22 julho 2015

Estreias da semana - 23 de Julho de 2015

Boa-tarde, caros leitores, e bem-vindos a mais um post das estreias da semana.

Fiquem desde já a saber que a partir de amanhã, dia 23 de Julho, vamos ter sete novos filmes nas salas de cinema portuguesas. Como é meu hábito, mencionarei os filmes numa primeira instância de acordo com as suas nacionalidades, denotando-se desde já uma profusão ainda maior do que o costume de filmes norte-americanos.

Assim, dos Estados Unidos chega-nos o drama e romance "Cidades de Papel", baseado num livro de John Green; o filme de terror "The Vatican Tapes: O Regresso do Mal" e a comédia de animação "Mínimos", derivada de, e agora incluída na, franquia de "Despicable Me".

Há ainda duas co-produções britânicas e norte-americanas, nomeadamente "Amy", um documentário sobre Amy Whinehouse e "Mr. Holmes", um filme sobre a famosa personagem criada por Arthur Conan Doyle.

Teremos ainda o filme franco-espanhol "Rapariga Mágica" e, por fim, a comédia francesa "Seguranças de Alto Risco".

Como de costume, irei agora partilhar algumas informações essenciais sobre os filmes que, por um motivo ou por outro, chamaram mais a nossa atenção.

O filme que destacamos em primeiro lugar é "Rapariga Mágica", uma obra realizada e escrita por Carlos Vermut que se notabilizou ao ter sido galardoada no Festival de San Sebastián. O Aníbal já viu o filme, apreciou-o, e escreveu-lhe uma crítica que termina desta maneira: «A cinematografia contribui para o tom misterioso de "Magical Girl", enquanto o argumento dota a narrativa de um conjunto de reviravoltas que a espaços nos surpreendem, num filme que, voltando a pegar nas palavras escritas no início do texto, "raramente nos larga", mesclando temáticas bem reais (a ironia da Constituição ser pouco lida deve ressoar e bem no público português, ou as notícias de propostas rejeitadas pelo Tribunal Constitucional não tivessem feito parte do nosso quotidiano recente) com outras irreais, com tudo a desenrolar-se numa miríade de cenários. Tanto temos a mansão de Oliver, marcada pelo mistério, como a casa cada vez mais vazia de Luis, ou o apartamento da protagonista onde não parece reinar o calor humano, ou um café que facilmente ganha características claustrofóbicas, existindo um notório cuidado a nível da decoração e aproveitamento dos cenários, sem que estes se sobreponham ao enredo. Carlos Vermut procura explorar os labirintos intrincados por onde os personagens principais se envolvem, contando com um conjunto de interpretações dignas de realce por parte de Bárbara Lennie, Luis Bermejo e José Sacristán, num filme que tanto tem de misterioso e violento, como de surpreendente e incoerente, conseguindo despertar o nosso interesse e justificar o facto de ter vencido o prémio de Melhor Filme da edição de 2014 do Festival de San Sebastián

O elenco do filme é composto por Luis Bermejo, Bárbara Lennie, José Sacristán, entre outros.

Sinopse: Alicia é uma criança doente que sonha em usar o vestido da sua série japonesa preferida, "Rapariga Mágica Yukiko". Luis, o seu pai, tentará fazer tudo ao seu alcance para conseguir isso. Mas o seu destino cruza-se com Barbara, uma jovem mulher atraente com doenças mentais e com Damian, um professor retirado de tudo, menos do seu passado problemático. Luis, Barbara e Damian serão encurralados num mundo de chantagem, onde o instinto e a razão irão defrontar-se numa batalha trágica, mudando as suas vidas para sempre.

Trailer





Realce também para a estreia de "Amy", um documentário sobre a falecida Amy Whinehouse que tem tido uma excelente aceitação por parte da crítica norte-americana.

O filme foi realizado pelo britânico Asif Kapadia.

Sinopse: Reunindo imagens de arquivo nunca antes publicadas, bem como excertos conhecidos do grande público, este documentário procura recontar a história da ascensão meteórica da diva pop Amy Winehouse (1983-2011), que com apenas dois álbuns de estúdio editados em vida (Frank, 2003 e Back to Black, 2006) recebeu inúmeros prémios e distinções, incluindo 6 Grammy.
O documentário inclui também alguns temas musicais que não tinham sido anteriormente divulgados.




Trailer





Teremos ainda nas nossas salas o filme de drama e mistério "Mr. Holmes", que como já devem ter deduzido se centra na personagem do detetive Sherlock Holmes, interpretada pelo grande Ian McKellen. A obra tem sido bem recebida, de um modo geral, pelos críticos norte-americanos.

O filme foi realizado por Bill Condon, através de um argumento de Jeffrey Hatcher.

"Mr. Holmes" conta no elenco com Hiroyuki Sanada, Ian McKellen, Laura Linney, Milo Parker, entre outros.

O enredo de "Mr. Holmes" desenrola-se em 1947 e acompanha a história de um Sherlock Holmes já na reforma, que é atormentado por um caso que não conseguiu resolver há cinquenta anos. Este recorda-se apenas de alguns fragmentos do caso: o confronto com um marido enraivecido e uma ligação secreta com a sua bela mas instável esposa.

Trailer





Realço por fim a estreia de "Mínimos", um filme de animação derivado de "Despicable Me", com a chancela da Universal/Illumination, que o Aníbal já viu e não ficou nada impressionado. Ele próprio já lhe escreveu uma crítica que termina da seguinte maneiraEm "Despicable Me" e na sua sequela existia uma história para contar e um protagonista com personalidade, em "Minions" parece que o foco principal são as receitas que estas criaturas apelativas podem trazer ao estúdio, com a saída de Cinco Paul e Ken Daurio, a dupla de argumentistas dos dois primeiros filmes, e a entrada de Brian Lynch a fazerem-se notar pela negativa. Dito isto, continuo a gostar dos Minions como personagens tresloucados que a espaços me fazem rir, no entanto, isso não chega para que o resultado final da obra realizada por Pierre Coffin e Kyle Balda me tenha satisfeito, bem pelo contrário

O filme foi realizado por Pierre Coffin ("Despicable Me") e Kyle Balda ("The Lorax"), através do argumento de Brian Lynch.

"Minions" conta no elenco com Jon Hamm, Sandra Bullock, Michael Keaton, Steve Coogan, entre outros.

"Minions" é uma história original, que conta com alguns personagens de "Despicable Me" (e da sequela que se encontra a ser desenvolvida), bem como alguns personagens novos. O foco principal do enredo são os Minions e a forma como estes sempre existiram ao longo da história. Os Minions procuraram sempre ser liderados pelas pessoas mais desprezíveis, tendo obedecido a Scarlet Overkill, antes de terem conhecido Gru.

Trailer

Sem comentários: