreveu sobre o mencionado ciclo, com os respetivos links:

«A partir de hoje, as seis longas-metragens de JACQUES TATI – HÁ FESTA NA ALDEIA, O MEU TIO, AS FÉRIAS DO SR. HULOT, PLAYTIME – VIDA MODERNA, TRAFIC – SIM, SR. HULOT e PARADE – já podem ser vistas em versões digitais restauradas no ESPAÇO NIMAS, assim como um conjunto de sete curtas-metragens protagonizadas, escritas e em alguns casos realizadas por JACQUES TATI. Esta é uma iniciativa inédita, já que a obra completa de JACQUES TATI é exibida pela primeira vez em Portugal.

O ciclo inicia-se hoje com TRAFIC- SIM, SR. HULOT, e continuará no ESPAÇO NIMAS, em Lisboa, até ao dia 16 de Setembro. A programação completa pode ser consultada AQUI. Este programa inclui ainda sessões especiais, apresentadas por convidados, que podem ser consultadas AQUI.

Ao mesmo tempo que decorre o VERÃO COM JACQUES TATI, o ESPAÇO NIMAS acolhe também a exposição dos cartazes originais criados pelos ilustradores portugueses para os filmes de JACQUES TATI. No Espaço Medeia do ESPAÇO NIMAS é possível adquirir exemplares dos cartazes criados por Catarina Sobral, André Letria, João Fazenda, Sara-a-Dias, Marta Monteiro e Madalena Matoso.

No Teatro Municipal Campo Alegre, no Porto, este ciclo terá início no dia 1 de Setembro.»

Trailer





Realço em seguida a retrospetiva de "Shoah", um documentário de nove horas muitíssimo relevante sobre o holocausto, realizado em 1985, tendo na altura sido vastamente premiado, inclusive nos festivais de Berlim e Roterdão. O filme será exibido no Cinema Ideal,e foi dividido pela respetiva distribuidora em quatro partes, que serão exibidas em dias sucessivos, de quinta-feira a domingo (de dia 20 a 23).

O documentário foi realizado e escrito por Claude Lanzmann.

Sinopse: Opus de nove horas de duração, «Shoah» é um dos maiores documentários de todos os tempos. Um filme contra o esquecimento e sobre o impensável: a morte de mais de seis milhões de judeus pelos Nazis. Realizado ao longo de doze anos, apresenta entrevistas em 14 países com sobreviventes, testemunhas e criminosos. Sem recorrer a imagens de arquivo histórico, usa entrevistas que visam “reencarnar” a tragédia judaica, e visita os locais onde os crimes ocorreram. Claude Lanzmann nasceu em Paris em 1925. Jornalista, resistente, realizador, intelectual amigo de Sartre e Beauvoir, disse em 1985 que matava "nazis com a sua câmara de filmar". A sua obra cinematográfica é o maior monumento que se pode erguer contra o esquecimento, uma obra admirável que permitiu mostrar e dizer o inconcebível, essencial para compreender o Holocausto.

Trailer





Estreia também o documentário "Canções do Norte", que já passou por cá no DocLisboa de 2014. O filme foi ainda premiado no festival de Locarno, na categoria de melhor primeiro filme.

A obra foi realizada pela sul-coreana Soon-Mi Yoo.

Sinopse: Um filme-ensaio que procura um novo olhar sobre o enigma da Coreia do Norte, um país quase exclusivamente visto através das lentes distorcidas da propaganda nacionalista ou da sátira irrisória.
Cruzando imagens de três visitas da realizadora à Coreia do Norte com canções, espectáculos, cinema popular e imagens de arquivo, SONGS FROM THE NORTH tenta compreender, através dos seus próprios termos, a psicologia e imaginação popular dos Norte Coreanos e a sua ideologia política de amor absoluto, que continua a guiar o país para um futuro incerto.



Trailer





Teremos também nas nossas salas "Metamorfoses", o novo filme realizado e escrito pelo francês Christophe Honoré, um cineasta já premiado num ou noutro festival europeu, principalmente por "As Canções de Amor", que ele dirigiu em 2007.

A obra conta no elenco com Amira Akili, Sébastien Hirel, Mélodie Richard, George Babluani, Damien Chapelle, entre outros.

Sinopse: Uma rapariga é abordada por um rapaz belo mas muito estranho. Deixa-se seduzir pelas suas histórias. Histórias sensuais e maravilhosas nas quais os deuses se apaixonam por jovens mortais. O rapaz propõe à rapariga que o siga. Honoré assina neste novo filme uma adaptação contemporânea e arrojada da obra clássica de Ovídio.




Trailer





Realço por fim a estreia de "Vai Seguir-te", uma obra de terror que chegou a passar pelo MoteLx, e que venceu uma variedade de prémios em festivais como o Nocturna, de Madrid, tendo ainda sido bastante bem recebido pela crítica e pelos apreciadores do género.

A obra foi realizada por David Robert Mitchell, a partir de um argumento do próprio.

Do seu elenco fazem parte Olivia Luccardi, Maika Monroe, Lili Sepe, Keir Gilchrist, Debbie Williams, entre outros.

Sinopse: Para a jovem Jay, de 19 anos, o Outono deveria ser sinónimo de escola, rapazes e fins de semana no lago. Mas na sequência de um encontro sexual aparentemente inocente, Jay vê-se atormentada por estranhas visões e pela terrível sensação latente de que alguém ou algo está a segui-la. Perante esta situação, Jay e os seus jovens amigos têm de encontrar forma de escapar aos horrores que parecem estar sempre no seu encalço.

Trailer

Sem comentários: