13 agosto 2015

Estreias da semana - 13 de Agosto de 2015

Boa-noite, caros leitores, e bem-vindos a mais um post das estreias da semana.

A partir de hoje, dia 13 de Agosto, estrearão cinco filmes nas nossas salas de cinema, e diga-se que mais uma vez as estreias não parecem primar pelo excesso de qualidade. Como de costume, separá-los-ei por nacionalidade.

Assim, teremos o filme de ação "Missão Impossível - Nação Secreta", proveniente dos Estados Unidos, e a comédia e romance "Um Encontro com o Destino", do Canadá.

Chega-nos ainda um conjunto de co-produções internacionais, nomeadamente a comédia/drama franco-belga "A Família Bélier"; o drama e thriller "Lugares Escuros", dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e França; e a comédia/drama "O Verão de May", da Jordânia, Catar e Estados Unidos.

Como de costume destacarei os filmes que, por um motivo ou outro, merecem mais a nossa atenção.

Realço em primeiro lugar a estreia de "Missão Impossível - Nação Secreta", o novo capítulo da famosa franquia protagonizada por Tom Cruise, que até tem tido uma boa aceitação por parte da crítica e do público norte-americanos.

O filme foi realizado por Christopher McQuarrie, a partir de um argumento do próprio, com a colaboração de Drew Pearce.

O elenco do filme é composto por Cruise, Jeremy Renner, Simon Pegg, Rebecca Ferguson, Ving Rhames, Sean Harris, Simon McBurney, entre outros.

Sinopse: Com a IMF desmantelada e Ethan Hunt excluído, a equipa enfrenta uma rede de agentes especiais extremamente qualificados: o Sindicato. Estes operacionais altamente treinados estão determinados em criar uma nova ordem mundial através de uma série de ataques terroristas. Ethan reúne a sua equipa e junta forças com Faust, uma agente britânica excluída, que pode ou não ser membro desta nação secreta, com o grupo a fazer face à missão mais impossível de sempre.

Trailer





Mencione-se também a estreia da comédia/drama "O Verão de May", um filme da realizadora Cherien Dabis, que já consta com uma diversidade de prémios em festivais no seu currículo, tanto em curtas como em longas-metragens.

O argumento do filme foi escrito pela própria Dabis e, no seu elenco, constam Hiam Abbass, James Garson Chick, Cherien Dabis, Alaadin Khasawneh, Nadine Malouf, Elie Mitri, Ritu Singh Pande, entre outros.

Sinopse: Inebriada pelo sucesso do seu primeiro livro, e planeando casar com o seu sensível e estável noivo Ziad, May Brennan parece ter tudo a seu favor. Pelo menos é aquilo que ela quer que os outros pensem. Mas o regresso a Amã e o reencontro com a família pode alterar tudo. A mãe desaprova o casamento e até admite boicotá-lo. As irmãs mais novas comportam-se como crianças. À medida que o dia do casamento se aproxima, May fica cada vez mais ciente das consequências do divórcio dos pais. E aos poucos, a sua vida outrora milimetricamente estruturada ameaça desabar...

 Trailer




É difícil escolher um filme para destacar em seguida, mas, seja como for, lá escolhemos em terceiro lugar "A Família Bélier", que foi bem recebido por parte do público e crítica franceses, mas que mesmo assim nos inspira uma estranha desconfiança.

O filme foi realizado por Eric Lartigau, e o seu argumento foi escrito por Thomas Bidegain, Stanislas Carré de Malberg e Eric Lartigau, a partir de uma ideia de Victoria Bedos.

Roxane Duran, Louane Emera, Karin Viard, François Damiens e Eric Elmosnino fazem parte do seu elenco.

Sinopse: A família Bélier é uma simpática família francesa que se dedica à produção de laticínios. Todos são surdos com exceção de Paula, de 16 anos. Ela é a intérprete dos seus pais e um elo essencial, em especial, no que respeita ao funcionamento diário da quinta da família. Um dia, incitada pelo seu professor de música, Paula descobre um talento para cantar e decide preparar-se para a audição da Radio France Choir. Trata-se da escolha de uma vida que irá distanciá-la da sua família e forçá-la a crescer.

 Trailer





Mencione-se por fim o advento às nossas salas do drama e thriller "Lugares Escuros", que é protagonizado por Charlize Theron mas que, ainda assim, não merece qualquer recomendação da nossa parte, pois o Aníbal já o viu e, pouco impressionado, escreveu-lhe uma crítica que termina da seguinte maneira: «Falta um maior aproveitamento das questões associadas ao satanismo relacionadas com diversos personagens no passado, tal como poderia existir uma maior exploração deste território do Midwest. Ou seja, falta quase tudo, excepto uma boa premissa e uma protagonista talentosa, apesar de outros elementos positivos que já foram realçados. Sem conseguir incutir um sentimento de urgência à investigação conduzida por Libby, marcada por uma miríade de personagens secundários que não saem dos lugares-comuns, "Dark Places" surge como um thriller banal, onde Charlize Theron tem uma interpretação que merece ser elogiada, ao longo de uma obra cinematográfica marcada por uma realização e um argumento desinspirados por parte de Gilles Paquet-Brenner

O filme foi realizado por Gilles Paquet-Brenner, a partir de um argumento do próprio.

Charlize Theron, Nicholas Hoult, Chloë Grace Moretz, Tye Sheridan, Sterling Jerins, Corey Stoll e Christina Hendricks fazem parte do seu elenco.

Sinopse: Libby Day pensava ter deixado o seu pesadelo de infância na sua pequena e miserável terra natal. Agora, forças que a ultrapassam reabriram o único capítulo da sua vida que ela desejou nunca mais enfrentar. Sendo a única sobrevivente de um crime, em que, com 7 anos testemunhou a morte da sua mãe e irmãs, Libby vive com o peso de o seu testemunho ter sentenciado o irmão, Ben a prisão perpétua. Quando, 25 anos mais tarde, o grupo amador de fãs do crime, The Kill Club, descobre Libby e a convence a reexaminar os acontecimentos dessa noite, novas memórias e velhos suspeitos regressam repentinamente. Com informações chocantes a serem reveladas, Libby começa a questionar o seu próprio testemunho-chave e parte em busca do seu trágico passado, colidindo com factos que até então tinha como verdadeiros… revelando uma realidade totalmente nova.

 Trailer

Sem comentários: