30 junho 2014

Tom Hardy confirmado no elenco de "The Revenant"

A Variety confirmou que Tom Hardy ("Locke") vai juntar-se a Leonardo DiCaprio no elenco de "The Revenant". Will Poulter ("We're the Millers") continua em negociações para integrar o elenco do filme. "The Revenant" vai ser realizado por Alejandro González Iñárritu ("Biutiful").

O argumento do filme é baseado no livro "“The Revenant: A Novel of Revenge” de Michael Punke. A sinopse do livro, de acordo com a Amazon, é a seguinte:

"The Revenant conta a história de um acto de resistência humana quase inimaginável, levado a cabo por mais de 3.000 milhas de território inexplorado e selvagem, abrangendo os actuais Dakotas, Montana, Wyoming e Nebraska. Baseado na vida do caçador Hugh Glass, a obra contém inveja e traição, bem como os poderes da obsessão e da vingança.
 O Romance inicia-se em 1823, quando Hugh Glass, de 36 anos, se junta à Rocking Mountain Fur Co., numa jornada por território perigoso e inexplorado. Depois de ter sido selvaticamente atacado por um urso, o seu corpo, quase sem vida, é deixado aos cuidados de dois voluntários da empresa - John Fitzgerald, um mercenário sem escrúpulos, e o jovem Jim Bridger, o futuro "Rei dos Homens da Montanha" (King of the Mountain Men). Quando um grupo de índios se aproxima do acampamento, Fitzgerald e Bridger abandonam Glass. Pior ainda, roubam-lhe as armas e as ferramentas - as únicas coisas que lhe dariam a mínima hipótese de sobrevivência. Abandonado, indefeso e furioso, Glass jura pela sua sobrevivência. E pela sua vingança."

 As filmagens de "The Revenant" devem começar em Setembro de 2014. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

"Extant" - Novo clip

Foi divulgado um novo clip de "Extant", uma série protagonizada por Halle Berry, que conta com a produção executiva de Steven Spielberg. Podem ver o clip no final do post.

A série conta no elenco com Halle Berry, Pierce Gagnon, Hiroyuki Sanada, Camryn Manheim, entre outros. "Extant" conta com o argumento de Mickey Fisher. A produção executiva está a cargo de Steven Spielberg, Greg Walker, Mickey Fisher, Brooklyn Weaver, Justin Falvey, Darryl Frank.

"Extant" é descrita como uma série de suspense futurista. A história centra-se em Molly (Halle Berry), uma astronauta que regressa para junto da família, após ter passado um ano no espaço.

A série conta com treze episódios garantidos. "Extant" estreia a 9 de Julho de 2014 no canal CBS. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema 

Cinco novos posters internacionais de "The Boxtrolls"

Foram divulgados cinco novos posters internacionais de "The Boxtrolls", um filme filme de animação da Laika Studios. Posters via IMP Awards.

"The Boxtrolls" é realizado por Anthony Stacchi e Graham Annable, através do argumento de Alan Snow . O filme conta no elenco vocal com Ben Kingsley, Isaac Hempstead-Wright, Elle Fanning, Jared Harris, Toni Collette, Nick Frost, Richard Ayoade, Tracy Morgan e Simon Pegg.

O enredo de "The Boxtrolls" desenrola-se em Cheesebridge, uma cidade onde um conjunto de seres sai dos esgotos durante a noite para roubar o queijo e as crianças da população local. É nesta lenda que os locais sempre acreditaram. Na realidade, os Boxtrolls formam uma comunidade de seres estranhos e adoráveis, que cuidam de um rapaz humano órfão chamado Eggs, como se este fosse da sua espécie. Quando os Boxtrolls são alvo de um terrível exterminador que pretende terminar com a existência da comunidade, Eggs tem de sair dos esgotos para salvar aqueles que o criaram, indo aliar-se a uma jovem rapariga para salvar os Boxtrolls e a alma de Cheesebridge.

"The BoxTrolls" estreia a 26 de Setembro de 2014 nos EUA. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema 





Michael Fassbender e Kodi Smit-McPhee na primeira imagem de "Slow West"

Foi divulgada a primeira imagem de "Slow West", um filme realizado por John Maclean ("Pitch Black Heist"), através do argumento do próprio. A imagem centra-se nos personagens interpretados por Michael Fassbender e Kodi Smith-McPhee (via The Playlist).

O filme conta no elenco com Michael Fassbender, Rory McCann, Kodi Smit-McPhee, Ben Mendelsohn, Brooke Williams, Jeffrey Thomas, entre outros.

A história de "Slow West" desenrola-se durante o Século XIX e acompanha a jornada Jay Cavendish (Kodi Smith-McPhee), um jovem que se encontra em busca da amada. Jay conta com a companhia do misterioso Silas (Michael Fassbender).

"Slow West" ainda não tem uma data de estreia definida. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Groot, Gamora e Rocket Raccoon nos novos posters de "Guardians of the Galaxy"

Foram divulgados três novos posters de "Guardians of the Galaxy". Os posters centram-se individualmente em Groot, Gamora e Rocket Raccoon. "Guardians of the Galaxy" chega às salas de cinema dos EUA a 1 de Agosto de 2014. Posters via Omelete.

O filme é realizado por James Gunn ("Super"), através do argumento de Nicole Periman e Chris McCoy, posteriormente revisto pelo primeiro. "Guardians of the Galaxy" conta no elenco com Chris Pratt ("Parks and Recreation"), que vai dar vida a Peter Quill, mais conhecido como Starlord, o líder do grupo "Guardians of the Galaxy". Dave Bautista ("Riddick") vai dar vida a 'Drax, o Destruidor' em "Guardians of the Galaxy". O filme conta ainda no elenco com Zoe Saldana ("Avatar"), Michael Rooker ("The Walking Dead"), Ophelia Lovibond ("A Single Shot"), Lee Pace ("Lincoln"), Glenn Close ("Damages"), Karen Gillan ("Doctor Who"), Benicio Del Toro ("Savages"), Vin Diesel ("Riddick"), Bradley Cooper ("American Hustle") e Josh Brolin ("Oldboy").

Criada por Arnold Drake e Gene Colan, a equipa "Guardians of the Galaxy" surgiu pela primeira vez em 1969, em Marvel Super-Heroes #18. No filme, o piloto americano Peter Quill (Chris Pratt) é perseguido quando rouba um objecto desejado por Ronan, o Acusador (Lee Pace), um extraterrestre de raça Kree, algo que conduz o humano a reunir-se com grupo de renegados alienígenas, os Guardiões da Galáxia, formado por Gamora (Zoë Saldana), Rocket Raccoon (Bradley Cooper), Groot (Vin Diesel) e Drax, O Destruidor (Dave Bautista).

Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema



AnnaSophia Robb e Famke Janssen protagonizam "Jack Of The Red Hearts"

O Deadline noticiou que as filmagens de "Jack Of The Red Hearts" já se encontram a decorrer. O filme é realizado por Janet Grillo ("Fly Away"), através do argumento de Jennifer Deaton.

O enredo de "Jack Of The Red Hearts" acompanha uma vigarista adolescente que engana uma mãe desesperada, tendo em vista que esta a contrate para fazer companhia à sua filha autista. O filme conta no elenco com Famke Janssen ("Taken"), AnnaSophia Robb ("The Carrie Diaries"), entre outros.

"Jack Of The Red Hearts" ainda não tem uma data de estreia definida. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

"Foxcatcher" - Channing Tatum no novo poster do filme

Foi divulgado mais um teaser poster de "Foxcatcher", o novo filme do realizador Bennett Miller ("Moneyball"). Poster via Coming Soon.

"Foxcatcher" é realizado por Bennett Miller ("Moneyball"), através do argumento de E. Max Frye e Dan Futterman ("Capote"). O filme conta no elenco com Mark Ruffalo ("The Avengers"), Steve Carell ("The Office"), Channing Tatum ("Magic Mike"), Sienna Miller ("Yellow") e Anthony Michael Hall ("Weird Science").

O enredo de "Foxcatcher" é inspirado numa história verídica, nomeadamente, no assassinato de um atleta olímpico de luta greco-romana às mãos do paranoico John du Pont. A história acompanha John du Pont, o herdeiro de uma fortuna considerável que decide abrir um ginásio destinado aos praticantes de luta greco-romana chamado Team Foxcatcher. Em 1996, este assassinou a tiro David Schultz, atleta olímpico e medalha de ouro. A polícia nunca conseguiu estabelecer uma causa para este crime, tendo a esquizofrenia de John du Pont sido apontada como uma das causas.

"Foxcatcher" estreia a 14 de Novembro de 2014 nos EUA. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Trailer de "The Skeleton Twins"

Foi divulgado o trailer de "The Skeleton Twins", um filme realizado por Craig Johnson ("True Adolescents"). O filme conta no elenco com Bill Hader, Kristen Wiig, Luke Wilson, Ty Burrell, entre outros. 

O argumento do filme está a cargo de Mark Heyman ("Black Swan"). O enredo de "The Skeleton Twins" centra-se em Maggie (Wiig) e Milo (Hader), dois irmãos gémeos que começam a reexaminar as suas vidas após viverem uma experiência quase mortal durante o mesmo dia. 

"The Skeleton Twins" estreia a 19 de Setembro de 2014 nos EUA. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Resenha Crítica: "Der blaue Engel" (1930)

 "O Anjo Azul" do título deste filme que lançou Marlene Dietrich para o estrelato remete para o cabaré de uma cidade alemã, onde Immanuel Rath (Emil Jannings), um recatado professor de literatura e inglês num Gymnasium, conhece o amor e a perdição da sua vida. Immanuel é um homem recatado, algo anafado, pouco dado a relacionamentos, que é alvo de algumas paródias por parte dos seus alunos. Quando descobre que os alunos frequentam o Anjo Azul, onde admiram as bailarinas, em particular a bela Lola-Lola (Marlene Dietrich), de quem guardam fotos, logo Immanuel vai procurar controlar as actividades nocturnas destes elementos. O local é marcado por bailarinas, prostituição, números com palhaços e algum erotismo, onde as mulheres seduzem os clientes e os fazem gastar mais do que a conta. Immanuel sente um misto de sentimentos neste local. Inicialmente de repulsa, mas também alguma atracção por Lola-Lola. Esta é sensual, encantadora, pronta a utilizar as suas formas corporais e capacidade de sedução para atrair os homens, uma vamp que facilmente desperta a atenção. Dietrich surge deslumbrante naquele que é o seu primeiro talkie, mas também o seu primeiro trabalho com Josef von Sternberg, um cineasta que a alçou ao estrelato, tendo com esta uma frutuosa relação profissional da qual resultaram obras como "Morocco", "The Scarlett Empress", entre outras. A iluminação parece contribuir para este deslumbramento causado por Dietrich, cuja personagem que interpreta vai encantar Immanuel, qual canto da sereia que se prepara para se revelar fatal. Na primeira vez que se encontram a impressão não é a melhor, mas, na segunda vez, Immanuel defende-a de um cliente que queria os serviços sexuais desta, mostrando o seu interesse nesta mulher e arranjando uma enorme confusão no "Anjo Azul", onde também se encontravam os seus alunos. Bebe muito champanhe, passa a noite com Lola-Lola e prova o doce néctar do amor, embora este gradualmente se comece a azedar e a destruir a sua vida. No dia seguinte, Immanuel logo é gozado na escola pelos alunos, acabando posteriormente por ser despedido quando anuncia que pretende casar com Lola-Lola. Está dado o mote para a sua queda em desgraça, com este a seguir com o grupo, a ver-se forçado a ganhar dinheiro a vender fotos da esposa, até chegar ao cúmulo final de trabalhar como palhaço. De humilhação em humilhação, Immanuel vai perdendo a cabeça até chegar ao poderoso final, onde facilmente nos condoemos da sua situação, mas nada podemos fazer para além de partilhar a sua dor e observar alguns momentos magníficos protagonizados por Emil Jannings ao longo desta adaptação cinematográfica do livro "Professor Unrat" de Heinrich Mann. 

Emil Jannings até tinha encontrado alguns problemas com Josef von Sternberg quando trabalharam juntos em "The Last Command", uma situação que voltou a acontecer em "Der Blaue Engel" mas não se repercutiu no trabalho final, com o actor a ter uma interpretação que facilmente fica na memória, tal a intensidade e realismo incutido na queda do seu personagem em desgraça, naquele que é o primeiro talkie do intérprete. Inicialmente encontramos Immanuel como uma figura algo tirânica e autoritária que procura exercer o seu poder em relação aos alunos, chegando até a humilhar um elemento que soletra mal, mas tudo muda quando conhece Lola-Lola. Immanuel apaixonou-se, um acto comum ao ser humano, embora neste caso o relacionamento acarrete a destruição da sua vida, com a sua obsessão por Lola a conduzi-lo à desgraça (a obsessão e a repressão sexual são temáticas comuns a várias obras do cineasta, algo visível por exemplo em “The Devil is a Woman”). Não deixa de ser curioso que inicialmente parece ser Immanuel o protector e Lola-Lola a personagem a necessitar de protecção, mas no último terço esta logo revela a sua verdadeira faceta, enquanto o primeiro vê todo o seu quotidiano desmoronar. É visível o seu desespero quando está a ser humilhado em palco e nos bastidores está a ver a sua amada a traí-lo, momentos intensos, com Jannings a sobressair como este indivíduo desfeito e Dietrich a mostrar todo o seu lado de mulher fatal que leva o protagonista à perdição. Esta ficou ainda famosa pelo momento em que cantou "Ich bin von Kopf bis Fuß auf Liebe eingestellt" (Falling in Love Again [Can't Help It]), uma música composta por Friedrich Hollaender, imbuída de algum erotismo e sensualidade, com Marlene Dietrich a roçar a perfeição na forma como expõe a mesma. As imagens em movimento contribuem para Dietrich sobressair, explorando as suas formas e feições, expondo o carisma desta e dando espaço para esta brilhar. O guarda-roupa contribui também para a sensualidade atribuída por Dietrich à personagem, mas também a iluminação, com Josef von Sternberg a contribuir para o nascimento de um ícone da História do Cinema. Diga-se que as imagens em movimento são marcadas por um enorme cuidado, sobressaindo algumas influências do expressionismo alemão, não só no aproveitamento nas sombras, mas também na própria exposição dos cenários exteriores, marcado por ruas labirínticas e edifícios por vezes a parecerem distorcidos nas suas formas. 

 O cuidado aplica-se ainda aos cenários interiores. Veja-se inicialmente a casa de Immanuel, marcada pela presença de vários livros, um pássaro recentemente falecido (mau presságio), mas também a sala de aula onde o protagonista raramente consegue manter a sua autoridade, para além do clube nocturno onde o personagem interpretado por Emil Jannings conhece o amor e a perdição. A queda deste ao abismo pode ser vista como um simbolizar de uma classe média/alta que se desfaz, ou não estivéssemos perante a Alemanha da República de Weimar, com Josef von Sternberg a regressar ao seu país após realizar vários trabalhos dos EUA e elaborar um dos últimos grandes filmes da UFA. Não deixa de ser curioso que este tenha regressado à Alemanha, efectuando um percurso algo inverso do que o que estava a acontecer, realizando uma das suas obras maiores, até voltar aos EUA, conseguindo pelo caminho elevar Marlene Dietrich ao estatuto de símbolo. Esta seduz o protagonista e o espectador, criando uma mulher com enorme sensualidade e malícia ao longo de um filme que conta ainda com um elenco secundário relativamente coeso. Ainda estamos nos primórdios dos talkies, algo que pode justificar alguns momentos a fazerem recordar os filmes mudos, sobretudo quando o protagonista se encontra a dar aulas, por vezes fitando demoradamente e silenciosamente os seus alunos, ao longo de uma obra realizada nas vésperas da ascensão de Adolf Hitler, mas também no período posterior à I Guerra Mundial, com o protagonista a quase simbolizar a queda de um intelectual que cede aos prazeres da carne, um pouco como alguns alemães vão ceder ao populismo de Hitler, embora a comparação tenha muitas limitações. No entanto, outro dos mistérios passa pelas razões para Lola-Lola se ter casado com Immanuel, para além da segurança e o cuidado que este inicialmente lhe dava. Todos a querem mas esta fica temporariamente com Immanuel, mantendo-se bela, enquanto este se desfaz emocionalmente e fisicamente, com a sua alma a ser arrasada pela perda do amor e pela noção que traiu todos os seus valores. Existe tragédia, imoralidade, algum humor e vários símbolos escondidos, ao longo deste filme onde Marlene Dietrich interpreta uma mulher sedutora que desperta a paixão de um homem, enquanto este gradualmente cai num abismo difícil de sair.

Título original: "Der blaue Engel".
Título em inglês: "The Blue Angel". 
Título em Portugal: "O Anjo Azul". 
Realizador: Josef von Sternberg. 
Argumento: Carl Zuckmayer, Karl Vollmöller, Robert Liebmann, Heinrich Mann, Josef von Sternberg.
Elenco:  Emil Jannings, Marlene Dietrich, Kurt Gerron, Rosa Valetti, Hans Albers, Reinhold Bernt.

Fúria" - Trailer Oficial (Portugal)

Foi divulgado o trailer nacional de "Fury", um filme realizado por David Ayer ("End of Watch"), através do argumento do próprio. "Fury" conta no elenco com Jason Isaacs ("Things People Do"), Scott Eastwood ("Texas Chainsaw 3D"), Michael Peña ("End of Watch"), Logan Lerman ("The Perks of Being a Wallflower"), Shia LaBeouf ("Transformers") e Brad Pitt ("Moneyball").

Sinopse de "Fury": Abril de 1945. À medida que os aliados fazem a sua investida final pelo teatro europeu de guerra, Wardaddy (Brad Pitt), um sargento endurecido pela batalha, comanda um tanque Sherman e a sua equipa de cinco homens numa missão mortal por trás das linhas do inimigo. Com um número muito inferior, tanto de homens como de armas, Wardaddy e os seus homens enfrentam probabilidades esmagadoras na sua tentativa heroica de atacar o coração da Alemanha Nazi.

"Fury" estreia a 14 de Novembro de 2014 nos EUA. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com

Steve Pink vai realizar "Overnight"

 O The Hollywood Reporter noticiou que Steve Pink ("About Last Night") vai realizar "Overnight". O filme conta com o argumento de Oren Uziel. O projecto foi anteriormente ligado a Ruben Fleischer ("Zombieland").

"Overnight" é descrito como uma espécie de "Sozinho em Casa" numa loja de brinquedos. A história acompanha um pai que passa a noite com o seu filho numa fantástica loja de brinquedos, após terem conquistado esse direito. O que estes não esperavam é que um grupo de assaltantes decidisse assaltar a loja nessa mesma noite.

A produção ainda não conta com um cronograma definido. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

"Sex Tape" - Novo poster do filme

Já se encontra online um novo poster de "Sex Tape" (O Nosso Vídeo Proibido), um filme realizado por Jake Kasdan ("Bad Teacher"), através do argumento de Kate Angelo. Tal como nos posters anteriores, a nova arte promocional centra-se nos personagens interpretados por Cameron Diaz e Jason Segel. Poster via IMP Awards.

 O filme conta no elenco com Rob Lowe ("The West Wing"), Rob Corddry ("Hot Tub Time Machine"), Cameron Diaz ("Gambit"), Jason Segel ("The Muppets"), entre outros. Sinopse: Após 10 anos de casamento e com dois filhos, Jay (Jason Segel) e Annie (Cameron Diaz) tentam apimentar um pouco a relação numa noite em que as crianças estão fora de casa, fazendo um vídeo caseiro de uma noite de sexo. Só que a gravação foge-lhes das mãos e o casal tem de fazer tudo por tudo para a recuperar.

"O Nosso Vídeo Proibido" (Sex Tape) estreia em Portugal a 31 de Julho de 2014. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema 

Novo poster de "The Prince"

Foi divulgado um novo poster de "The Prince", um filme realizado por Sarik Andreasyan ("American Heist"), através do argumento de Andre Fabrizio e Jeremy Passmore ("Red Dawn"). O filme conta no elenco com Jason Patric, John Cusack, Bruce Willis, 50 Cent, entre outros. Poster via Coming Soon.

O enredo de "The Prince" acompanha um indivíduo (Patric) que outrora trabalhara como assassino ao serviço da máfia. Este reúne-se com um antigo companheiro (Cusack) tendo em vista a resgatar a filha, após esta ter sido raptada pelos homens de Omar (Bruce Willis). 

"The Prince" estreia a 22 de Agosto de 2014 nos EUA. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

29 junho 2014

A Semana em Revista - 23 a 29 de Junho de 2014

 Desde o início de Janeiro de 2012 que o Rick's Cinema conta nas noites de Domingo com um post da rubrica "A Semana em Revista", algo que consiste num post manhoso onde aproveito para efectuar um balanço do que foi feito pelo Rick´s Cinema ao longo da semana. Nesta rubrica procuramos apresentar alguns dos posts mais relevantes efectuados entre a 2ª Feira e o Domingo de cada semana, neste caso, entre os dias 23 e 29 de Junho de 2014.
  Esta rubrica pretende ser uma forma rápida, fácil e acessível de dar a conhecer o que temos vindo a fazer ao longo da semana, a todos aqueles que não tiveram a oportunidade de ler os posts, aqueles que pretendem reler, ou voltar a ignorar.

O primeiro destaque vai para as nove críticas publicadas ao longo da semana:

-
-
-
-
-
-
-
-
-

O segundo destaque vai para o post dedicado às estreias da semana escrito pelo Hugo Barcelos:
-

Aproveitamos ainda este post para recomendar a visita ao nosso arquivo de críticas manhosas (que já conta com mais de novecentos textos):
-

Fiquem agora com as notícias mais lidas da semana:


-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-

Box Office - 27 a 29 de Junho de 2014

 Boa Tarde, caros leitores e leitoras. Já conhecemos o resultado do box office dos EUA entre os dias 27 e 29 de Junho de 2014. A "dança das cadeiras" continua no topo do box office dos EUA. "Transformers: Age of Extinction" ultrapassou "Think Like a Man Too" (que desce para a quarta posição) e ficou com a liderança. "Transfomers: Age of Extinction" obteve 100 milhões de dólares em 4233 salas de cinema. O filme obteve o melhor resultado no dia de estreia em 2014, nos EUA, tendo alcançado 41,6 milhões de dólares, comprovando que o público pouco ligou às críticas negativas. Fora dos EUA, "Transformers: Age of Extinction" já conta com 201,3 milhões de dólares. O orçamento de "Transformers: Age of Extinction" ronda os 210 milhões de dólares.

 O filme é realizado por Michael Bay (realizador dos três filmes da saga), através do argumento de Ehren Krueger. "Transformers: Age of Extinction" conta no elenco com Mark Wahlberg, Nicola Peltz, Brenton Thwaites, Jack Reynor, Stanley Tucci, Kelsey Grammer, Sophia Myles, Li Bingbing, entre outros.

"Transformers: Age of Extinction" tem a seguinte sinopse: Transformers: Era da Extinção tem início após uma épica batalha que deixou uma grande cidade devastada, mas com o mundo a salvo. Enquanto a humanidade recupera, um grupo obscuro revela-se numa tentativa de tomar o controlo da história… enquanto uma antiga e poderosa ameaça coloca a Terra na sua mira. Com a ajuda de um novo elenco de humanos (liderado por Mark Wahlberg), Optimus Prime e os Autobots erguem-se para enfrentar o seu mais terrível desafio. Nesta incrível aventura, terá início uma guerra entre o bem e o mal, que se tornará uma batalha épica à escala mundial.

Trailer de "Transformers: Age of Extinction":



O segundo lugar ficou novamente para a comédia "22 Jump Street". O filme protagonizado por Jonah Hill e Channing Tatum obteve mais 15,4 milhões de dólares em 3426 salas de cinema. "22 Jump Street" conta com uma receita interna acumulada de 139,8 milhões de dólares, valores muito superiores aos 50 milhões de dólares do seu orçamento.

O filme é realizado por Chris Miller e Phil Lord (dupla de “21 Jump Street”), através do argumento de Jonah Hill e Michael Bacall. O filme conta no elenco com Jonah Hill, Channing Tatum, Nick Offerman, Amber Stevens, Craig Roberts, Wyatt Russell, entre outros.

O enredo coloca Jenko (Tatum) e Schmidt (Hill) a trabalharem infiltrados numa faculdade para resolverem um caso. Quando Jenko (Tatum) mistura-se com a equipa de futebol americano e Schmidt (Hill) adere à cena artística-boémia local, a dupla de protagonistas passa a questionar sua parceria.

Trailer de "22 Jump Street":




O terceiro lugar ficou para "How to Train Your Dragon 2", a continuação de "How To Train Your Dragon". O filme realizado por Dean DeBlois obteve mais 13,1 milhões de dólares em 3750 salas de cinema. "How to Train Your Dragon 2" conta com uma receita interna avaliada em 121,8 milhões de dólares, valores que ainda não igualam os 145 milhões de dólares do seu orçamento. O filme conta no elenco vocal com Jay Baruchel, Gerard Butler, Craig Ferguson, America Ferrera, Jonah Hill, Christopher Mintz-Plasse, T.J. Miller, Kristen Wiig, entre outros.

A sinopse de "How To Train Your Dragon 2" é a seguinte: "O emocionante segundo capítulo da épica trilogia de 'How To Train Your Dragon' traz de volta o mundo fantástico de Hiccup e Toothless, cinco anos depois dos acontecimentos do primeiro filme. Enquanto Astrid, Snotface e o resto do grupo competem entre si em corridas de dragões (o novo desporto da ilha), a dupla inseparável voa pelos céus, descobrindo territórios fora dos mapas e explorando novos mundos. Quando uma das suas aventuras leva Hiccup e Toothless a descobrirem uma caverna gelada secreta, que serve de casa a centenas de dragões e ao misterioso Domador de Dragões, os dois amigos acabam no meio de uma batalha para protegerem a paz."

Trailer de "How to Train Your Dragon 2":



Tabela (via Box Office Mojo):

http://boxofficemojo.com/weekend/chart/


Resenha Crítica: "The Docks of New York" (1928)

 Penúltimo filme mudo realizado por Josef von Sterneberg, "The Docks of New York" sobressai pela sua imaculada e magnífica cinematografia, enquanto nos coloca perante Bill Roberts (George Bancroft), um indivíduo que trabalha nas caldeiras a vapor dos navios, que salva Mae (Betty Compson), uma bela prostituta, de se afogar. Logo no início da narrativa somos deixados perante as dificuldades da profissão do protagonista, no tempo em que o carvão ainda era o combustível das embarcações, com Bill e os seus colegas a trabalharem arduamente, com os seus corpos a surgirem suados e sujos de carvão. Estes preparam-se para gozar um dia de folga, até a embarcação partir no dia seguinte, divertindo-se pela tasca local, pelo menos até Bill salvar Mae. O cenário é marcado por fortes nevoeiros e águas agitadas, com este a carregar Mae nos seus braços, levando a personagem interpretada por Betty Compson para o interior de um quarto nas imediações do bar, colocando-a com cuidado na cama. Estão em contraste a força bruta e protectora de Bill com a delicadeza desta "bela adormecida" que o protagonista espera ver acordar. Quando a encontra acordada, logo vê Mae a fumar, algo mal-visto quando se trata de uma figura feminina (na época em que o filme foi lançado), mas também simbolizador que esta se encontra longe de ser "uma santa". Corteja Mae, embora esta rechace alguns dos seus avanços, até decidir casar com a mesma, embora alguns contratempos possam colocar a relação de ambos em perigo. A história de "The Docks of New York" é extremamente simples, remetendo até para obras posteriores como "Anna Christie" e "Moontide", onde também tínhamos estes cenários rodeados pela presença do mar e as embarcações. No caso de "The Docks of New York" voltamos a ter a mulher sedutora que facilmente encanta a figura masculina, algo relativamente comum de encontrar em obras de Josef von Sternberg como "Der Blaue Engel", "Morocco", "The Devil is a Woman”, mas também um romance improvável estabelecido ao longo da narrativa. Bill é um indivíduo duro, pronto a exercer as suas opiniões pela força dos punhos, contando com os braços tatuados com os nomes das suas conquistas, contrastando com a aparente fragilidade de Mae. Ela veste-se de forma sensual e capaz de exacerbar as suas formas corporais, ele parece meio descuidado e pronto a considerar a primeira como sua posse. A rodear os personagens desta adaptação cinematográfica do livro "The Dock Walloper", encontram-se cenários exteriores marcados por nevoeiros vastos, que adensam a incerteza em volta dos destinos destes personagens, algo visível desde os momentos iniciais onde somos deixados perante as docas de Nova Iorque.

  Os personagens vagueiam sem saberem bem para onde vão, algo visível desde logo por Bill, que anda de local em local no seu barco, sem poiso certo e grandes objectivos, parecendo até envolver-se com Mae mais por diversão do que por ter perspectivas de futuro, embora até se case com esta. Mae é uma prostituta mas parece ceder às investidas do homem que salvou a sua vida, apresentando algum interesse no mesmo. Estamos perante dois personagens à margem da sociedade, um pouco como tínhamos em "Underworld" e "Der Blaue Engel", entre outras obras de Josef von Sternberg, que tem em "The Docks of New York" uma obra capaz de facilmente nos prender à sua história e deliciar com as magníficas imagens em movimento que nos são apresentadas. Existe não só um notório sentido estético, mas também uma noção de como utilizar o requinte das imagens ao serviço do enredo, algo visível nos já abordados nevoeiros, mas também na iluminação e até em cenários interiores como o interior do salão do bar onde Mae e Bill dialogam bastante. É também neste bar onde encontramos Andy (Mitchell Lewis num papel secundário com alguma relevância), um superior de Bill a procurar envolver-se com Mae (apesar de ser casado com a personagem interpretada por Olga Baclanova), bem como personagens a beberem muito, a dançar e à pancada, num cenário marcado por alguma imoralidade e perversão. Sente-se a necessidade destes personagens em sentirem e viverem, mas também uma certa incapacidade em mudarem as suas vidas, uma situação que conduziu Mae a procurar cometer suicídio. Betty Compson, embora longe do carisma de uma Greta Garbo ou Marlene Dietrich (a grande musa de Josef von Sternberg), consegue sublinhar através da sua interpretação a complexidade desta personagem, que varia entre uma ligação ao passado, uma vida de prazeres e dinheiros tão efémeros como o fumo dos seus cigarros, e uma vida como mulher casada e respeitável. Já George Bancroft atribui alguma empatia ao seu personagem, um indivíduo que apesar do acto heróico do salvamento e do casamento com Mae, está longe de estar livre dos seus pecados e de episódios pouco recomendáveis. As interpretações sobressaem pela sua discrição, bem como o argumento, com "The Docks of New York" a ser elevado pela forma como Josef von Sternberg nos expõe o enredo e explora os cenários (uma imagem de marca do cineasta). Josef von Sternberg esculpe as imagens, aproveita os nevoeiros latentes, as sombras que rodeiam os cenários, mas também as luzes, colocando-nos perante gente das margens, humana, pronta a viver e a errar, atribuindo uma dimensão superior a uma história simples, resultando numa obra magnífica.

Título original: "The Docks of New York".
Título em Portugal: "As Docas de Nova Iorque".
Realizador: Josef von Sternberg.
Argumento:  Jules Furthman.
Elenco: George Bancroft, Betty Compson, Olga Baclanova.

Novo trailer internacional de "A Most Wanted Man"

Foi divulgado um novo trailer internacional da adaptação cinematográfica de "A Most Wanted Man", o novo filme do realizador Anton Corbijn ("The American"). Podem ver o trailer no final do post.

"A Most Wanted Man" é realizado por Anton Corbjin, através do argumento de Andrew Bovell ("Edge of Darkness"). O filme conta no elenco com Robin Wright ("Moneyball") e Willem Dafoe ("4:44 Last Day on Earth"), Rachel McAdams ("Passion"), Daniel Brühl ("Rush"), Philip Seymour Hoffman ("The Master"), entre outros.

"A Most Wanted Man" é uma das muitas obras literárias de espionagem do mestre John Le Carré, o livro foi publicado originalmente em Outubro de 2008, e tem a seguinte sinopse no site da Bertrand: Um jovem russo com um sobretudo preto comprido e meio morto de fome é introduzido clandestinamente em Hamburgo pela calada da noite. Numa bolsa que usa pendurada ao pescoço esconde uma quantia improvável de dinheiro. É um muçulmano devoto. Mas será mesmo? Afirma chamar-se Issa. Annabel, uma jovem e idealista advogada alemã especializada em direitos humanos, decide salvar Issa da deportação, e depressa a sobrevivência daquele cliente se torna mais importante do que a sua própria carreira. Em busca do misterioso passado de Issa, Annabel enfrenta o incongruente Tommy Brue, o herdeiro de sessenta anos do Brue Frères, um banco britânico em declínio sediado em Hamburgo. Nasce um triângulo de amores impossíveis. Entretanto, pressentindo que vão desferir um tiro certeiro na pseudo Guerra contra o Terror, espiões de três nações convergem para pessoas inocentes. Comovente, compassivo e recheado de personagens que o leitor não quererá largar, Um Homem Muito Procurado está repleto de humor, apesar da tensão presente até à última, e emocionante, página. É igualmente uma obra com uma profunda humanidade e uma pertinência invulgar nos dias de hoje.

"A Most Wanted Man" estreia a 25 de Julho de 2014 nos EUA. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema 

"Revealed" - Novo TV Spot de "Hercules"

 Já se encontra online um novo TV Spot de "Hercules", um filme realizado por Brett Ratner. O TV Spot tem o título "Revealed" e pode ser visto no final do post. O argumento inicial do filme foi escrito por Ryan Condol, tendo posteriormente sido rescrito por Evan Spiliotopoulos.

O filme conta no elenco com Ian McShane ("Jack the Giant Slayer"), Joseph Fiennes ("Camelot"), John Hurt ("Snowpiercer"), Rebecca Ferguson ("Strandvaskaren"), Rufus Sewell ("Hotel Noir"), Aksel Hennie ("Headhunters") e Dwayne "The Rock" Johnson ("Pain and Gain"), Antje Traue ("Man of Steel"), Reece Ritchie ("The Lovely Bones"), Ingrid Bolsø Berdal ("Chernobyl"), Tobias Santelmann ("Kon-Tiki"), entre outros.

"Hercules" é baseado nos comics da Radical Publishing, que conta com duas séries: "The Thracian Wars" e "The Knives of Kush," ambas escritas por Steve Moore e desenhadas por Cris Bolsin. "Hercules: The Thracian Wars" tem a seguinte sinopse (via Omelete): "Todos conhecem a lenda de Hércules e os seus doze trabalhos. A nossa história começa depois dos trabalhos e depois da lenda. Assombrado por um pecado do passado, Hércules tornou-se um mercenário. Juntamente com cinco companheiros fiéis, Hercules viaja pela Grécia antiga, enquanto vende os seus serviços por dinheiro e utiliza a sua lendária reputação para intimidar os inimigos. Quando o benevolente regente da Trácia e a sua filha procuram a ajuda de Hercules para derrotar um inimigo selvagem e terrível, o protagonista busca para que o bem triunfe e a justiça prevaleça sobre o mal. Hércules precisa tornar-se novamente um herói e abraçar o seu próprio mito...ele precisa de ser Hércules".

"Hercules" estreia a 25 de Julho de 2014 nos Estados Unidos da América. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Dois novos posters de "Astérix: Le Domaine Des Dieux"

Foram divulgados dois novos posters de "Astérix: Le Domaine Des Dieux", um filme de animação baseado nos irredutíveis gauleses criados por René Goscinny e Albert Uderzo. Posters via IMP Awards.

"Astérix: Le Domaine Des Dieux" é o primeiro filme de animação da saga em 3D, sendo realizado por Alex Astier ("David et Madame Hansen") e Louis Clichy. O filme conta com as vozes de Roger Carel, Guillaume Briat, Alexandre Astier, entre outros.

O argumento de "Astérix: Le Domaine Des Dieux" é baseado no livro homónimo de René Goscinny, Albert Uderzo. O livro foi publicado em Portugal com o título "Astérix - O Domínio dos Deuses" e tem a seguinte sinopse (via Wook): César quer fazer desaparecer a pequena aldeia gaulesa que o ridiculariza e, para isso, ordena a construção de uma cidade romana modelo a rodeá-la. Assim, segundo ele, a aldeia isolada terá de desaparecer ou adaptar-se e tornar-se romana. O arquitecto da cidade começa por se confrontar com os Gauleses que o impedem de arrasar a floresta. No entanto, estes acabam por ceder para que os escravos incumbidos deste trabalho possam ser libertados. Quando o primeiro edifício fica concluído e chegam os primeiros inquilinos romanos, a situação na aldeia degrada-se rapidamente: todos tentam aproveitar a nova clientela. Mas os Gauleses saberão reagir. Com a ajuda - involuntária - de Cacofonix, vão deter a «invasão» que passará a ser apenas um episódio de má memória.

"Astérix: Le Domaine Des Dieux" estreia a 26 de Novembro de 2014 em França. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema




Jamie Blackley junta-se a Joaquin Phoenix e Emma Stone no elenco do novo filme de Woody Allen

O Daily Mail noticiou que Jamie Blackley ("If I Stay") vai juntar-se a Joaquin Phoenix ("The Master") e Emma Stone ("Magic in the Moonlight") no elenco do próximo filme de Woody Allen. Não existem detalhes em relação aos personagens interpretados por Emma Stone, Joaquin Phoenix e Jamie Blackley.

Ainda não existe uma sinopse oficial do filme. O enredo encontra-se a ser descrito como "uma história contemporânea" centrada em "académicos, licenciados e indivíduos de classe média/trabalhadora". A nova obra cinematográfica de Woody Allen vai ser filmada em Rhode Island.

Vale a pena recordar que o próximo trabalho de Allen (como realizador) a chegar às salas de cinema é "Magic in the Moonlight", um filme que conta no elenco com Emma Stone, Colin Firth entre outros. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

28 junho 2014

Resenha Crítica: "The Only Son" (1936)

 Yasujiro Ozu é exemplar na exploração dos relacionamentos familiares, dotando as suas obras de um ritmo e "voz" muito próprios. "The Only Son", lançado originalmente em 1936, marca a primeira incursão de Yasujiro Ozu nos talkies, com o cineasta a mostrar estar mais do que preparado para a mudança, ao mesmo tempo que nos apresenta uma história muito ao estilo de filmes como "I Was Born, But...", "A Story of a Floating Weeds", "Floating Weeds", "Ohayo", entre muitas outras que constam no seu currículo e que abordam os relacionamentos familiares com enorme subtileza. Não faltam as expectativas e decepções entre pais e filhos, neste caso entre uma mãe e o seu filho, mas também a procura de um indivíduo em cuidar da sua família na cidade de Tóquio ainda no período pré-II Guerra Mundial e durante uma crise económica que tolda os sonhos daqueles que ambicionam vencer na vida. Esse indivíduo é Ryosuke (Shinichi Himori), um homem que dá aulas à noite, que recebe a sua mãe, Tsune Nonomiya (Chouko Iida), em Tóquio, dando-lhe a notícia que é casado com Sugiko e tem um filho. A primeira vez que encontramos Tsune, a narrativa encontra-se em 1923, com esta a descobrir que o filho se inscreveu no ensino secundário, embora esta não tivesse dado autorização devido a não ter posses para isso. Tsune é viúva e trabalha numa fábrica em Shinshū, acabando por aceitar os conselhos de Ookubo (Chishu Ryu, um "actor fetiche" de Ozu), o professor do petiz, e investir na educação do mesmo. A narrativa logo avança para 1936, deixamos de estar no pequeno espaço de Shinshu e passamos para a metrópole Tóquio, marcada por estruturas industriais, gentes sonhadoras e sonhos por cumprir, a começar por Ryosuke. Este procura agradar a sua mãe, mas logo os seus problemas financeiros começam a vir ao de cima, embora a sua esposa seja dedicada e compreensiva e a sua progenitora alguém que inicialmente esconde a sua decepção, mas também um certo orgulho por ver que criou um bom homem. Os relacionamentos humanos com Ozu são expostos com enorme delicadeza e em "The Only Son" este volta a mostrar a sua singularidade, ao longo de uma história marcada por alegrias e decepções de uma mãe para com o seu filho, a procura deste último em vencer na vida e mostrar o seu valor, enquanto parece existir um certo pessimismo em relação a este espaço das margens de Tóquio que nos é apresentado.

 Este pessimismo já tinha sido visível em obras como "Tokyo Chorus", "Woman of Tokyo" e "An Inn in Tokyo" (em ambos os exemplos também temos os sacrifícios de um familiar em relação ao outro), onde o espaço citadino era representado como propiciador de desigualdades e dificuldades no interior de uma sociedade aparentemente incapaz de dar condições aos seus cidadãos. No caso de "The Only Son" essa situação é visível no protagonista, um homem que estudou mas tarda em encontrar estabilidade, mas também em Ookubo, que se viu na contingência de ter de mudar de profissão para sobreviver, tendo um restaurante especializado na venda de costeletas. É um espaço citadino exposto com alguma poesia e ao mesmo tempo dureza, com os planos fixos típicos de Ozu (incluindo os "planos tatami" nos espaços fechados decorados a preceito) a serem capazes de expor paradigmaticamente a integração e desintegração dos seus personagens no interior deste território das margens da cidade de Tóquio. Temos ainda os célebres planos sem a presença humana (pillow shots), incluindo a focar a roupa estendida, utilizados para dividir as cenas, algo comum nos filmes do cineasta japonês, enquanto este volta a tirar interpretações sublimes dos seus actores, em particular Shinichi Himori. Este personifica na perfeição um certo sentimento de culpa do seu personagem em não conseguir vencer na vida, flutuando entre um conformismo e inconformismo em relação ao destino, com Ozu a colocá-lo muitas das vezes, bem como aos restantes personagens, a parecer que se está a dirigir às nossas pessoas. Ryosuke é o filho único do título, um personagem que lida com as dificuldades do Japão do seu tempo, um território marcado ainda por valores tradicionais (veja-se desde logo o vestuário dos personagens) e a mudança (veja-se o talkie que o protagonista vê com a mãe no cinema), ao mesmo tempo que o cineasta explora um pouco o contraste de gerações. Veja-se desde logo a atitude de Tsune para com o cinema, pouco interessada, sendo uma mulher que passou toda a sua vida dedicada ao trabalho. Esta procura motivar o filho a conseguir os seus objectivos, enquanto Yasujiro Ozu nos compele a seguir cada passo destes personagens, a seguir cada plano magnificamente elaborado e a apaixonar-nos pela enorme delicadeza que atribui às suas obras. 

Título original: "Hitori musuko".
Título em inglês: "The Only Son". 
Título em Portugal: "O Filho Único". 
Realizador: Yasujiro Ozu.
Argumento: Tadao Ikeda e Masao Arata.
Elenco: Chōko Iida, Shin'ichi Himori, Chishū Ryū.

"Guardians of the Galaxy" - Novo poster

Foi divulgado mais um poster de "Guardians of the Galaxy". O poster remete para os exemplares em edição limitada que vão ser concedidos aos fãs que se deslocarem às sessões especiais em IMAX onde vão ser exibidos dezassete minutos do filme. As sessões decorrem a 7 de Julho de 2014. "Guardians of the Galaxy" chega às salas de cinema dos EUA a 1 de Agosto de 2014. Poster via IMP Awards.

O filme é realizado por James Gunn ("Super"), através do argumento de Nicole Periman e Chris McCoy, posteriormente revisto pelo primeiro. "Guardians of the Galaxy" conta no elenco com Chris Pratt ("Parks and Recreation"), que vai dar vida a Peter Quill, mais conhecido como Starlord, o líder do grupo "Guardians of the Galaxy". Dave Bautista ("Riddick") vai dar vida a 'Drax, o Destruidor' em "Guardians of the Galaxy". O filme conta ainda no elenco com Zoe Saldana ("Avatar"), Michael Rooker ("The Walking Dead"), Ophelia Lovibond ("A Single Shot"), Lee Pace ("Lincoln"), Glenn Close ("Damages"), Karen Gillan ("Doctor Who"), Benicio Del Toro ("Savages"), Vin Diesel ("Riddick"), Bradley Cooper ("American Hustle") e Josh Brolin ("Oldboy").

Criada por Arnold Drake e Gene Colan, a equipa "Guardians of the Galaxy" surgiu pela primeira vez em 1969, em Marvel Super-Heroes #18. No filme, o piloto americano Peter Quill (Chris Pratt) é perseguido quando rouba um objecto desejado por Ronan, o Acusador (Lee Pace), um extraterrestre de raça Kree, algo que conduz o humano a reunir-se com grupo de renegados alienígenas, os Guardiões da Galáxia, formado por Gamora (Zoë Saldana), Rocket Raccoon (Bradley Cooper), Groot (Vin Diesel) e Drax, O Destruidor (Dave Bautista).

Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

"Boyhood" - Novas imagens e fotos do set

Foram divulgadas várias imagens e fotos do set de "Boyhood", o novo filme de Richard Linklater. O filme foi realizado por Richard Linklater ("Before Midnight"), através do argumento do próprio. "Boyhood" conta no elenco com Ellar Coltrane, Ethan Hawke, Patricia Arquette, entre outros. Imagens via The Playlist.

O enredo de "Boyhood" acompanha uma família através do olhar de uma criança. Linklater registou o crescimento do jovem interpretado por Ellar Coltrane ao longo dos últimos 12 anos.

"Boyhood" estreia a 11 de Julho de 2014 nos EUA. Podem acompanhar o Rick's Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema