27 abril 2013

James Franco e Jim Parrack em evidência na primeira imagem da adaptação de "As I Lay Dying", de William Faulkner

Foi divulgada a primeira imagem (via EW) de "As I Lay Dying", - que se encontra aqui à esquerda - a adaptação realizada, escrita e protagonizada por James Franco do clássico homónimo de William Faulkner escrito em 1930.

A imagem em questão mostra o próprio Franco e Jim Parrack, mais conhecido pelo seu papel em "True Blood".

Para além de Franco e Parrack entram no filme Tim Blake Nelson, Danny McBride, Ahna O'Reilly, Logan Marshall-Green e Beth Grant.

A história centra-se numa família do Mississippi, cuja jornada para enterrar a falecida mãe, de acordo com os seus desejos da própria, é interrompida por todo o tipo de calamidades. O livro é um dos favoritos de sempre de James Franco, segundo o qual: «As I Lay Dying foi um livro que o meu pai me deu e lembro-me de ter passado um fim de semana a lê-lo, mesmo sexta-feira à noite e sábado à noite quando os meus amigos tinham saído e estavam em festas. Foi um livro difícil na altura. Simplesmente tentei perceber cada linha. E ficou comigo.»

O livro tem 15 narradores, durante 59 capítulos, e por essa razão nunca foi adaptado ao cinema até agora - demasiado difícil. Relembramos que Franco, em 2011, referiu à EW esse mesmo pormenor: «Queres captar o tom, mas não consegues trabalhar exactamente da mesma forma. Não acredito que ficaria igual se o dividires tão rigidamente como o livro, como títulos que digam 'Cash' e agora estás com o Cash. Podes meter-te na cabeça das personagens e dar-lhes as respectivas vozes interiores por um bocado, mas tem que ser mais fluido porque os filmes funcionam de uma forma diferente dos livros. Os filmes, de alguma forma porque trabalham à base de imagens, são mais concretos. Quero ser leal ao livro - a minha abordagem é de ser sempre leal de várias maneiras - mas para ser leal tenho que mudar algumas coisas para o filme

O filme vai estrear no Festival de Cannes no próximo mês, na secção Un Certain Regard.

Sem comentários: