30 setembro 2012

A Semana em Revista - 24 a 30 de Setembro de 2012

Desde o início de Janeiro que as noites de Domingo são sinónimo da rubrica "A Semana em Revista", onde aproveito para efectuar um balanço do que foi feito pelo Rick´s Cinema. Nesta rubrica procuramos apresentar alguns dos posts mais relevantes efectuados entre a 2ª Feira e o Domingo de cada semana, neste caso, entre os dias 24 a 30 de Setembro de 2012. Esta rubrica visa assim ser uma forma rápida, fácil e acessível de dar a conhecer o que temos vindo a fazer ao longo da semana, a todos aqueles que não tiveram a oportunidade de ler da primeira vez, o que pretendem reler, ou voltar a ignorar.

O primeiro destaque da semana vai para as quatro críticas publicadas ao longo da semana (este mês tivemos vinte e quatro críticas). As críticas são as seguintes:
- Resenha Crítica: "A Dupla Pele do Diabo"
- Resenha Crítica: "Até Que o Fim do Mundo nos Separe"
- Resenha Crítica: "Dredd"
- Resenha Crítica: "Adeus, Minha Rainha"

O segundo destaque da semana vai para o breve artigo dedicado à conferência de imprensa do Doclisboa 2012. Conhecido como um dos festivais de cinema mais prestigiados do nosso país, o Doclisboa tem este ano a sua 10ª edição. Por volta das 11h da manhã de dia 27 de Setembro de 2012 decorreu a conferência de imprensa que visa apresentar a nova edição do certame, um evento marcado por muita informação interessante e a presença de elementos como Cinta Pelejà, Cíntia Gil, Susana de Sousa Dias, Ana Jordão (todas da direcção), o programador associado Augusto M. Seabra, José Manuel Costa (vice presidente da Cinemateca) e Margarida Ferraz (da Culturgest). Artigo: Doclisboa 2012 - Alguns dos destaques da conferência de imprensa

O terceiro destaque vai para a crítica ao primeiro episódio da quinta temporada de "Parks and Recreation". Intitulado "Ms. Knope Goes to Washington" o episódio foi considerado bastante consistente pelo H.Barcelos, o blogger de serviço a acompanhar a série (qualquer reclamação não hesitem em contacta-lo):
 - Crítica: Parks and Recreation - s05e01 - "Ms. Knope Goes to Washington"

O quarto destaque da semana vai para o habitual post da rubrica "Curtas de Animação às Segundas":
- Crítica: Parks and Recreation - s05e01 - "Ms. Knope Goes to Washington" 

Ao contrário das outras semanas não vou colocar as principais noticias da semana, mas sim efectuar um breve balanço do mês no Rick´s Cinema. Setembro foi um mês de viragem para aquilo que pretendemos transformar o Rick´s Cinema num futuro próximo: mais críticas, mais artigos, menos notícias ou pelo menos mais seleccionadas. Acima de tudo estas alterações surgem devido a opções criativas e podem começar a ser notadas já em Outubro, mês onde comemoramos o terceiro aniversário do blog (não haverá grandes iniciativas devido à austeridade a que está sujeita a conta bancária deste blogger) e pretendemos continuar a dar mais críticas, mais posts cujo interesse seja bem mais duradoiro do que as notícias (que se esgotam passado poucos dias), ou seja, as notícias mantêm-se, mas é provável que o número de posts não volte a atingir os 800 posts como aconteceu em Junho).

Em Setembro tivemos 24 críticas em 30 dias, algo que marca um record para o Rick´s Cinema, algo que a juntar aos artigos sobre o MOTELx 2012, Festa do Cinema Francês, Doclisboa, breves antevisões de filmes, mostra também uma tentativa de cobrir alguns eventos importantes a nível cinematográfico em Portugal e a procura em diversificar os conteúdos desta casa.

Box Office de dias 28 a 30 de Setembro de 2012 - "Hotel Transylvania" fica com o primeiro lugar

 Boa Tarde caros leitores e leitoras, como é costume nesta casa aos Domingos ao final da tarde, já temos disponíveis os resultados do box office norte-americano. O resultado das bilheteiras norte-americanas entre os dias 28 a 30 de Setembro de 2012 já são conhecidos e trazem algumas novidades em relação à semana anterior. A primeira novidade passa pelo resultado muito positivo de "Hotel Transylvania", a primeira longa-metragem cinematográfica realizada por Genndy Tartakovsky ("2 Stupid Dogs"), "Samurai Jack", "Dexter", entre outros).

"Hotel Transylvania" obteve 43 milhões de dólares em 3,349 salas, valores que ainda estão distantes dos 85 milhões de dólares do orçamento do filme, mas conseguem ultrapassar claramente as expectativas dos analistas. O filme conta no elenco de vozes com nomes bem conhecidos do grande público, entre os quais Adam Sandler como Conde Dracula; Kevin James como Frank (também conhecido como Frankenstein); Fran Drescher como Eunice, a esposa de Frankenstein; David Spade dá voz a Quasimodo, o antigo Corcunda de Notre Dame, que agora é um cozinheiro apaixonado; Steve Buscemi e Molly Shannon dão voz a Wayne e Wanda, um casal de lobisomens, entre outros.

Sinopse: Bem vindos ao Hotel Transylvania, o resort de cinco estacas do Conde Drácula (Sandler), onde os monstros e as suas famílias podem viver sem as intromissões dos humanos. Mas, eis um facto desconhecido sobre o Conde Drácula: este não só é o Príncipe das Trevas, como também é um pai super-protector. Este inventa vários contos sombrios para tentar afastar os ideais rebeldes de Mavis, a sua filha adolescente. Feito para funcionar como o paraíso para Mavis, Drácula abre o Hotel Transylvania, onde este e a filha, mais alguns dos monstros mais conhecidos do Mundo - Frankenstein e a sua esposa, a Múmia, o Homem-Invisível, uma família de Lobisomens, entre outros - podem viver em paz. Servir todos estes monstros não é problema para o Conde Drácula, o verdadeiro problema surge quando um humano de vinte e um anos surge na porta do seu hotel e desperta a curiosidade de Mavis.


O segundo lugar foi para outro estreante da semana, "Looper", o novo filme realizado por Rian Johnson, através do argumento do próprio. "Looper" obteve 21,2 milhões de dólares em 2,992 salas, valores muito positivos que chegam praticamente para igular os 30 milhões do orçamento do filme. Este resultado vem reflectir as críticas muito positivas que o filme tem vindo a receber ao longo da semana. Um dos filmes que terá brevemente crítica aqui pelo Rick´s Cinema.

 "Looper" conta no elenco com Paul Dano ("There Will Be Blood"), Emily Blunt ("The Wolfman"), Bruce Willis ("Cop Out"), Joseph Gordon-Levitt ("Inception"), Jeff Daniels ("Paper Man"), Piper Perabo (série "Covert Affairs") e Noah Segan ("The Brothers Bloom").

O enredo de "Looper" desenrola-se num futuro não muito distante, onde viajar no tempo é uma possibilidade, mas também é ilegal, sendo apenas possível no mercado negro. A história centra-se em Joe (Joseph Gordon-Levitt), um assassino profissional, que trabalha para a máfia, cujas vitimas são enviadas de volta no tempo de forma a eliminar os rastos deixados pelo crime. Certo dia, Joe descobre que um dos seus próximos alvos é a sua versão futura (Bruce Willis). O que irá Joe fazer?

Pode ler mais sobre "Looper" no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.pt/2012/07/sobre-looper.html


O terceiro lugar foi para o anterior líder, "End of Watch", o novo filme realizado por David Ayer (argumentista de "Training Day", "The Fast and the Furious" e realizador/argumentista de "Harsh Times" e "Street Kings"), através de argumento do próprio. O filme conta no elenco com Jake Gyllenhaal, Michael Peña, Anna Kendrick, Frank Grillo, America Ferrera, Cody Horn, entre outros.

"End of Watch" obteve mais 8 milhões de dólares 2780 salas, somando 26,1 milhões de dólares em receitas internas, valores que permitem ultrapassar com larga margem os 7 milhões de dólares do orçamento do filme e dar um lucro considerável ao estúdio.

Sinopse: Uma poderosa história de família, amizade, amor, honra e coragem. "End of Watch" é protagonizado pelo nomeado para os Óscares Jake Gyllenhaal e Michael Peña como os jovens agentes da polícia Taylor e Zavala, enquanto patrulham as áreas mais perigosas, do centro-sul de Los Angeles.
Conferindo à história uma urgência narrada na primeira pessoa, a acção desenrola-se inteiramente através das câmaras de filmar de alta resolução dos polícias, dos membros dos gangs, imagens das câmeras de vigilância, dos cidadãos presos no fogo cruzado, para traçar um retrato realista das esquinas mais sombrias e violentas da cidade, e dos polícias que arriscam todos os dias as suas vidas, e o preço que as suas famílias são forçadas a pagar.

Podem ler mais sobre "End of Watch" em http://bogiecinema.blogspot.pt/2012/09/sobre-end-of-watch-jake-gyllenhaal-e.html 

Tabela:

Mike Tyson, Audrina Patridge e Kendra Wilkinson no elenco de "Scary Movie 5"

O site Blackfilm.com revelou que Mike Tyson ("The Hangover"), Audrina Patridge ("The Hills", na foto) e Kendra Wilkinson ("Scary Movie 4") assinaram contrato para juntarem-se ao elenco de "Scary Movie 5".

"Scary Movie 5" é realizado por Malcolm Lee ("Soul Men"), através do argumento do próprio e David Zucker (que escreveu e realizou o terceiro e quarto filme da saga). O filme conta no elenco com Erica Ash ("MADtv"), Ashley Tisdale ("Hellcats"), Lindsay Lohan ("Machete"), Charlie Sheen ("Anger Management"), Terry Crews ("The Expendables 2"), Angela "Big Ang" Raiola ("Mob Wives"), Sherée Whitfield ("The Real Housewives of Atlanta"), Mike Tyson ("The Hangover"), Audrina Patridge ("The Hills") e Kendra Wilkinson ("Scary Movie 4").

Sinopse: Dan e Jody são um extremoso e feliz casal, cuja vida começa a ser atormentada por estranhos e bizarros fenómenos, que coincidem com o nascimento do seu filho Aidan.
Quando estes fenómenos extravasam o ambiente familiar e lançam o caos na profissão de Jody, como bailarina, ou na de Dan como investigador de gorilas, os dois acabam por concluir que a sua família está a ser perseguida por um perigoso demónio.
Juntos, com a ajuda de um perito certificado e de um conjunto de câmaras de vigilância, vão tentar acabar com esta ameaça antes que ela termine com eles.

O filme estreia no dia 11 de Janeiro de 2013, nas salas de cinema norte-americanas. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Sete Clips de "Seven Psychopaths"

A CBS Films divulgou sete clips de "Seven Psychopaths" ao longo da campanha de divulgação do filme. Para facilitar a visualização dos clips, o Collider reuniu os trechos num único vídeo que pode ser visto no final do post.

O enredo de "Seven Psychopaths" centra-se em Marty (Farrell), um guionista que procura inspiração para elaborar o seu novo guião, 'Seven Psychopaths' que ao lado dos seus dois amigos Billy (Rockwell) e Hans (Walken), envolve-se num perigoso rapto de um cão. O Shih Tzu pertence ao perigoso psicopata Charlie (Harrelson), que vai fazer de tudo para punir os responsáveis pelo rapto do seu adorado cão. É então que Charlie começa a ter toda a inspiração que precisa... enquanto for vivo para contar a história.

O filme foi realizado por por Martin McDonagh ("In Bruges"), através do argumento do próprio. "Seven Psychopaths" reúne Martin McDonagh com o protagonista de "In Bruges", Colin Farrell, que assinou contrato para protagonizar ao lado de Sam Rockwell ("Iron Man 2") e Christopher Walken ("Catch Me if You Can"), Woody Harrelson ("The Defendor"), Tom Waits ("The Imaginarium of Doctor Parnassus"), e Olga Kurylenko ("Quantum of Solace").

"Seven Psychopaths" estreia no dia 2 de Novembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Seven Psychopaths" estreia em Portugal a 22 de Novembro de 2012. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


"About a Boy", de Nick Hornby, vai ser adaptado a uma série de comédia por Jason Katims

Segundo o Deadline, Jason Katims, produtor executivo de "Friday Night Lights" e "Parenthood", irá adaptar "About a Boy", livro de Nick Hornby, a uma série de comédia para a NBC. Katims irá acumular os cargos de produtor executivo e argumentista da série.

Recordamos que o livro, lançado em 1998, tendo desde então vendido mais de um milhão de cópias, foi adaptado a um filme em 2002, protagonizado por Hugh Grant e Rachel Weisz.

A sinopse do livro, traduzido em Portugal como "Era Uma Vez Um Rapaz", é a seguinte (Wook):

«Will Freeman, de 36 anos de idade, não quer ter filhos e não percebe porque é que toda a gente lhos recomenda com tanto entusiasmo. Vive num confortável e moderno apartamento, livre de Legos e cheio de CD's, em Islington. Will tem todo o seu tempo livre, graças aos royalties que recebe, anualmente, por uma pirosa canção de Natal que o seu pai escreveu em 1938. O nosso herói compreende, porém, o ponto de vista das mães sozinhas, especialmente quando elas se parecem com Julie Christie. Assim, acaba por se envolver com um grupo de pais sozinhos e inventar um filho de dois anos, cujas ausências requerem constantes explicações.
Entra em cena Marcus, cujos pais se separaram; as lágrimas da sua mãe sobre os flocos do pequeno-almoço começam a tornar-se assutadoras. Os progressos de Marcus, na sua nova escola de Londres, são ameaçados pelas suas roupas desapropriadas, pelo seu horrível corte de cabelo e pela sua preferência herdada pela música de Joni Mitchell. Uma vez que as circunstâncias puseram Will no seu caminho e uma vez que este sabe, pelo menos, como é que os miúdos se devem vestir e que o Kurt Cobain não jogava no Manchester United, porque é que Marcus não há-de servir-se dele, tanto quanto possível?

Neste segundo romance, Nick Hornby explora as relações que as pessoas estabelecem entre si, neste mundo em que o chamado modelo ideal de família pura e simplesmente já não se aplica

29 setembro 2012

Greg Kinnear prepara-se para interpretar um advogado perturbado e desesperado em "Rake", série que o próprio deverá produzir

O Deadline anunciou que Greg Kinnear irá protagonizar e co-produzir uma versão norte-americana de "Rake", uma popular série de comédia-drama australiana.

Paul Attanasio vai ser um dos produtores executivos do programa, estando encarregue de supervisionar o argumento, que deverá ser escrito por Peter Duncan, um dos criadores da série australiana.

"Rake" segue o mundo caótico do advogado de defesa criminal Cleaver Greene (Kinnear). Brilhante mas auto-destrutivo, este tem graves falhas de concentração e uma completa inabilidade de parar antes de dizer o que lhe vem na cabeça. Entre bígamos, canibais e tudo o mais, os clientes mais apreciados por Cleaver são os que não parecem ter qualquer tipo de esperança em se salvar, apesar de o advogado ser, ele próprio, provavelmente o caso mais desesperado de todos.

A série original, co-criada por Peter Duncan, Richard Roxburgh e Charles Waterstreet e co-escrita por Duncan e Andrew Knight, teve a sua estreia na Austrália em 2010, estando actualmente na segunda temporada. Entre os actores convidados da série, constam Rachel Griffiths, Hugo Weaving e Sam Neill.

Fred Willard, Michael McKean e Ed Begley Jr. juntam-se a Chris O'Dowd no elenco de "Family Tree"

O thr noticiou que Fred Willard ("Anchorman: The Legend of Ron Burgundy"), Michael McKean ("This is Spinal Tap") e Ed Begley Jr. ("Pineapple Express") acabaram de se juntar ao elenco de "Family Tree", uma série de comédia da HBO criada por Christopher Guest ("This is Spinal Tap") e Jim Piddock ("Lealdade Traída"). Sabe-se também que Don Lake vai fazer uma aparição no programa.

A série, filmada ao género de um documentário, terá em Chris O'Dowd ("Friends with Kids") o seu protagonista, a interpretar um homem que, depois de herdar uma caixa misteriosa de uma tia que nunca conheceu, após ter perdido o emprego e a namorada, começa a explorar a herança da sua família. McKean irá dar vida ao pai desta personagem, McKean ao seu tio Andy e Willard a um vizinho.

Recordamos que Willard, McKean e Begley, em outros tempos, integraram o elenco de filmes de Christopher Guest como "This is Spinal Tap", "Best in Show", "A Mighty Wind" e "For Your Consideration".

Crítica: Parks and Recreation - s05e01 - "Ms. Knope Goes to Washington"

«The point is: you’re better than Hot Rebecca. You’re kickass Leslie. Long distance relationships are never easy but you never, ever give up on stuff. That’s what makes you… an amalgam.»
- Andy Dwyer (Chris Pratt)

Criada por Greg Daniels e Michael Schur e inspirada num género popularizado por “The Office” – série na qual Daniels foi produtor -, “Parks and Recreation” tem sido uma das comédias mais regulares e mais bem escritas de entre o que tem sido transmitido nas televisões norte-americanas nos últimos anos. A série centra-se num grupo de funcionários públicos relativamente excêntricos, interpretado por um conjunto de actores talentosos, que constitui o departamento de Parques e Recreação da cidade ficcional de Pawnee, Indiana, e ao longo de quatro temporadas os seus argumentistas têm conseguido manter uma narrativa consistente, que tem tido a qualidade de desenvolver e, por vezes, de introduzir novas personagens à história, sem nunca perder a piada ou o interesse. A quinta temporada da série teve a sua estreia no dia 20 de Setembro e, como homens de negócios que somos, procuraremos acompanhá-la com regularidade e analisar cada um dos seus 22 episódios.
Decorrido a meias entre a grande Washington e a modesta Pawnee, o primeiro episódio assegurou, como seria de esperar, a continuidade dos eventos da temporada passada, ao mesmo tempo que mostrou aos espectadores as mudanças, muitas delas importantes, que estes poderão esperar neste novo capítulo, motivadas acima de tudo pela promoção profissional de algumas das personagens principais da série. Em Washington, somos apresentados à azafamada vida de Ben (Adam Scott), que, entre frequentar reuniões e conhecer indivíduos ligados à política, irá receber a visita de Leslie (Amy Poehler), a sua namorada. Apesar de fascinada pela história da cidade, esta irá sentir-se intimidada pela grandeza das personalidades com quem vai travar conhecimento. A seriedade destes acontecimentos terá como contraste as cenas protagonizadas pelo casal formado por April (Aubrey Plaza) e Andy (Chris Pratt), acompanhantes de Leslie, que vão passear as suas simpáticas e bem-dispostas excentricidades pela cidade de Washington, divertindo e fazendo rir com sucesso o espectador.
Entretanto, em Pawnee, a realidade também mudou. Com a promoção de Leslie a presidente da câmara, Ron Swanson (Nick Offerman) vê-se, finalmente, obrigado a exercer de facto as suas funções de chefe do departamento de Parques & Recreação. Pressionado por Chris (Rob Lowe), o seu superior, Ron vai promover uma actividade ao ar livre que irá acabar por despontar a sua ira, por não contar com o apoio que seria de esperar por parte de Tom (Aziz Ansari), Ann (Rashida Jones), Donna (Retta), Jerry (Jim O’Heir) e de um grupo de crianças esfomeadas. É ainda confirmado, para felicidade da audiência, o final do constrangedor namoro entre Tom e Ann.
De um modo geral, o episódio foi bem escrito, tendo os seus argumentistas e actores conseguido equilibrar com eficácia cenas engraçadas, ainda que apenas a espaços hilariantes, protagonizadas principalmente por Chris Pratt e Nick Offerman, com o desenvolvimento de algumas das personagens mais carismáticas da série. Este desenvolvimento, estruturado de forma sensata e gradual, à semelhança do que sucedeu na temporada passada, consegue impedir a narrativa de estagnar, mantendo o interesse do espectador no que irá acontecer às personagens com quem, ao longo dos anos, este se tem vindo a familiarizar.
Irremediavelmente, o progresso trouxe consigo algumas mudanças, abordadas no episódio em questão, que certamente constituíram desafios importantes para a equipa de argumentistas do programa. Em primeiro lugar, a acção irá desenrolar-se, não apenas em Pawnee, mas também em Washington, o que implica que Leslie e Ben terão que continuar o seu romance à distância. A própria Leslie irá exercer novas funções, ao ter trocado o departamento de Parques pela câmara municipal da cidade, o que implica, por um lado, que esta empreendedora cidadã terá problemas de diferente magnitude para resolver e, provavelmente, novos opositores a ultrapassar, e, por outro, que Ron Swanson será obrigado a liderar o departamento de Parques e Recreação.
E é também neste ponto que recai algum do interesse da nova temporada. Neste episódio, Ron, um indivíduo por norma intimidador, anti-social e com um bigode de impor respeito, chegou a irritar-se e, consequentemente, a demonstrar sentimentos, e, mais invulgar ainda, cedeu face alguns dos seus princípios sagrados, ao trabalhar em prol do departamento. Se esta humanização significa que esta mítica figura irá perder parte da sua magia, leva também a que esta evolua e ganhe um maior protagonismo.
A série mantém-se, assim, no rumo do sucesso. As cenas de comédia continuam a motivar risos constantes, alguns dos actores demonstram, continuamente, a razão da sua ascensão, não apenas na televisão, mas também no cinema, e a história continua a ser interessante e imprevisível. O primeiro episódio de “Parks and Recreation” foi, nas palavras de Andy Dwyer… uma amálgama.

Pontuação: 7.6

Johnny Depp não está no elenco de "The Grand Budapest Hotel"

Wes Anderson ("Moonrise Kingdom") desmentiu as noticias que apontavam Johnny Depp ("Dark Shadows") como possível protagonista de "The Grand Budapest Hotel". Jude Law ("Anna Karenina") e Bill Murray ("Hyde Park on Hudson") já confirmaram que estão no elenco de "The Grand Budapest Hotel".

O enredo de "The Grand Budapest Hotel" ainda é desconhecido, sabe-se apenas que o projecto será realizado por Wes Anderson, através do argumento do próprio. O filme deve contar no elenco com Owen Wilson, Bill Murray, Edward Norton, Jude Law, Jeff Goldblum, Adrien Brody, Willem Dafoe e Angela Lansbury.

Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Várias novas imagens de "Skyfall"

O The Playlist divulgou um conjunto de novas imagens de "Skyfall", o vigésimo terceiro filme da "saga James Bond". As imagens centram-se nos personagens interpretados por Daniel Craig, Javier Bardem, entre outros. Podem ver as imagens no final do post.

"SKYFALL" foi realizado por Sam Mendes ("Away We Go"), através do argumento de Neal Purvis e Robert Wade e John Logan. A produção ficará a cargo de Michael Wilson e Barbara Broccoli. O filme conta no elenco com Daniel Craig, Javier Bardem, Judi Dench, Naomie Harris, Bérénice Marlohe, Ralph Fiennes, Albert Finney, Ben Whishaw, Helen McCrory e Ola Rapace.

Sinopse (Filmspot): A lealdade de Bond para com M é testada quando o passado da directora dos serviços secretos regressa para a assombrar. À medida que o ataque ao MI6 aumenta de intensidade, cabe ao agente 007 localizar e destruir a ameaça, a qualquer custo.

"Skyfall" estreia em Portugal no dia 25 de Outubro de 2012. "Skyfall" estreia no Brasil no dia 26 de Outubro de 2012, com o título "007 - Operação Skyfall". Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


Vídeo dos bastidores de "Os Miseráveis"

O Today Entertainment divulgou um novo vídeo dos bastidores de "Les Misérables". Podem ver o vídeo promocional no final do post.

 O enredo de "Les Miserables" (Os Miseráveis) é inspirado na clássica obra literária do escritor francês Victor Hugo. O enredo do musical desenrola-se em França, durante o Século XIX e acompanha Jean Valjean (Hugh Jackman), um ex-condenado colocado em liberdade, que torna-se Presidente da Câmara e dono de uma fábrica. Quando decide ajudar uma das trabalhadoras da fábrica, Fantine, o passado vem ao de cima, e Valjean terá de abandonar tudo o que tem para tentar fugir de Javert (Russell Crowe), um inspector da polícia que irá fazer de tudo para prende-lo. Nove anos depois, Cosette, a filha de Fantine, apaixona-se por Marius, um apoiante da Revolução Francesa. Com Javert a manter a sua intensa perseguição a Jean Valjean e uma revolução prestes a dividir a cidade, todos são forçados a questionar o que vale a pena sacrificar em nome do amor e da justiça.

O filme é dirigido por Tom Hooper (vencedor do Óscar de Melhor Realizador por "The King´s Speech"), através do guião de William Nicholson. "Les Miserables" conta no elenco com Russell Crowe, Anne Hathaway, Eddie Redmayne, Hugh Jackman, Aaron Tveit, Amanda Seyfried e Samantha Barks.

"Les Misérables" estreia no dia 25 de Dezembro de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "Les Miserables" estreia em Portugal a 3 de Janeiro de 2013, com o título "Os Miseráveis". "Os Miseráveis" estreia no Brasil no dia 29 de Março de 2013. Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/



Nova arte promocional de "O Hobbit: Uma Viagem Inesperada"

A New Line Cinema divulgou no Facebook uma nova arte promocional de "The Hobbit: An Unexpected Journey". A arte promocional centra-se em vários dos personagens do filme.

"The Hobbit: An Unexpected Journey" é realizado por Peter Jackson (trilogia "O Senhor dos Anéis"), através do argumento da autoria do próprio em colaboração com Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro. O filme conta no elenco com Ian McKellen, Martin Freeman, Cate Blanchett, Orlando Bloom, Ian Holm, Christopher Lee, Hugo Weaving, Elijah Wood, Evangeline Lilly, Andy Serkis, Richard Armitage, John Bell, Jed Brophy, Adam Brown, John Callen, Luke Evans, Stephen Fry, entre outros.

O enredo da trilogia de "O Hobbit" é inspirado no livro homónimo escrito por J. R. R. Tolkien, publicado em 21 de Setembro de 1937, cuja narrativa antecede a história contada na série "O Senhor dos Anéis" em 60 anos, tempo em que Bilbo fica com o anel até o retorno de Sauron, "o senhor das trevas". "The Hobbit" conta a história de um hobbit chamado Bilbo Baggins, que nunca pensara em sair de sua toca grande e confortável, até ser apanhado de surpresa por um mago chamado Gandalf e 13 anões (Dwalin, Balin, Kili, Fili, Dori, Nori, Ori, Oin, Gloin, Bifur, Bofur, Bombur e Thorin Escudo-de-Carvalho). Estes queriam recuperar os seus tesouros, que tinham sido roubados por um dragão chamado Smaug. Assim, estes saem em busca da Montanha Solitária com o objectivo de recuperar o que lhes pertence, vivendo muitas aventuras durante todo caminho, que envolvem aranhas gigantes, elfos, trolls e outros seres fantásticos, incluindo Gollum.

"The Hobbit: An Unexpected Journey" estreia no dia 14 de Dezembro de 2012. "O Hobbit: Uma Viagem Inesperada" estreia em Portugal no dia 13 de Dezembro de 2012. Pode ler mais sobre "The Hobbit", no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2011/12/primeiro-trailer-e-poster-de-hobbit.html

Clip de "Red Dawn"

O Ain't It Cool News divulgou um novo clip do remake de "Red Dawn", um filme realizado por Dan Bradley. Podem ver o clip no final do post.

A realização do remake de "Red Dawn" ficou a cargo do estreante Dan Bradley, com base num argumento de Carl Ellsworth ("Disturbia") e Jeremy Passmore ("Special"), e no seu elenco constam Chris Hemsworth (o Thor), Adrianne Palicki (série "Friday Night Lights"), Josh Hutcherson ("The Hunger Games"), Isabel Lucas, Connor Cruise e Jefrey Dean Morgan, entre outros.

Sinopse: Uma cidade americana acorda para a visão surreal de dezenas de para-quedistas a cair dos céus. É verídico, os Estados Unidos estão a ser invadidos no seio do seu próprio território. Rapidamente, e sem aviso, os cidadãos vêm-se prisioneiros e a sua cidade sob ocupação inimiga. Determinado a ripostar, um grupo de jovens patriotas procuram refúgio nos bosques circundantes, treinando e reorganizando-se como um grupo de guerrilheiros. Inspirando-se na mascote da sua escola, tomam o nome de "The Wolverines", agrupando-se para se protegerem uns aos outros, libertar a cidade dos seus captores e retomar a sua liberdade.

Há que realçar que o filme já tinha sido filmado em 2009, mas foi suspenso pela MGM devido a problemas financeiros. Curiosamente, desde esse período até aos dias de hoje, Josh Hutcherson e Chris Hemsworth adquiriram grande notoriedade, pelo que o filme até poderá beneficiar desse atraso. Soube-se ainda, no início deste ano, que os invasores, anteriormente chineses, foram editados, por motivos óbvios, de forma a tomarem a nacionalidade norte-coreana, pelo que os cidadãos norte-americanos terão que se haver com os discípulos do querido líder.

"Red Dawn" estreia no dia 21 de Novembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Red Dawn" estreia em Portugal no dia 29 de Novembro de 2012. Pode seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


Martin Freeman e Eddie Marsan no elenco de "THe World's End"

O elenco de "The World´s End" recebeu duas novas adições. De acordo com The Playlist, Martin Freeman (Bilbo Baggins em "The Hobbit") e Eddie Marsan ("War Horse") vão integrar o elenco do novo filme realizado por Edgar Wright ("Hot Fuzz").

"The World´s End" é realizado por Edgar Wright ("Hot Fuzz"), através do argumento do próprio e Simon Pegg. O filme conta no elenco com Simon Pegg ("Paul"), Nick Frost ("Attack the Block"), Rosamund Pike ("Wrath of the Titans") e Paddy Considine ("Hot Fuzz").

Sinopse de "The World's End": 20 anos depois de tentarem um épico pub crawl (uma maratona de copos em vários bares diferentes numa única noite), um grupo de cinco amigos de infância reúne-se para arriscar uma nova noite de bebedeira. Estes são convencidos por Gary King, um indivíduo preso ao final da sua adolescência, que arrasta-os para o mítico bar "The Wolrd´s End. Há medida que tentam reconciliar o passado e o presente, o grupo de amigos percebe que a verdadeira luta passa pelo seu futuro e pelo futuro da humanidade. Alcançar o "The World’s End" é a última preocupações destes.

A estreia de "The World´s End" deverá acontecer pela Primavera de 2013 numa data ainda a definir. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinemahttps://www.facebook.com/RicksCinema

28 setembro 2012

Featurette de "Liz & Dick"

O Lifetime divulgou um featurette de "Liz & Dick", o telefilme que acompanha o romance entre os ícones Elizabeth Taylor (Lindsay Lohan) e Richard Burton (Grant Bowler). Podem visionar o vídeo promocional no final do post.

 "Liz and Dick" acompanha o romance entre os ícones Elizabeth Taylor (Lindsay Lohan) e Richard Burton (Grant Bowler), cuja relação foi uma das mais mediáticas do seu tempo. A dupla apaixonou-se durante as filmagens de "Cleópatra" em 1961, o que foi um escândalo na época (a ponto do Vaticano ter emitido um comunicado a condenar a relação), tendo em conta que ambos eram casados. A relação entre Burton e Taylor durou entre 1961 até 1976, com dois casamentos, dois divórcios e muita polémica pelo meio.

O telefilme é realizado por Lloyd Kramer ("The Five People You Meet in Heaven") e conta com o argumento de Christopher Monger ("Temple Grandin"). "Liz & Dick" conta no elenco com Grant Bowler ("True Blood"), Lindsay Lohan ("Machete") e Creed Bratton ("The Office").

Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


"The Bay" - Veja um clip do novo filme realizado por Barry Levinson

A Roadside Attractions divulgou (via Coming Soon) um clip de "The Bay", o novo filme realizado por Barry Levinson (“You Don’t Know Jack”). Podem ver o clip no final do post.

O projecto foi escrito pelo estreante Michael Wallach e, no seu elenco, constam Kristen Connolly (“The Cabin in the Woods”), Jane McNeill, Anthony Reynolds (“That Evening Sun”), Kether Donohue, Michael Beasley, Christopher Denham, Andy Stahl, entre outros.

Sinopse: O filme tem como cenário a pacata e pitoresca cidade de Chesapeake Bay, abundante em água, que sustenta a própria população. Dois investigadores biológicos franceses, no entanto, vão descobrir um determinado elemento tóxico contido na água e, ao alertarem o mayor da cidade, este prefere não criar o pânico e manter tudo em segredo. Assim sendo, uma praga mortal é desencadeada na calma cidade, onde a população é transformada em hóspede deste brutal parasita, que lhes controla o corpo e a mente.” The Bay” narra o horror e o sofrimento de uma população que mergulha no terror.

"The Bay" estreia a 2 de Novembro de 2012, nos Estados Unidos da América. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinemahttps://www.facebook.com/RicksCinema


Bullet to the Head ganha um novo trailer

 A Warner Bros lançou on-line (via MSN) um novo trailer de "Bullet to the Head", um filme de acção "à anos 80", protagonizado por Sylvester Stallone. Podem ver o novo trailer de "Bullet to the Head" no final do post.

O enredo de "Bullet to the Head" é inspirado na graphic novel homónima, e centra-se no personagem de Sylvester Stallone, um assassino de Nova Orleães, que se alia a um jovem detective do Departamento de Polícia de Nova York, para descobrir o culpado de dois misteriosos assassintos. A intrincada investigação irá levar o improvável duo para locais tão díspares como as vielas de Nova Orleães até aos corredores do poder em Washington D.C.

O filme é realizado por Walter Hill ("Warriors"), através do argumento de Alessandro Camon. "Bullet to the Head" conta no elenco com Sylvester Stallone, Sung Kang, Sarah Shahi, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Christian Slater, Holt McCallany, entre outros.

"Bullet to the Head" estreia no dia 1 de Fevereiro de 2013, nas salas de cinema norte-americanas. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


Marc Foster negoceia para realizar "Imagining Nathan"

O The Wrap noticiou que Marc Foster ("Quantum of Solace") encontra-se em negociações com a Disney Pictures para realizar “Imagining Nathan”.

 O enredo de "Imagining Nathan" centra-se em Natham, um rapaz que se refugia num mundo de fantasia aos seis anos de idade, após os seus pais serem assassinados. Trinta anos depois, a irmã de Nathan procura fazer de tudo para ajudar o protagonista a escapar aos seus demónios.

O projecto ainda não conta com um cronograma definido. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Natalie Portman pode dar vida a Jackie Kennedy em "Jackie"

O Deadline noticiou que a Fox Searchlight encontra-se a cortejar Natalie Portman ("Thor") para que esta protagonize "Jackie", um drama sobre Jackie Kennedy. A mesma fonte adianta que Portman poderá ficar com o papel de Jackie.

O argumento do filme foi escrito por Noah Oppenheim ("The Maze Runner") e acompanha a vida de Jackie Kennedy no período imediatamente a seguir ao assassinato de John F. Kennedy. O projecto encontra-se em desenvolvimento há alguns anos. Inicialmente Darren Aronofsky pretendia realizar o projecto e pretendia Rachel Weisz (então sua mulher) para o cargo de protagonista. Posteriormente, o nome de Steven Spielberg foi associado ao projecto. Será desta que o projecto sai do papel?

 Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Liam Neeson a fugir de perigosos albaneses no novo clip de "Taken - A Vingança"

Por aqui já vimos "Taken - A Vingança" e podemos dizer que os fãs do primeiro filme certamente não vão ficar desiludidos. Não falta acção frenética, Liam Neeson a distribuir pancada em grande estilo e uma Maggie Grace com alguns dos seus atributos realçados. Enquanto o filme não estreia podem ver o novo clip lançado pela A cena do clip desenrola-se em Istambul e acompanha uma perseguição dos perigosos albaneses ao personagem de Liam Neeson (e de Famke Jansen). Podem ver o clip no final do post (e ler a crítica na 5ªfeira se assim pretenderem).

"Taken 2" é realizado por Olivier Megaton ("Colombiana"), através do argumento de Luc Besson e Robert Mark Kamen. O filme conta no elenco com Liam Neeson, Luke Grimes, Rade Sherbedgia, Famke Janssen e Maggie Grace.

Sinopse: Liam Neeson regressa como Bryan Mills, um antigo agente da CIA com um conjunto de habilidades, que permitiram salvar a sua filha de um conjunto de raptores albaneses. Quando o pai de um dos raptores decide vingar-se e toma como refém Bryan e a sua mulher, durante as férias que o casal passava em Istambul, este último terá de contar com a ajuda da filha para os ajudar a escapar. Para escapar, Bryan irá utilizar todas as habilidades que aprendeu como agente da CIA e derrubar individualmente os seus inimigos.

"Taken 2" estreia no dia 5 de Outubro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Taken 2" estreia em Portugal no dia 4 de Outubro de 2012, com o título "Taken - A Vingança". "Taken 2" estreia no Brasil no dia 5 de Outubro de 2012, com o título "Busca Implacável 2". Pode seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema

Brit Marling e Wes Bentley no elenco de "Green Blade Rises"

O Deadline revelou que Wes Bentley ("Knight of Cups") e Brit Marling ("Another Earth") vão juntar-se a Jason Clarke ("Lawless") e Diane Kruger ("Inglorious Basterds") no elenco de "Green Blade Rises", um filme produzido por Terrence Malick ("To The Wonder"). Bentley vai dar vida ao primeiro professor de Abraham Lincoln. Marling vai dar vida à mãe de Lincoln.

O enredo de "Green Blade Rises" acompanha os anos de formação do décimo sexto Presidente da História dos Estados Unidos da América. Entre esses episódios encontra-se o abandono por parte do seu pai, uma tragédia que o marcou para sempre, e as duas mulheres que o guiaram para a imortalidade. Diane Kruger vai dar vida a Sarah Bush Lincoln, ou seja, a mãe adoptiva de Abraham Lincoln, uma mulher que entrou na vida do lendário presidente norte-americano, quando este último tinha 10 anos de idade.

O filme é realizado pelo estreante A.J. Edwards, através do argumento do próprio. Ainda não existem mais detalhes sobre o projecto. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Marc Webb e Andrew Garfield confirmados na sequela de "The Amazing Spider-Man"

Doug Belgrad, o presidente da Columbia Pictures e Hannah Minghella, a presidente de produção do estúdio revelaram em comunicado (via Coming Soon) que Andrew Garfield vai regressar ao papel de Peter Parker na sequela de "The Amazing Spider-Man" e Marc Webb está confirmado no cargo de realizador. A mesma fonte adianta que Emma Stone encontra-se em negociações para voltar a dar vida a Gwen Stacy.

O argumento do filme está a cargo de Alex Kurtzman e Roberto Orci ("Star Trek"). Ainda não existem detalhes quanto ao enredo do filme.

"The Amazing Spider-Man" estreou originalmente no dia 3 de Julho de 2012, tendo alcançado cerca de 530 milhões de dólares em receitas de bilheteira ao redor do Mundo. A sequela tem estreia marcada para o dia 2 de Maio de 2014.

Podem ler a crítica a "O Fantástico Homem-Aranha" no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.pt/2012/07/resenha-critica-o-fantastico-homem.html 

"Silver Linings Playbook" - Novo trailer do filme realizado por David O. Russell

A The Weinstein Company lançou on-line um novo trailer de "Silver Linings Playbook", o novo filme realizado por David O. Russell ("The Fighter"). Podem ver o trailer no final do post.

"Silver Linings Playbook" é realizado por David O.Russell ("The Fighter"), através do argumento do próprio. O filme conta no elenco com Jennifer Lawrence, Bradley Cooper, Robert De Niro, Chris Tucker e Julia Stiles.

O enredo de "Silver Linings Playbook" é inspirado no livro homónimo de Matthew Quick, que tem a seguinte sinopse (via Sapo): Pat Solatano perdeu tudo - a casa, o trabalho e a mulher. Depois de ter passado oito meses numa instituição estatal, encontra-se a viver de novo em casa dos pais. Pat está determinado a reconstruir a sua vida, a conseguir manter-se otimista e, apesar das circunstâncias difíceis da separação, a reconciliar-se com a sua mulher. Tudo o que os seus pais desejam é que ele recomponha a sua vida - e que partilhe com eles a obsessão familiar com o clube Philadelphia Eagles. As coisas complicam-se quando Pat conhece Tiffany, uma misteriosa e problemática mulher, com os seus próprios problemas. Tiffany oferece-se para ajudar Pat a reconquistar a mulher, mas em troca ele terá de fazer algo muito importante para ela. Este acordo acaba por estabelecer uma inesperada ligação entre os dois e acontecimentos felizes começam a surgir na vida de ambos.
"Silver Linings Playbook" estreia no dia 21 de Novembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Silver Linings Playbook" estreia em Portugal a 10 de Janeiro de 2013, com o título "Guia Para um Final Feliz". "Silver Linings Playbook" estreia no Brasil a 1 de Fevereiro de 2013, com o título "O Lado Bom da Vida". Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema


MOTELx 2012 com 13,538 participantes

Apesar da crise e dos vários problemas que assolam o país, a 6ª edição do MOTELx revelou-se praticamente imune a estes problemas e contou com um número considerável de participantes. De acordo com as informações avançadas pela assessoria de imprensa do festival, o MOTELx 2012 contou com 13,538 participantes, no total dos cinco dias do certame.

Entre os participantes encontram-se 12,258 espectadores nas sessões de cinema, 826 participantes nas masterclasses e 474 nos eventos paralelos, algo que mostra paradigmaticamente o apelo que este magnífico festival tem obtido junto do público.

 Entre os dias 12 e 16 de Setembro de 2012, o MOTELx exibiu mais de 60 filmes, com muitas sessões esgotadas, proporcionando também vários eventos paralelos, entre os quais, masterclasses, workshops, uma assombrosa Noite de Jogos de Terror e uma Tarde de Jogos (Pouco) Assustadores, para famílias, e ainda reuniu ainda três centenas de pessoas numa festa dedicada ao terror no Ritz Clube com a presença dos The Macaques, DJ A Boy Named Sue e Bandidos.

No entanto, o grande chamariz do festival foi o lendário Dario Argento, um dos maiores mestres do cinema de terror do velho continente ainda em actividade, que foi o convidado de honra do festival. É verdade, esta lenda viva esteve pelo cinema São Jorge, não só para a Masterclass, mas também para apresentar "Suspiria", uma das suas obras-primas. Estiveram também presentes em Lisboa, como convidados internacionais do festival, Pål Sletaune, membro do júri do prémio MOTELx e realizador do filme "Babycall", Julien Maury ("Livid", entrevistado pela Take Cinema Magazine), Jonathan Zarantonello ("The Butterfly Room"), Alex Chandon ("Inbred") e Pascal Laugier ("The Tall Man").

Entre os 10 filmes nomeados para o Prémio MOTELx - Melhor Curta de Terror Portuguesa 2012, a única secção competitiva do festival, o galardão foi atribuído pelo júri ao filme «A Bruxa de Arroios» de Manuel Pureza.

Por aqui procurámos acompanhar  o festival, que tive a oportunidade de cobrir pela Take Cinema Magazine. Podem ler os posts dedicados ao MOTELx na Take e no Rick´s Cinema nos seguintes links:
Rick´s Cinema - MOTELx
Take Cinema Magazine - MOTELx

Stephen Frears realiza filme protagonizado por Judi Dench

A Variety revelou que Stephen Frears ("Lay the Favorite") vai realizar "Philomena", a adaptação cinematográfica do livro "The Lost Child of Philomena Lee". A mesma fonte adianta que Judi Dench ("Skyfall") e Steve Coogan ("Ruby Sparks") vão integrar o elenco.

O enredo de "Philomena" é inspirado no livro "The Lost Child of Philomena Lee: A Mother, Her Son and a 50 Year Search", da autoria de Martin Sixsmith. O enredo do filme é inspirado na história verídica de Philomena Lee, uma mulher que em 1952 deu à luz uma criança num abrigo dirigido por freiras católicas em Roscrea, no Norte de Tipperary. Jovem e solteira, esta procura evitar a todo o custo a família, acabando por ser forçada pelas freiras a abandonar o bebé de forma a que pudessem envia-lo para uma família norte-americana abastada.

Judi Dench vai dar vida a Philomena, uma mãe que vai fazer de tudo para encontrar o filho, após ter sido obrigada a abandona-lo quando era mais jovem. O argumento do filme foi co-escrito por Steve Coogan e Jeff Pope.
 
As filmagens começam em Novembro de 2012. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Lakeshore financia o remake de "Whatever Happened to Baby Jane?"

Estava esperançoso que o remake do clássico "Whatever Happened to Baby Jane?" não saísse do papel? Essa esperança pode acabar por agora. De acordo com o Deadline, a Lakeshore Entertainment vai financiar o remake do clássico filme protagonizado pelas lendárias Bette Davis e Joan Crawford. O remake será realizado por Walter Hill ("Bullet To The Head"), através do argumento de Lukas Heller.

 Inspirado no livro homónimo, "What Ever Happened to Baby Jane?", foi realizado por Robert Aldrich, através do argumento de Lukas Heller. O filme estreou originalmente em 1962 e contava no elenco com as lendárias Bette Davis e Joan Crawford. O enredo centra-se em Jane Hudson (Davis), uma artista que alcançou a fama durante a juventude e ficou conhecida como "Baby Jane". Envelhecida e distante do público há muitos anos, esta vive encerrada numa mansão com a sua irmã, Blanche Hudson (Joan Crawford) desde um acidente que levou Blanche a terminar a carreira e acelerou a decadência geral de Jane. Disposta a brilhar nos palcos novamente, Jane decide regressar ao activo, mas o que terá mesmo acontecido a Baby Jane?

A produção ainda não conta com um cronograma definido. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Cloud Atlas ganha novo clip

A Warner Bros. Pictures divulgou on-line (via The Playlist) um clip de "Cloud Atlas", um filme realizado por Tom Tykwer, Andy e Lana Wachowski. O clip tem praticamente dois minutos de duração e exibe alguns momentos inéditos do filme (que podem revelar-se verdadeiros spoilers).

"Cloud Atlas" foi realizado a meias entre os irmãos Wachowski e Tom Tykwer. O realizador alemão irá realizar as cenas de época, enquanto os irmãos ficam com as cenas futuristas. "Cloud Atlas" conta no elenco com Tom Hanks, Hugh Grant, Halle Berry, Hugo Weaving, Ben Whishaw, Susan Sarandon, Jim Broadbent, Doona Bae, James D’Arcy, Zhu Zhu, Keith David, entre outros.

O argumento de "Cloud Atlas" é inspirado na obra literária da autoria de David Mitchell. O livro publicado originalmente em 2004, é a terceira obra literária de Mitchell, tendo vencido o "British Book Awards Literary Fiction Award" e o "Richard & Judy Book of the Year", para além de ter sido nomeado para outros prémios de prestígio. O livro apresenta seis histórias que desenrolam-se em diferentes espaços de tempo, com diferentes personagens que se cruzam ao longo das histórias, sendo que a história de cada personagem será narrada ou vista pelo protagonista da história seguinte. Estas seis histórias irão desenrolar-se entre 1850 até um futuro pós-apocalíptico.

Sinopse: O poderoso e inspirador épico "Cloud Atlas" explora a forma como as acções e as consequências das vidas individuais provocam um impacto na vida de outras pessoas, através do passado, do presente e do futuro, enquanto uma alma é moldada a partir de um assassino até transformar-se num herói, e um único acto de bondade pode atravessar os séculos e inspirar uma revolução.

"Cloud Atlas" estreia no dia 26 de Outubro de 2012 nas salas de cinema norte-americanas. "Cloud Atlas" estreia em Portugal no dia 29 de Novembro de 2012. "Cloud Atlas" estreia no Brasil a 28 de Dezembro de 2012, com o título "A Viagem". Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema


Cartaz nacional de "A Vida de Pi"

A Take Cinema Magazine divulgou o poster nacional de "A Vida de Pi", o novo filme realizado por Ang Lee. Podem ver o trailer no final do post. "Life of Pi" estreia em Portugal no dia 20 de Dezembro de 2012, com o título "A Vida de Pi".

"Life of Pi" é realizado por Ang Lee, através do argumento de David Magee ("Finding Neverland"), e conta no elenco com o estreante Suraj Sharma, Gerard Depardieu ("Le Père Noël est africain"), Adi Hussain ("Ishqiya"), Irrfan Khan ("Slumdog Millionaire"), Tabu ("Pandurangadu"), Rafe Spall ("Prometheus"), entre outros.

 O argumento de "Life of Pi" é inspirado no livro homónimo de Yann Martel. O livro tem a seguinte sinopse (Editorial Presença): Filho do administrador do jardim zoológico de Pondicherry, na Índia, Pi Patel possui um conhecimento enciclopédico sobre animais e uma visão da vida muito peculiar. Quando Pi tem dezasseis anos, a família emigra para a América do Norte num navio cargueiro juntamente com os habitantes do zoo. Porém, o navio afunda-se e Pi vê-se na imensidão do Pacífico, a bordo de um salva-vidas, acompanhado de uma hiena, um orangotango, uma zebra ferida e um tigre de Bengala. Em breve restarão apenas Pi e o tigre, e a única esperança de sobreviverem é descobrirem que ambos precisam um do outro...

"Life of Pi" estreia no dia 21 de Novembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Life of Pi" estreia no Brasil no dia 25 de Dezembro de 2012, com o título "As Aventuras de Pi". Pode seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema

Poster de "The Details"

O IMP Awards divulgou o poster de "The Details", um filme escrito e realizado por Jacob Estes, que conta no elenco com Tobey Maguire e Elizabeth Banks. O poster encontra-se ainda em baixa resolução e será substituído por um de melhor qualidade assim que surgir on-line.

O enredo de "The Details" centra-se nos personagens de Tobey Maguire e Elizabeth Banks, um casal cuja relação está a passar por um período conturbado. Para pior a situação, um grupo de guaxinis decide invadir o quintal da casa do casal e destruir o jardim, algo que leva o casal a tomar sérias medidas. Um desacordo na forma de eliminar esta pesta leva a que uma série de eventos e mal entendidos seja desencadeada e prometa trazer muitas confusões aos protagonistas.

 "The Details" é escrito e realizado por Jacob Aaron Estes ("Mean Creek"), e conta no elenco com Tobey Maguire, Elizabeth Banks, Ray Liotta, Dennis Haysbert, Anna Friel, Laura Linney, Sam Trammell, entre outros.

"The Details" ainda não tem uma data de estreia definida. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Argo - Divulgadas várias imagens do novo filme realizado por Ben Affleck

A Warner Bros divulgou (via Collider) várias novas imagens de "Argo", o novo filme realizado e protagonizado por Ben Affleck. As imagens centram-se nos personagens interpretados por Ben Affleck, Alan Arkin, John Goodman, Bryan Cranston, Tate Donovan, entre outros.

Sinopse: Inspirado em factos reais, “Argo” acompanha uma perigosa operação especial para resgatar seis reféns Norte-Americanos, que são apanhados num ataque iraniano à embaixada dos Estados Unidos da América no Irão. No dia 4 de Novembro de 1979, quando a revolução Iraniana chega ao seu ponto de ebulição, um grupo de militantes iranianos ataca a embaixada Norte-Americana em Teerão, e fazem cinquenta e dois reféns americanos. Mas, no meio de todo este caos, um grupo de seis americanos consegue arranjar maneira de fugir e encontrar refúgio na casa do embaixador do Canadá. Sabendo que será apenas uma questão de tempo, até estes seis fugitivos serem capturados e mortos, a CIA envia um agente especialista em fugas chamado Tony Mendez (Affleck), que surge com um plano arriscado para os tirar do País. Um plano tão incrível, que só poderia acontecer nos filmes.

O filme é realizado por Ben Affleck ("The Town"), através do argumento de Chris Terrio. "Argo" conta no elenco com Ben Affleck, Alan Arkin, Bryan Cranston, John Goodman, Kerry Bishé, Kyle Chandler, Rory Cochrane, Christopher Denham, Tate Donovan, Clea DuVall, Victor Garber, Zeljko Ivanek, Richard Kind, Scoot McNairy, Chris Messina, Michael Parks, e Taylor Schilling.

"Argo" estreia no dia 12 de Outubro de 2012 nas salas de cinema norte-americanas. "Argo" estreia em Portugal no dia 8 de Novembro de 2012. Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/


"Beware of Dog" - Novo clip de "Seven Psychopaths"

Já está on-line um novo clip de "Seven Psychopaths". Intitulado "Beware of Dog", o clip centra-se nos personagens interpretados por Colin Farrell, Sam Rockwell e Christopher Walken. Podem ver o excerto no final do post.

O enredo de "Seven Psychopaths" centra-se em Marty (Farrell), um guionista que procura inspiração para elaborar o seu novo guião, 'Seven Psychopaths' que ao lado dos seus dois amigos Billy (Rockwell) e Hans (Walken), envolve-se num perigoso rapto de um cão. O Shih Tzu pertence ao perigoso psicopata Charlie (Harrelson), que vai fazer de tudo para punir os responsáveis pelo rapto do seu adorado cão. É então que Charlie começa a ter toda a inspiração que precisa... enquanto for vivo para contar a história.

O filme foi realizado por por Martin McDonagh ("In Bruges"), através do argumento do próprio. "Seven Psychopaths" reúne Martin McDonagh com o protagonista de "In Bruges", Colin Farrell, que assinou contrato para protagonizar ao lado de Sam Rockwell ("Iron Man 2") e Christopher Walken ("Catch Me if You Can"), Woody Harrelson ("The Defendor"), Tom Waits ("The Imaginarium of Doctor Parnassus"), e Olga Kurylenko ("Quantum of Solace").

"Seven Psychopaths" estreia no dia 2 de Novembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Seven Psychopaths" estreia em Portugal a 22 de Novembro de 2012. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Daniel Radcliffe pode integrar o elenco de "Frankenstein"

O The Wrap noticiou que Daniel Radcliffe (The Woman in Black) encontra-se interessado em integrar o elenco principal da nova adaptação de "Frankenstein". A mesma fonte adianta que o actor pode dar vida a "Hunchback" (Corcunda), um personagem com grande relevância na narrativa.

O filme será realizado por Paul McGuigan ("Lucky Number Slevin"), após este ter substituído Shawn Levy ("Real Steel") no cargo de realizador. O argumento está a cargo de Max Landis ("Chronicle").

"Frankenstein" é inspirado na obra literária "Frankenstein: or the Modern Prometheus", da autoria da escritora britânica Mary Shelley. O romance acompanha a história de Victor Frankenstein, um estudante de ciências naturais que constrói um monstro no seu laboratório.
O livro teve várias adaptações ao grande ecrã. A primeira surgiu um 1910, ainda no tempo do mudo, sendo produzida por Thomas Edison, tendo Charles Ogle no papel da criatura. A adaptação mais conhecida foi "Frankenstein", um filme produzido pela Universal e protagonizado por Boris Karloff em 1931. A nova versão deverá ter uma abordagem mais ligada ao género da ficção-científica.

O filme ainda não tem uma data de estreia definida. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

Doclisboa 2012 - Alguns dos destaques da conferência de imprensa

Conhecido como um dos festivais de cinema mais prestigiados do nosso país, o Doclisboa tem este ano a sua 10ª edição. Por volta das 11h da manhã de dia 27 de Setembro de 2012 decorreu a conferência de imprensa que visa apresentar a nova edição do certame, um evento marcado por muita informação interessante e a presença de elementos como Cinta Pelejà, Cíntia Gil, Susana de Sousa Dias, Ana Jordão (todas da direcção), o programador associado Augusto M. Seabra, José Manuel Costa (vice presidente da Cinemateca) e Margarida Ferraz (da Culturgest).

Curiosamente, o Doclisboa chega ao seu 10º aniversário como um festival de combate e resistência que procura apresentar uma programação de qualidade e ser um espaço de debate num ano onde a crise económica, social e política reflectiu-se no orçamento e na organização do certame. A proposta da décima edição do festival nasce de um duplo desafio “pensar o cinema como campo simultaneamente artístico e político e como força de inscrição no real”, um desafio que promete ser ultrapassado com distinção. Com uma programação efectuada como uma “proposta de reflexão atenta, consciente de que cada filme programado tem um sentido e uma força fundamentais”, onde a direcção procurou desenhar o festival como um encontro “dos filmes uns com os outros, do público com os filmes, de nós todos com o mundo e com as questões que nos importam”.

Num ano de crise do país onde a cultura tem sido fortemente prejudicada (e não só), o festival apresenta-se com uma programação ambiciosa, onde não falta a criação de três novas secções: “Verdes Anos”, “Cinema de Urgência” e “Passagens”. Estas novas secções juntam-se às conhecidas “Competição Internacional – Longas”, “Competição Internacional – Curtas”, “Competição Portuguesa – Longas”, “Competição Portuguesa – Curtas”, entre outras. De salientar ainda a Homenagem a Fernando Lopes, um cineasta que deixou marca na história do documentarismo nacional, o Tributo ao Festival de Curtas de Vila do Conde e a Retrospectiva Integral a Chantal Akerman (em colaboração com a Cinemateca Portuguesa).

Ao todo serão exibidos 186 filmes ao longo do festival, dos quais temos 68 obras cinematográficas portuguesas, reflectindo e muito a aposta no cinema nacional. Essa aposta reflecte-se desde logo na Sessão de Abertura que conta com 'A Última Vez que vi Macau' de João Pedro Rodrigues e João Guerra da Mata (um filme que encontra-se inserido na competição internacional de longas-metragens). Entre os filmes inseridos em competição nacional é de salientar a presença de obras como 'Cativeiro' de André Gil Mata, 'O Regresso' de Júlio Alves, 'O Sabor do Leite de Creme' de Rossana Torres e Hiroatsu Suzuki, entre outros.

É de salientar que esta iniciativa de apostar fortemente no cinema nacional ganha contornos bem interessantes na secção Verdes Anos, uma secção dedicada a filmes produzidos no contexto de escolas de vídeo, cinema, audiovisuais e comunicação, bem como em cursos de pós-graduação relacionados com o cinema e em particular o cinema documental. Esta iniciativa tem como grande objectiva dar a oportunidade, aos jovens realizadores ainda em contexto de formação, de mostrarem o seu trabalho a um público alargado facilitando, com isso, a sua entrada futura para o contexto profissional, bem como o seu enriquecimento enquanto realizadores.

A nível de obras internacionais é de elogiar e salientar a diversidade apresentada. Não faltam documentários do Burquina Faso, Síria, Tunísia, Espanha, França, México, Reino Unido, Bélgica, Polónia, República Checa, Israel, entre outras nacionalidades que permitirão com toda a certeza o público conhecer algumas amostras de novas realidades cinematográficas. Destas obras é de destacar na competição internacional (longas), 'Bakoroman' um filme do Burquina Faso que marca o primeiro trabalho cinematográfico de Simplice Ganou, 'Sofia's Last Ambulance”, a primeira obra cinematográfica do bulgaro Ilian Metev, entre outras.

O Doclisboa pretende ainda abrir espaços de debate, onde não faltam as “Mesas Redondas” com “RTP e o Serviço Público de Televisão”, “Laboratórios de Cinema Independentes”, “O Cinema e a Crise na Europa do Sul”, “Cinema colectivo, no contexto da Retrospectiva United We Stand, Divided We Fall. Entre os vários eventos do Doclisboa 2012 é de destacar a Masterclass Online Distribution: What to (not) Expect, bem como a Masterclass Andrei Ujica.

O cineasta Andrei Ujica conta ainda como júri da Competição Internacional (constituída por quatro prémios), onde constam ainda Nicole Brenez, Adrian Martin, João Tabarra e Anabela Moutinho. Por sua vez, o júri da Competição Portuguesa (cinco prémios) é constituído por Samira Makhmalbaf, Jean-Pierre Rehm e Celeste Araújo. O júri da secção competitiva “Investigações” (um prémio) é constituído por Rithy Panh, Gonzale de Pedro e Helena Torres. Por fim, o júri da categoria “Prémio Revelação” conta com Alisa Lebow, Michel Demopoulos, Pedro A.H. Paixão.

O encerramento do Doclisboa está marcado para o dia 28 de Outubro (embora a retrospectiva a Chantal Akerman prolongue-se durante mais algum tempo na Cinemateca Portuguesa), com a obra cinematográfica italiana "Cesare Deve Morire", realizada pelos irmãos Paolo e Vittorio Taviani.

A 10ª edição do Doclisboa vai decorrer entre os dias 18 e 28 de Outubro, em locais como a Culturgest, Cinema São Jorge, Cinema Londres, Cinemateca Portuguesa, Galeria Palácio Galveias, LuxFrágil, Carpe Diem Arte e Pesquisa.

Não falta silicone na nova imagem de "Scary Movie 5"

A Dimension Films (via Coming Soon) divulgou uma nova imagem de "Scary Movie 5". A imagem centra-se nas personagens de  Angela "Big Ang" Raiola ("Mob Wives") e Sherée Whitfield ("The Real Housewives of Atlanta").

"Scary Movie 5" é realizado por Malcolm Lee ("Soul Men"), através do argumento do próprio e David Zucker (que escreveu e realizou o terceiro e quarto filme da saga). O filme conta no elenco com Erica Ash ("MADtv"), Ashley Tisdale ("Hellcats"), Lindsay Lohan ("Machete"), Charlie Sheen ("Anger Management") e Terry Crews ("The Expendables 2") .

Sinopse: Dan e Jody são um extremoso e feliz casal, cuja vida começa a ser atormentada por estranhos e bizarros fenómenos, que coincidem com o nascimento do seu filho Aidan.
Quando estes fenómenos extravasam o ambiente familiar e lançam o caos na profissão de Jody, como bailarina, ou na de Dan como investigador de gorilas, os dois acabam por concluir que a sua família está a ser perseguida por um perigoso demónio.
Juntos, com a ajuda de um perito certificado e de um conjunto de câmaras de vigilância, vão tentar acabar com esta ameaça antes que ela termine com eles.

O filme estreia no dia 11 de Janeiro de 2013, nas salas de cinema norte-americanas. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

"Last One / Thank You" - Novo trailer de "The Master" contém cenas inéditas que não constam na montagem final

 Já está on-line um novo e interessante trailer de "The Master", o novo filme do realizador Paul Thomas Anderson. O trailer tem uma duração a rondar os 4m:30s e contém algumas cenas inéditas do filme que não vão constar na montagem final. Podem ver o trailer no final do post. 

O enredo de "The Master" é inspirado livremente na vida de L. Ron Hubbard, e na criação da Cientologia. A história irá acompanhar o personagem de Philip Seymour Hoffman, o fundador de uma seita religiosa, na década de 50. Este é um intelectual carismático, que cria uma organização baseada na fé, que ganha largos aderentes nos Estados Unidos. O tema central do filme, é a relação entre o Mestre e Freddie (Joaquin Phoenix), um pescador que torna-se num dos seus mais fiéis servidores do primeiro. Há medida que a fé começa a ganhar maior efervescência por parte dos seguidores, Freddie passa a questionar a sua fé e a crença no sistema que abraçou e o seu mentor.

O filme é realizado por Paul Thomas Anderson ("There Will Be Blood"), através do argumento do próprio. "The Master" conta no elenco com Philip Seymour Hoffman, Joaquin Phoenix, Jesse Plemons, David Warshofsky, Amy Adams, Rami Malek e Ambyr Childers.

"The Master" estreia no dia 14 de Setembro de 2012 nos Estados Unidos da América. "The Master" estreia em Portugal a 17 de Janeiro de 2013. "The Master" estreia no Brasil no dia 25 de Janeiro de 2013. Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema

20th Century Fox desiste do novo filme de Lisa Cholodenko

A 20th Century Fox decidiu desistir da adaptação cinematográfica do livro "Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day". De acordo com o Deadline, o estúdio encontrava-se algo desconfortável com o orçamento do filme, considerado bastante elevado para as expectativas de receitas do estúdio. A mesma fonte adianta que o projecto pode avançar noutro estúdio.

O filme seria realizado por Lisa Cholodenko ("The Kids Are All Right"), através do argumento de Rob Lieber e Cholodenko. Steve Carell ("Seeking a Friend for the End of the World") era o único nome confirmado no elenco.

O enredo de "Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day" é inspirado no livro homónimo da autoria de Judith Viorst, e tem a seguinte sinopse no site da Amazon:
Alexander podia adivinhar que seria um dia terrível, horrível, nada bom, muito mau. Ele adormeceu com pastilha elástica na boca e acordou com pastilha no cabelo. Quando ia a sair da cama, Alexander tropeçou no skate e deixou a sua camisola cair em cima de um tanque com água. Ele poderia adivinhar que seria um dia terrível, horrível, nada bom e muito mau.
O que é que farias num dia como este? Bem certamente pensarias em viajar para a Austrália e certamente também ficarias satisfeito por saber que também existem dias assim para as outras pessoas.

 Podem seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/RicksCinema

27 setembro 2012

Resenha Crítica: "Adeus, Minha Rainha"

A história de Maria Antonieta e dos eventos que conduziram à Revolução Francesa são sobejamente conhecidos e tiveram direito a várias adaptações cinematográficas, entre as quais, a recente “Marie Antoinette” de Sofia Coppola, um filme que criou uma longa base de fãs e ainda está bastante gravado na memória dos espectadores. Longe do visual pop efusivo de Coppola, “Adeus, Minha Rainha, o novo filme realizado por Benoît Jacquot convida-nos a entrar no Palácio de Versalhes durante o ocaso do Reinado de Luís XVI. Inspirado no livro 'Les Adieux à la reine' de Chantal Thomas, este período fervilhante da história francesa é demonstrado através de Sidonie Laborde (Léa Seydoux), a leitora oficial e fiel súbdita da Rainha Maria Antonieta.
 Mais do que se concentrar exclusivamente em episódios políticos e rigores históricos, 'Adeus, Minha Rainha' procura apresentar a vida no interior do Palácio de Versalhes, as dicotomias e idiossincrasias apresentadas pelos habitantes deste faustoso e imponente cenário. Enquanto no exterior o território desaba perante o ardente caos da revolta, tendo na Tomada da Bastilha um episódio de grande comoção, no Palácio de Versalhes parece existir um microcosmos que gradualmente é minado pelas intrigas internas e pelos acontecimentos exteriores, enquanto uma Rainha tem na sua leal leitora uma súbdita fiel. 
 Esta súbdita é Sidonie Laborde, uma jovem mulher que procura adequar as leituras ao estado de humor da sua Rainha, a célebre Maria Antonieta, uma mulher extravagante, bela, egoísta, por vezes meiga, que vê a sua vida e de todos aqueles que a rodeiam, incluindo a sua favorita (e amante) Gabrielle de Pontignac (Virginie Ledoyen) correrem perigo de vida devido à crescente contestação contra o Rei e a família real francesa. Há medida que os dias passam, a contestação cresce, muitos fogem para proteger as suas vidas, mas o Rei decide não fugir e permanecer com a Rainha em Versalhes, enquanto Sidonie, permanece ao lado da mulher que venera.
 'Adeus, Minha Rainha' procura apresentar o mosaico de figuras antitéticas que povoam o Palácio de Versalhes nos acontecimentos da Revolução Francesa. Não temos apenas a realeza abastada, os cenários faustosos, mas também os servos, as gentes humildes que vivem na obscuridade e que convivem num mundo à parte no seio daquele sumptuoso monumento. Longe da versão “pop” da corte de Versalhes apresentada por Sofia Coppola em 'Marie Antoinette', 'Adeus à Minha Rainha” procura manter o tom de filme de época, numa obra visualmente deslumbrante, onde sobressai o excelente trabalho do director de fotografia Romain Winding, a aproveitar de forma sublime a luz natural que iluminam os magníficos cenários envolventes, a juntar a um cuidado guarda-roupa e uma narrativa que mantém o interesse do espectador embora não seja sempre emotiva, conseguem mostrar todo o cuidado da produção em tentar recriar um episódio marcante da história francesa através do olhar do outro, de uma dama de companhia da Rainha, embora esta última também tenha um papel fulcral na narrativa.
 Esta dama de companhia é interpretada por Léa Seydoux, uma actriz francesa que participou em filmes como “Inglorious Basterds”, “Robin Hood”, “Midnight in Paris” e no “nosso” “Mistérios de Lisboa” e tem no papel de Sidonie um dos maiores desafios da sua carreira. Este desafio é ultrapassado com distinção, visto que Seydoux consegue incutir na sua personagem uma presença impressionante, chegando muitas das vezes a ofuscar Dianne Kruger, a intérprete de Maria Antonieta. Longe de deslumbrar, Kruger tem um desempenho adequado, conseguindo exprimir bem as diferentes facetas da personagem que interpreta, ao mesmo tempo que mantém uma estranha relação de poder com Sidonie e uma afeição muito grande por Gabrielle de Pontillac, uma mulher cujo papel no filme prende-se sobretudo pela relação demasiado afectiva com a Rainha Maria Antonieta.
 Num filme onde os homens aparecem algo à margem da vida da corte, embora tenham algumas das decisões mais imporantes (veja-se a decisão do Rei em não fugir de Versalhes), a relação entre as mulheres é um dos pontos dinâmicos da narrativa, quer entre as damas de companhia, quer entre Maria Antonieta e as suas servas, desenvolvendo-se ainda a temática do lesbianismo, algo que nem sempre enriquece a narrativa (não esperem cenas de sexo explícito) e acaba por tirar o foco das várias temáticas que o filme procura abordar. Ancorada nos panfletos anti-monarquia que circulavam nas vésperas da Revolução Francesa, esta faceta bissexual de Maria Antonieta que é apresentada no filme pouco é abordada na cultura popular, sendo vista com muita parcimónia junto dos estudos de cariz histórico.
 O que surpreende em toda a narrativa não é esta faceta “sexualmente aberta” de Maria Antonieta, mas sim o microcosmos criado em torno do Palácio de Versalhes, com Benoît Jacquot a conseguir expor a diversidade da corte de Luís XVI, onde não tínhamos apenas abastança, mas também alguns súbditos a viverem em condições modestas, algo que advém do estatuto de cada um no interior da corte, estamos longe de outras adaptações da história das vésperas da Revolução Francesa que têm Maria Antonieta como figura central. O exemplo mais paradigmático destas idiossincrasias dos personagens que preenchem a narrativa é Sidonie Laborde, uma fiel dama de companhia e leitora oficial da Rainha, que vive rodeada pelo luxo da corte e simultaneamante tem na divisão que habita uma zona simples e cinzenta, sendo o paradigma da dicotomia entre a opulência dos aposentos de Maria Antonieta com a simplicidade e até alguma precariedade dos aposentos das suas damas de companhia. Curiosamente, a luz é um facto fulcral para expor essas dicotomias dos espaços, com os aposentos da Rainha a estarem quase sempre rodeados pela luz, pela cor dos magníficos adereços, em contraste com a escuridão e o cinzentismo do aposento de Sidonie.
 Entre intrigas de corte, conflitos pessoais, amores e paixões, Benoit Jacquot procura capturar o sabor de uma época, apresentar ainda que de forma ficcional as gentes que estiveram no Palácio de Versalhes nas vésperas da Revolução Francesa, aqueles que povoavam este faustoso cenário, as suas idiossincrasias, enquanto uma jovem dama de companhia desenvolve uma forte relação de afecto com a sua Rainha. Várias foram as adaptações cinematográficas sobre a vida de Maria Antonieta e os episódios que antecederam a Revolução Francesa, mas poucos foram as obras que tiveram o condão de procurar transmitir todo o sentimento desta época, apelando a um lado mais voyeurista do espectador, embora a narrativa nem sempre consiga manter o mesmo nível de emotividade e interesse. Visualmente sumptuoso, 'Adeus, Minha Rainha' abre as portas do Palácio de Versalhes ao espectador, proporcionando um espectáculo cinematográfico nem sempre emotivo mas incrivelmente belo.

Classificação: 3 (em 5)

Ficha técnica:
Título Original: “Les Adieux à la Reine”.
Título em Portugal: “Adeus, Minha Rainha”
Realizador: Benoît Jacquot.
Guião: Gilles Taurand, Benoît Jacquot.
Elenco: Diane Kruger, Léa Seydoux, Virginie Ledoyen, Xavier Beauvois, Noémie Lvovsky.

Crítica em colaboração com a Take Cinema Magazine: https://www.facebook.com/take.com.pt