25 fevereiro 2015

Estreias da semana - 26 de Fevereiro de 2015

O filme que destacamos em primeiro lugar é "Olhos Grandes", a nova obra de Tim Burton, que o Aníbal já viu e sobre a qual não ficou particularmente impressionado. Como de costume ele escreveu-lhe uma crítica, que acaba da seguinte maneira: «A certa altura do filme, podemos encontrar o tema sonoro "Big Eyes", cantado por Lana Del Rey, a ser exposto num momento de relevo da narrativa. Por muito que a canção esteja bonitinha e bem arranjadinha, parece claramente encontrar-se desajustada de tudo aquilo que nos fora apresentado na banda sonora, surgindo como um corpo estranho que pouco acrescenta ao enredo. Este é também um dos problemas de "Big Eyes". Até é bem filmado, a paleta cromática é bem aproveitada, conta com uma interpretação sublime de Amy Adams, apresenta alguns temas relevantes que a serem explorados de forma mais assertiva teriam ainda maior impacto, mas no final fica sempre a faltar algo para que surja como uma adição de enorme valia ao currículo de Tim Burton. No entanto, antes ter no currículo um "Big Eyes" do que um "Alice in Wonderland"

O filme foi realizado por Tim Burton, a partir de um argumento de Scott Alexander e Larry Karaszewski.

A obra conta no elenco com Amy Adams, Christoph Waltz, Danny Huston, Jon Polito, Krysten Ritter, Jason Schwartzman, Terence Stamp, entre outros.

O enredo de "Big Eyes" acompanha Margaret e Walter Keane, uma dupla de pintores famosa por elaborar figuras de crianças com grandes olhos. Estas obras eram muito populares durante a década de 50 e 60, tendo gerado um grande sucesso de vendas. Walter era o responsável pelas vendas, enquanto Margaret era a responsável pelas pinturas, apesar dele levar o crédito por ambas as actividades. Mais tarde, Margaret e Walter separaram-se e iniciaram uma disputa no tribunal.

Trailer





Teremos também nas nossas salas o germano-canadiano-britânico-sul-africano "Hector e a Procura da Felicidade", que não convenceu a crítica lá fora, nem conseguiu suplantar, em termos de bilheteira, os 15 milhões de dólares do seu orçamento (nos Estados Unidos, por exemplo, não chegaram aos dois milhões de dólares de lucros de bilheteira).

O filme foi realizado por Peter Chelsom ("Hannah Montana: The Movie"), através do argumento do próprio e Tinker Lindsay. Trailer e poster via Moviefone.

"Hector and the Search for Happiness" conta no elenco com Jean Reno ("Alex Cross"), Toni Collette ("United States of Tara"), Stellan Skarsgård ("The Avengers"), Marianne Sägebrecht ("Bagdad Cafe"), Rosamund Pike ("The Big Year"), Christopher Plummer ("Beginners") e Simon Pegg ("Star Trek").

O argumento do filme foi inspirado na obra literária "Le voyage d'Hector ou la recherche du bonheur", escrita por Francois Lelord. O enredo de "Hector and the Search for Happiness" centra-se num psiquiatra que viaja ao redor do Mundo para encontrar o segredo da felicidade. Pike interpreta a namorada do psiquiatra. Plummer interpreta um professor da Universidade da Califórnia e guru para os Estudos sobre a Felicidade. Skarsgård interpreta Edward, um banqueiro que forma amizade com Hector durante uma viagem até à China. Sägebrecht interpreta Madame Irinia, uma das pacientes preferidas de Hector.

Trailer





Outro filme que irá estrear é "Escobar: Paraíso Perdido", uma produção conjunta de Espanha, França, Bélgica e Panamá, protagonizada por Benicio del Toro, que não tem tido a maior aceitação por parte da crítica estrangeira.

O filme foi realizado pelo estreante Andrea di Stefano, e o seu argumento escrito pelo próprio com a colaboração de Francesca Marciano.

"Escobar: Paradise Lost" tem no seu elenco Benicio del Toro, Brady Corbet ("Funny Games"), Josh Hutcherson ("The Hunger Games"), Claudia Traisac, entre outros.

Inspirado em factos reais, o enredo de "Paradise Lost" centra-se em Nick, um indivíduo que visita o irmão na Colômbia e acaba por apaixonar-se por uma jovem chamada Maria. No entanto, o idílico romance logo se complica quando este conhece o tio da namorada, o traficante Pablo Escobar.

Trailer





Estreia ainda o filme de ação australiano "Filho do Crime", que também não tem recebido as críticas mais positivas.

O filme foi realizado por Julius Avery ("Jerrycan") e escrito pelo próprio com a colaboração de John Collee.

"Son of a Gun" conta no elenco com Brenton Thwaites, Ewan McGregor, Alicia Vikander, Brendan Kerkvliet, Matt Flannagan, entre outros.

O enredo de "Son Of a Gun" acompanha a complicada relação entre JR (Thwaites), um indivíduo que foi preso devido a um pequeno crime e Brendan Lynch (McGregor), um criminoso poderoso que oferece protecção ao primeiro se este posteriormente ajudá-lo a sair da prisão. A relação entre os dois começa a deteriorar-se quando os planos do grupo criminoso liderado por Brendan não começam a dar certo.


Trailer





Estreará igualmente a comédia romântica norte-americana "O Amigo do Peito", que tem como protagonistas Kevin Hart, Josh Gad e Kaley Cuoco-Sweeting.

A obra foi realizada por Jeremy Garelick, e escrita pelo mesmo e por Jay Lavender.

O filme tem um elenco composto por Kevin Hart, Kaley Cuoco-Sweeting, Josh Gad e ainda Alan Ritchson e Nicky Whelan.

Sinopse: Doug Harris é um adorável noivo, mas socialmente desajeitado: ele não tem padrinho.
A menos de duas semanas de se casar com a mulher dos seus sonhos, Doug pede ajuda a Jimmy Callahan, proprietário e CEO da Best Man Inc., uma empresa que fornece padrinhos a indivíduos com essa necessidade especial.
O que se segue é uma hilariante charada de casamento. Doug e o seu falso padrinho, que travam conhecimento por causa da cerimónia, acabam por se tornar melhores amigos.

Trailer





Estreará ainda a produção portuguesa, brasileira e moçambicana "Yvone Kane", escrita e realizada por Margarida Cardoso.

O filme tem como intérpretes Beatriz Batarda, Francilia Jonaze, Gonçalo Waddington, Irene Ravache e Samuel Malumbe.

Sinopse: Depois da perda de sua filha, Rita volta ao país africano onde viveu a sua infância para investigar um mistério do passado: a verdade sobre a morte de Yvone Kane, uma ex-guerrilheira e ativista política. Nesse país, onde o progresso se constrói sobre as ruínas de um passado violento, Rita reencontra a sua velha mãe, Sara, uma mulher dura e solitária que vive ali há muitos anos. Enquanto Sara vive os últimos dias da sua vida procurando um sentido para os seus atos passados, Rita embrenha-se num território marcado pelas cicatrizes da História e assombrado por fantasmas da guerra, procurando o segredo de Yvone. Mas todos os caminham parecem leva-la à revelação da impossibilidade de redenção e ao esquecimento.

Trailer





Por fim chega agora às salas de cinema portuguesas, novamente, depois de passagens por alguns festivais de cinema como a Monstra e o FESTin, o brasileiro "Rio 2096: Uma História de Amor e Fúria".

O filme foi escrito e realizado por Luiz Bolognesi.

"Rio 2096" tem no seu elenco vocal Camila Pitanga, Rodrigo Santoro, Selton Mello, entre outros.

Sinopse: Um filme de animação que retrata o amor entre um herói imortal e Janaína, a mulher por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo do romance, o filme de Luiz Bolognesi ressalta quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravatura, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água.



Trailer

Sem comentários: