19 junho 2014

Estreias da semana - 19 de Junho de 2014

Boa-tarde, caros leitores, e bem-vindos a mais um post das estreias da semana.

A partir de hoje, dia dezanove de Junho, vamos ter seis filmes, todos muito diferentes, nas salas de cinema portuguesas. Divagarei, esperemos que brevemente, sobre cada um deles.

Destaco em primeiro lugar a estreia de "O Homem Duplicado", uma adaptação do livro homónimo de José Saramago, realizada pelo nosso amigo Denis Villeneuve. O Aníbal já o viu, publicou crítica sobre o mesmo, e eis um excerto da mesma: «Por vezes esse artifício cria uma sensação de mistério, mas nem sempre resulta ao longo desta teia tecida por Denis Villeneuve, onde as reviravoltas por vezes não são consistentes, embora se elogie a ambição do cineasta que parece ter bebido muita inspiração em David Lynch, Alfred Hitchcock e David Cronenberg, enquanto procura afirmar-se com o seu cunho. Os momentos finais ficam particularmente na memória, embora não pareçam fazer grande sentido, ou talvez até façam muito sentido e surjam recheados de significado. "Enemy" não é um filme que pareça ter sido feito para fazer sentido, mas sim para explorar sensações, emoções e inquietações do espectador, mas também levantar-lhe questões, intrigá-lo e até confundi-lo, um conjunto de elementos em que é relativamente competente. No início do filme, encontramos a seguinte citação retirada do livro de José Saramago: "O Caos é a ordem ainda não decifrada". No final fica a certeza que Denis Villeneuve não nos enganou e procurou seguir este lema

O argumento ficou a cargo de Javier Gullón ("El rey de la montaña"). O filme conta no elenco com Jake Gyllenhaal, Mélanie Laurent, Sarah Gadon e Isabella Rossellini.

O enredo de "Enemy" centra-se em Adam (Gyllenhall), um professor de história que vive de forma pacata com a sua namorada (Laurent) até descobrir o seu duplo (que vive com a respectiva mulher, interpretada por Gadon).

Trailer





Recomendamos também o visionamento de "Tom na Quinta", uma obra franco-canadiana escrita e realizada por Xavier Dolan, que conta com um belo poster. O Aníbal já a viu, escreveu-lhe uma crítica, e aqui está uma parte da sua conclusão: «Dolan arquitecta a narrativa com engenho, desenvolvendo uma estranha luta de vontades entre Tom e Francis, quase que a certa altura gerando uma tensão sexual entre ambos, embora o segundo seja supostamente homofóbico. A presença de Tom na quinta dura mais do que este inicialmente esperaria, mas algo o liga ao território, incluindo as memórias de Guillaume, mas também a simpatia de Agathe e até uma espécie de Síndroma de Estocolmo com este a ligar-se a Francis. Os close-ups exacerbam os sentimentos destes personagens, sobretudo Tom, com Xavier Dolan a não ter problemas em expor a sua face e as inquietações do protagonista, revelando uma grande confiança na realização cinematográfica naquela que tem sido considerada como uma das suas obras mais acessíveis. Inquietante, imprevisível, claustrofóbico e marcante, "Tom à la ferme" continua o rumo interessante de Xavier Dolan na realização cinematográfica

"Tom a la Ferme" conta no elenco com Caleb Landry Jones, Xavier Dolan, Mélodie Simard, entre outros.

O filme tem a seguinte sinopse: Neste thriller psicológico, Síndrome de Estocolmo, luto e violência permeiam uma história de mentiras e impostores. A história centra-se num jovem executivo ligado ao meio publicitário, que viaja pelo país para o funeral do seu namorado. No funeral, este descobre que ninguém sabe o seu nome, nem que mantinha uma relação amorosa com o falecido. Tendo como pano de fundo as zonas rurais do Quebeque, "Tom at the Farm" apresenta a fissura crescente que separa a cidade e o campo, bem como a respectiva natureza dos homens que aí residem.

Trailer





Há igualmente uma estreia que tem andado na boca e no teclado de muita gente, por ser baseada num best seller de John Green e por ter andado a receber críticas positivas, na sua maior parte. Refiro-me a "A Culpa é das Estrelas".

O filme foi realizado por Josh Boone ("Writers"), através do argumento de Scott Neustadter e Michael H. Weber.

O filme conta no elenco com Ansel Elgort, Shailene Woodley, Willem Dafoe, entre outros.

O enredo de "The Fault in Our Stars" centra-se numa adolescente que sofre de cancro, que se apaixona por um rapaz no grupo de apoio. Os dois formam uma forte ligação, enquanto procuram lidar com a doença da qual padecem.


Trailer





Vai estrear também a biopic "Yves Saint Laurent", sobre o famoso estilista, que não tem tido críticas particularmente positivas por parte da imprensa.

O filme foi realizado por Jalil Lespert, a partir de um argumento de Jacques Fieschi e Jeremie Guez.

Pierre Niney, Guillaume Gallienne, Charlotte Le Bon, Laura Smet e Marie de Villepin fazem parte do seu elenco.

Sinopse (Sapo): Paris, 1957. Com apenas 21 anos, Yves Saint-Laurent é nomeado para dirigir o futuro da prestigiada grife de alta-costura fundada por Christian Dior - falecido recentemente. Depois de seu primeiro desfile triunfal, ele conhece Pierre Bergé e este encontro irá mudar a sua vida. Amantes e parceiros de negócios, os dois associam-se para criar a grife Yves Saint Laurent. Apesar das suas obsessões e demónios interiores, Saint Laurent vai revolucionar o mundo da moda com sua abordagem moderna e iconoclasta.

Trailer





Chega também às nossas salas de cinema o pouco prometedor "Golpe de Amor", protagonizado por Pierce Brosnan e Emma Thompson.

O filme foi realizado e escrito por Joel Hopkins e, para além de Brosnan e Thompson, conta no elenco com Timothy Spall ("The King's Speech"), Celia Imrie ("The Best Exotic Marigold Hotel"), Louise Bourgoin ("Un heureux événement"), Laurent Lafitte ("L'amour, c'est mieux à deux") e Oliver Chantreau ("Xanadu").

"Love Punch" acompanha a história de um casal divorciado, que vê as suas pensões serem roubadas por um homem de negócios pouco escrupuloso. Perante esta situação, a dupla decide reunir-se e roubar aquilo que sempre lhes pertenceu.



Trailer





Por fim estreia o filme de terror mexicano e norte-americano "Aqui Vem o Diabo", escrito e realizado por Adrián García Bogliano.

Francisco Barreiro, Laura Caro, Alan Martinez, Michele Garcia e David Arturo Cabezud compõem o elenco do filme.

Sinopse (Sapo): Para um casal que luta constantemente para manter um casamento frágil, a realidade do desaparecimento dos seus dois filhos não podia ser mais assustadora. Quando finalmente as crianças são encontradas, a alegria momentânea rapidamente se transforma em medo quando a mãe começa a notar diferenças no comportamento dos filhos, temendo que algo diabólico tenha consigo entrar nos corpos da filha e do filho. Um show-de-horrores preciso e intricadamente encenado, AQUI VEM O DIABO segue as pisadas de alguns clássicos do género como The Exorcist , Don’t Look Now , e Rosemary’s Baby, e mistura habilmente drama pesado e os medos do inesperado na paternidade com os horrores sombrios do sobrenatural. AQUI VEM O DIABO (do original Ahí Va El Diablo) é um filme do já aclamado realizador e argumentista Adrián García Bogliano ( Penumbra; Cold Sweat) o mais recente mestre do horror da América do Sul.

Trailer

Sem comentários: