31 janeiro 2012

Sobre: Jovem Adulta

Esta semana estreia nas salas de cinema portuguesas o drama "Jovem Adulta", o novo filme do realizador Jason Reitman. O filme foi uma das obras cinematográficas que teve direito a figurar no selecto grupo dos grandes ignorados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, não tendo sido nomeado para qualquer categoria da 84ª edição dos Óscares (a par de "Shame" e "J. Edgar"), apesar dos elogios ao desempenho de Charlize Theron.

"Young Adult" é realizado por Jason Reitman ("Up in the Air"), através do argumento de Diablo Cody ("Juno"), dupla que repete a parceria de sucesso que formaram em "Juno". O filme conta no elenco com Charlize Theron, (Patton Oswalt (série "United States of Tara"), Patrick Wilson ("Watchmen") e J.K. Simmons ("Spider-Man").

O enredo de "Young Adult" centra-se numa bela e solitária ghostwriter (Charlize Theron), que escreve livros para adolescentes sob pseudónimo, que pretende recuperar a sua identidade. Para recuperar a identidade perdida, esta decide reencontrar os seus antigos conhecidos da adolescência para realizar os sonhos que tinha nessa idade, para além de reatar o relacionamento com um antigo namorado da sua juventude, que se encontra casado e com um filho recém-nascido.

Apesar das críticas positivas, o filme teve uma recepção algo fria por parte do público norte-americano, tendo alcançado apenas 16 milhões de dólares durante o tempo que esteve em estreia, valores que superam o orçamento de 12 milhões mas não servem para entusiasmar.

"Jovem Adulta" estreia no dia 2 de Fevereiro de 2012, nas salas de cinema portuguesas.

Durante a campanha de divulgação do filme, a Paramount Pictures disponibilizou on-line um trailer, uma série de clips e posteres que podem visionar ao clicarem em mais informações.


Veja o trailer do novo filme de Mel Gibson

A carreira de Mel Gibson ("Braveheart") já conheceu melhores dias. Depois do público ter ignorado "The Beaver", é a vez de "Get the Gringo" não encontrar distribuição. O thriller (anteriormente chamado "How I Spent My Summer Vacation") não deverá estrear nas salas de cinema, indo ser lançado directamente em vídeo-on-demand (VOD), no dia 1 de Maio de 2012. Segundo o Deadline, a Icon (empresa de Gibson) encontra-se a negociar com a 20th Century Fox Home Entertainment um negócio que envolva não só uma estreia em período limitado em VOD, mas também o posterior lançamento do filme em Blu-ray, VOD, e download digital.

Para além desta notícia, a Icon decidiu ainda disponibilizar on-line o primeiro trailer de "Get the Gringo". Grande parte do trailer é narrado por Mel Gibson e conta com um tom leve e bem humorado, mesclado com alguma violência. Podem visionar o trailer no final do post.

O enredo de "Get the Gringo" acompanha um criminoso que é capturado pelas autoridades mexicanas e enviado para uma prisão recheada de violência e crime. Este terá de aprender as artimanhas do local para poder sobreviver ao violento cenário, indo contar com a ajuda de um rapaz de nove anos de idade.

"Get the Gringo" é realizado por Adrian Grunberg (assistente de Gibson em "Apocalypto"), através do guião de Mel Gibson. O filme conta no elenco com Mel Gibson, Peter Stormare, Patrick Bauchau, Kevin Hernandez, entre outros.

Trailer de "Get the Gringo" (clicar em mais informações)


Veja algumas artes conceptuais de John Carter

A Walt Disney Pictures disponibilizou on-line (via It´s Art Magazine) um conjunto de artes conceptuais do aguardado "John Carter". As imagens estão muito bem conseguidas e apresentam pormenores bastante interessantes, nomeadamente, as imagens dos extraterrestres e da bela princesa. Podem ver as artes conceptuais de "John Carter" no final do post.

Inspirado no clássico livro "A Princess of Mars", de Edgar Rice Burroughs, o enredo de "John Carter" centra-se no personagem do título, um capitão do exército (Taylor Kitsch), que inexplicavelmente é transportado para Marte, onde se vê envolvido num conflito de proporções épicas entre os habitantes deste planeta. Neste planeta inóspito, Carter é conhecido como Barsom, indo formar amizade com Tars Tarkas (Willem Dafoe) e da Princesa Dejah Thoris (Lynn Collins), que salva das mãos dos Tharks. Num planeta à beira do colapso, Carter redescobre a humanidade, quando percebe que a sobrevivência do povo de Marte está nas suas mãos.

Caso tenha sucesso, a Walt Disney Pictures tem aqui uma franquia de sucesso, visto Burroughs ter escrito onze livros sobre o personagem.

O filme é realizado por Andrew Stanton ("Wall-W"), através de guião do próprio, em parceria com Mark Andrews, Michael Chabon. "John Carter" conta no elenco com Taylor Kitsch, Lynn Collins, Samantha Morton, Mark Strong, Ciaran Hinds, Dominic West, James Purefoy, Daryl Sabara, Polly Walker, Bryan Cranston, Thomas Hayden Church e Willem Dafoe.

"John Carter" estreia no dia 9 de Março de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "John Carter" estreia em Portugal, no dia 15 de Março de 2012.

Artes conceptuais de "John Carter": (clicar em mais informações)


Universal altera a data de estreia do novo filme de Oliver Stone

A Universal Pictures decidiu antecipar a data de estreia de "Savages", o novo filme do realizador Oliver Stone. O filme deveria estrear no dia 28 de Setembro de 2012, mas um teste efectuado junto do público, na semana passada, levou a que o estúdio tenha decidido alterar a estreia de "Savages" para dia 6 de Julho de 2012, onde terá a forte concorrência de "The Amazing Spider-Man".

O enredo de "Savages" desenrola-se em Laguna Beach e acompanha a história de Ben (Johnson), um budista muito pacífico e o seu melhor amigo Chon (Kitsch), um antigo Navy SEAL e ex-mercenário. Estes gerem um lucrativo negócio de plantio e distribuição da melhor marijuana do mercado. Ben e Chon, também partilham a mesma namorada, a extraordinariamente bela Ophelia (Lively). Tudo parece perfeito nas suas vidas, até aparecer um Cartel do narcotráfico mexicano que pretende dominar o tráfico da região.
Quando a impiedosa líder do Cartel, Elena (Hayek), e o seu brutal capataz, Lado (Del Toro), menosprezam o laço inquebrável que liga o trio de amigos, levasse Ben e Chon a juntarem-se a um agente da polícia corrupto, e lançar uma autêntica guerra contra o cartel.

O filme é realizado por Oliver Stone ("W."), através de argumento do próprio, em colaboração com Shane Salerno e Don Winslow. "Savages" conta no elenco com Taylor Kitsch, Blake Lively, Aaron Johnson, John Travolta, Benicio Del Toro, Salma Hayek, Emile Hirsch, Demian Bichir, entre outros.

"Savages" estreia dia 6 de Julho de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas.

Platinum Studios desenvolve adaptação de The Weapon ao grande ecrã

A Platinum Studios, Inc. anunciou em comunicado oficial que encontra-se a desenvolver a adaptação cinematográfica da série de comics "The Weapon". O filme é produzido por Scott Rosenberg (produtor de "Cowboys & Aliens"), mais conhecido por presidir a Platinum Studios.

"The Weapon" é uma série de comics da autoria de Fred Van Lente ("Marvel Zombies") e acompanha Tommy Zhou, um entusiasta de artes marciais que descobriu uma maneira de criar objectos sólidos através da luz e decide criar um alter-ego chamado "The Weapon" para promover essa habilidade. As invenções de Zhou acabam por torna-lo num alvo de um culto assassino milenar, que acredita no facto deste ter liberto a mística técnica da Ordem de Wu-Shi.

A produção ainda não tem um cronograma definido.

Karl Urban como Judge Dredd na nova imagem de "Dredd"

A edição de Fevereiro da revista Total Film contém um breve artigo sobre "Dredd", a nova adaptação cinematográfica da série de comics "Judge Dredd". Como não poderia deixar de ser, a página do artigo já está na net e chama à atenção por colocar em destaque uma nova foto de Karl Urban como Judge Dredd.

Sinopse: "Dredd" leva-nos para as ruas selvagens de Mega City One, um oásis solitário, de uma espécie de civilização na Terra Amaldiçoada. Judge Dredd (Karl Urban) é o elemento mais temido da elite de Street Judges, tendo o poder de aplicar a lei, condenar os acusados, e executar os mesmos, se isso for necessário.

Vale a pena recordar, que Judge Dredd é um personagem de banda-desenhada, criado no Reino Unido por John Wagner e Carlos Ezquerra, tendo aparecido pela primeira vez em 1977, no segundo número da revista "2000 AD".

O filme é realizado por Pete Travis ("Endgame"), através do guião de Alex Garland e conta no elenco com Karl Urban, Olivia Thirlby, Lena Headey, Domhnall Gleeson, Langley Kirkwood, entre outros.

"Dredd" estreia no dia 21 de Setembro de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "Dredd" estreia em Portugal no dia 27 de Setembro de 2012. "Dredd" estreia no Brasil no dia 21 de Setembro de 2012. Pode seguir o Rick´s Cinema no Facebook em: https://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/

Veja o primeiro trailer de 7500

A CBS Films disponibilizou on-line o primeiro teaser trailer do terror sobrenatural "7500", o novo filme do cineasta japonês Takashi Shimizu. O trailer procura ao máximo adensar o clima misterioso dos estranhos e assustadores eventos que irão ocorrer num voo de Los Angeles para Tóquio, ao mesmo tempo que apresenta alguns dos tripulantes. Podem visionar o trailer de "7500", no final do post.

O enredo de "7500" desenrola-se durante um voo Transpacífico, que transporta os seus passageiros de Los Angeles até Tóquio. Após um passageiro morrer de forma misteriosa, os restantes tripulantes irão deparar-se com uma estranha força sobrenatural, que irá colocar em perigo a viagem e as suas vidas.

"7500" é realizado por Takashi Shimizu ("The Grudge"), através do guião do próprio. O filme conta no elenco com Leslie Bibb ("Zookeeper"), Ryan Kwanten ("True Blood"), Amy Smart ("Crank"), Jamie Chung ("The Hangover Part II"), Christian Serratos ("The Twilight Saga"), Scout Taylor-Compton ("Halloween") e Jerry Ferrara ("Entourage").

"7500" estreia no dia 31 de Agosto de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas.

Trailer de "7500" (clicar em mais informações)


Banda desenhada "Too Cool to Be Forgotten", de Alex Robinson, será adaptada ao grande ecrã

Segundo o ComingSoon, a dupla de escritores composta por Rocky Russo e Jeremy Sosenko (que se irá estrear num dos sketches de "Movie 43"), irá adaptar a banda desenhada Too Cool to be Forgotten, da autoria de Alex Robinson, ao grande ecrã. A produção ficará a cargo da Red Crown Productions e da Likely Story, tendo ainda Stefanie Azpiazu e Riva Marker como produtores executivos.

A banda desenhada em questão tem ganho alguns prémios, chegando a constar do Top 10 de bandas desenhadas de 2008 da Amazon. A sua sinopse, de acordo com o referido site, é a seguinte:

«Do cartoonista aclamado pela crítica que esteve por detrás de Box Office Poison e de Tricked chega-nos o fantástico Too Cool to Be Forgotten, uma história de segundas oportunidades. Andy Wicks é um pai na casa dos quarenta que já tentou de tudo para deixar de fumar - desde ter tentado de forma abrupta até aos últimos adesivos e pastilhas de nicotina - pelo que decide dar uma oportunidade a essa coisa do hipnotismo. Qual é a pior coisa que poderia acontecer? Infelizmente, Andy é granjeado com um destino pior do que a morte: a escola secundária! Transportado para 1985, Andy volta aos seus anos de formação como um adolescente esguio e constrangedor. Estará ele amaldiçoado a reviver os enganos do passado, ou será que foi-lhe dada uma segunda oportunidade para corrigir os erros? Uma coisa é certa - desta vez, vai tentar a sua sorte com aquela rapariga da aula de matemática...»

Se ficaram curiosos podem consultar aqui o site oficial da banda desenhada. Quanto a nós, procuraremos deixar-vos informados caso surja mais alguma notícia.

Fora de Tempo: Rambo - A Fúria do Herói

A década de 80 foi pródiga em filmes de acção protagonizados por heróis capazes de sozinhos combaterem tudo e todos. Um dos heróis mais icónicos desta década foi John Rambo, o protagonista de "Rambo - A Fúria do Herói", interpretado por Sylvester Stallone (o "Rocky"). Inspirado no livro "First Blood" de David Morrell, "A Fúria do Herói" (1982) foi um dos grandes sucessos da década de 80, a ponto de mais tarde terem sido desenvolvidas mais três sequelas "Rambo: First Blood Part II" (1985), "Rambo III" (1988) e "John Rambo" (2008).

Realizado por Ted Kotcheff ("Switching Channels"), através do argumento de Michael Kozoll, William Sackheim e Sylvester Stallone, "Rambo - A Fúria do Herói centra-se em John Rambo, Medalha de Honra do Congresso e um herói da guerra do Vietname. Após vários anos em missões no Vietname, este decide regressar aos Estados Unidos para procurar um antigo amigo do Exército, mas a sua tentativa é mal sucedida pois o companheiro faleceu de forma dolorosa, devido à excessiva exposição ao agente laranja. Quando deambula sem direcção, Rambo é preso de forma injusta pelo xerife (Brian Dennehy) da pequena cidade de Hope por apresentar um visual pouco recomendável. Tratado de forma rude e violenta na prisão, Rambo consegue fugir, rouba uma mota e refugia-se ao abrigo de umas montanhas próximas. Quando a caça ao homem começa, Rambo está no seu elemento natural e prepara-se para iniciar uma guerra.

Sou um fã confesso desta saga, sobretudo do primeiro filme que tem a coragem de abordar uma temática bastante séria como os problemas sentidos pelos veteranos da Guerra do Vietname em reintegrarem-se na sua sociedade. Sem empregos, sem amigos, sem família, atormentados pelas memórias do passado, estes lutam sozinhos contra uma sociedade que pensavam estar a proteger. Para além disso, o filme proporciona alguns momentos de excelência no que diz respeito ao género de acção, com Rambo a ser o anti-herói perfeito, capaz de lutar contra tudo e contra todos os que lhe querem mal.

O filme foi um sucesso a nível do público e da crítica, tendo marcado uma época e inspirado uma grande quantidade de filmes. As sequelas não tiveram o condão de abordar de forma tão séria a temática da dificuldade dos veteranos de guerra (e não só) integrarem-se na sociedade, centrando-se sobretudo na acção ("John Rambo" então é um caso gritante, apesar de ser um dos meus guilty pleasures).

"First Blood" chamava ainda à atenção pela banda sonora emotiva e bem conseguida de Jerry Goldsmith, que incutia um tom único ao filme. Entre as canções presentes na banda-sonora é impossível não destacar as melancólicas "Home Coming" e "It´s a Long Road", a enérgica "Mountain Hunt" e a emotiva "First Blood". 

Para o sexagésimo quinto post da rubrica "Fora de Tempo", decidi postar o trailer e algumas cenas do filme que podem visionar ao clicarem em mais informações.


Elenco original de Arrested Development volta-se a reunir para a nova temporada da série

Já fora anunciado há alguns meses que a série "Arrested Development", cancelada em 2006, iria voltar para mais uma temporada que teria nove ou dez episódios. Mais recentemente foi confirmado que o elenco do programa original, que entretanto se envolveu em outros projectos, fará parte dessa reunião.

A notícia foi dada por intermédio de Dean Lorey, o argumentista e um dos co-produtores executivos da série, no seu blogue. De acordo com o próprio, este está a escrever o argumento em conjunto com Mitch Hurwitz e Jim Vallely (os mesmos da série original), referindo igualmente que o elenco original está de volta e que a série deverá estrear em 2013. Sendo assim, poderemos contar com a aparição de nomes como Will Arnett, Jason Bateman, Portia de Rossi, Michael Cera, Tony Hale, Jeffrey Tambor, David Cross, Alia Shawkat e Jessica Walter no pequeno ecrã.

Passo a transcrever (e trazudir) o post em questão:

«Estamos mesmo a fazer isto. O Mitch Hurwitz, o Jim Vallely e eu estamos a escrever a nova temporada de Arrested Development, que irá estrear na Netflix em 2013. O elenco original está de volta. Há escritórios e lugares de estacionamento. Iremos começar as filmagens no próximo ano. Bem queria dar pormenores específicos mas, de momento, até o cronograma não foi divulgado. Mas está a acontecer e é óptimo estar de volta com os meus companheiros da série. Irei dar mais notícias brevemente assim que puder divulgar novos detalhes...»

Esta situação, no entanto, não impede o desenvolvimento do filme, inspirado na série, que continua a ser desenvolvido por Mirch Hurwitz.

Para quem não está relembrado ou informado: "Arrested Development" é uma sitcom norte-americana criada por Mitchell Hurwitz para a Fox Broadcasting Company. A série foi exibida entre 2 de Novembro de 2003 e 10 de Fevereiro de 2006, tendo sido cancelada pela Fox, após uma queda nas audiências, tendo deixado os fãs desolados.
A história de "Arrested Delopment" centra-se na disfuncional família Bluth, uma família que era bem sucedida financeiramente, até George Bluth Sr. (Jeffrey Tambor) ser preso por forjar a contabilidade das Empresas Bluth. A partir daqui a série acompanha Michael Bluth (Jason Bateman), um viúvo que acaba por ter que cuidar da sua família anteriormente rica, que conta com Lucille (Jessica Walter), os seus irmãos Buster (Tony Hale) e Gob (Will Arnett), um cartógrafo e um fracassado mágico, respectivamente; a sua irmã obcecada por moda Lindsay (Portia de Rossi), e seu marido Tobias (David Cross), que perdeu a licença de médico. E ainda temos George-Michael (Michael Cera), o filho adolescente de Michael, que tem uma estranha paixão pela sua prima Maeby (Alia Shawkat).

Ashley Benson junta-se a Selena Gomez e Vanessa Hudgens no elenco de Spring Breakers

O elenco feminino de "Spring Breakers" está a tornar-se um verdadeiro deleite visual para o público masculino. Depois de Selena Gomez ("Monte Carlo") e Vanessa Hudgens ("The Frozen Ground"), é a vez de Ashley Benson ("Pretty Little Liars" - na foto) ser anunciada no elenco principal do filme, que também conta com a presença de James Franco ("127 Hours").

A história de "Spring Breakers" centra-se em quatro raparigas da universidade que assaltam um estabelecimento de uma cadeia de fast food para conseguirem arranjar o dinheiro para pagar umas férias na Florida, no âmbito do spring break. O plano idiota, logicamente, acaba por falhar e as raparigas são presas, sendo a personagem de Franco quem irá pagar a fiança. Este, um traficante de armas, de droga e um rapper amador, vai encarregá-las de assassinar o seu arqui-inimigo, Arch.

O filme é realizado por Harmony Korine ("Snowballs"), através de argumento do próprio. "Spring Breakers" conta no elenco com Selena Gomez ("Monte Carlo"), Vanessa Hudgens ("The Frozen Ground"), Ashley Benson ("Pretty Little Liars") e James Franco ("127 Hours").

As filmagens começam no dia 12 de Fevereiro de 2012, na Florida.

Simon Beaufoy fala da sequela de The Hunger Games

"The Hunger Games" apenas chega às salas de cinema norte-americanas no mês de Março, mas isso não impede que o argumentista Simon Beaufoy ("Slumdog Millionaire") comece desde já a falar sobre "Catching Fire", a continuação de "The Hunger Games". Em entrevista à Entertainment Weekly, Ross não escondeu o seu entusiasmo por retratar a ascensão de Katniss como uma líder em "Catching Fire":

“Eu adoro o título Catching Fire porque, no momento em que a Katniss aparece disposta a comer as bagas silvestres, no momento em que estava disposta a dar sua vida por algo maior, esta inicia uma reação em cadeia que é ao mesmo tempo maior que ela e por causa dela. É um filme muito entusiasmante para fazer, pois estamos a ver o surgimento de uma líder. É o nascimento de uma revolução cujo contexto é muito maior que os próprios Hunger Games".

"Catching Fire" foi publicado originalmente no dia 1 de Setembro de 2009, tendo sido um sucesso de vendas. O livro foi publicado em Portugal com o título "Em Chamas" e tem a seguinte sinopse (Bertrand):

Depois de no primeiro volume Katniss se oferecer para substituir a irmã mais nova nos Jogos da Fome, que têm como lema «matar ou morrer», contra todas as expectativas, não só Katniss Everdeen venceu os Jogos da Fome, como pela primeira vez na história desta competição dois tributos conseguiram sair da arena com vida. Os dois jovens Katniss e Peeta tornaram-se agora os rostos de uma rebelião que nunca esteve nos seus planos. E o Capitólio não olhará a meios para se vingar… Um ritmo constante de adrenalina numa obra que promete tornar-se uma das leituras mais viciantes do ano.


"Catching Fire" chega às salas de cinema norte-americanas no dia 22 de Novembro de 2013, uma semana depois de "Thor 2" irromper pelas salas de cinema. Fiquem atentos às notícias sobre "The Hunger Games" no Rick´s Cinema. Já viram o trailer? http://bogiecinema.blogspot.com/2011/11/veja-o-trailer-de-hunger-games.html

Frank Langella interpreta personagem de carácter duvidoso em The Time Being

Após receber vários elogios pelo seu desempenho em "Robot & Frank", Frank Langella assinou contrato para protagonizar mais um projecto que promete chamar a atenção do público e da crítica. De acordo com o Deadline, Langella irá protagonizar "The Time Being" ao lado de Wes Bentley ("Gone").

"The Time Being" centra-se em Daniel (Bentley), um artista sem dinheiro e completamente desesperado, que aceita uma série de comissões de Warner (Langella), um excêntrico milionário em estado terminal que pode não ser aquilo que parece. Daniel não consegue discernir se Warner é um monstro que apenas pretende destruir a sua vida e o seu casamento, ou se é um salvador que irá ensinar-lhe o verdadeiro significado da arte.

O filme é realizado pelo estreante Nenad Cicin-Sain, através de argumento do próprio em colaboração com Richard Gladstein ("Paper Man").

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Josh Peck e James Ransom protagonizam western realizado por Anthony O´Brien

Josh Peck (“The Wackness”) e James Ransone (“Generation Kill”) assinaram contrato com a ANA Media para protagonizarem o western "The Timber". O filme é realizado por Anthony O’Brien (“Perfect Sport”), através de argumento do próprio com colaboração de Colin Ossiander e Steve Allrich.

O enredo de "The Timber" desenrola-se em 1898, na Corrida ao Ouro no Yukon, e acompanha a história de dois irmãos que balançam entre os perigos mortais e a riqueza para além da imaginação, enquanto embarcam numa jornada de vingança. Separados da família, os dois irmãos enfrentam um ambiente severo, homens dementes, e a morte em cada canto porque passam, na busca pelo seu violento pai, um indivíduo que tornou o território do Yukon no seu inferno pessoal.

As filmagens irão decorrer nas Montanhas dos Cárpatos, na Roménia e na Media Pro Studios em Bucareste.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Vera Farmiga junta-se a Aaron Eckhart no elenco de The Drummer

Vera Farmiga ("Up in the Air") assinou contrato para integrar o elenco principal de "The Drummer", a biopic sobre o lendário baterista e escritor de músicas Dennis Wilson dos "The Beach Boys". Farmiga irá dar vida a Christine McVie, a escritora e cantora dos "Fleetwood Mac".

"The Drummer" acompanha os últimos seis anos da vida de Wilson, período em que criou algumas das melhores músicas da sua carreira. Dennis Wilson era o único membro dos Beach Boys que era surfista, e tinha uma vida desregrada, sendo o abuso de álcool e drogas uma das suas imagens de marca. Wilson morreu afogado em 1983, na Marina Del Rey.

O filme é realizado por Randall Miller ("Bottle Shock"), através do guião de Jody Savin. "The Drummer" conta no elenco com Aaron Eckhart ("I, Frankenstein") e Vera Farmiga ("Up in the Air").

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Saiba quando estreia o novo filme protagonizado por Clint Eastwood

A Warner Bros Pics. anunciou a data de estreia de "Trouble With the Curve", o novo filme protagonizado por Clint Eastwood, após vários anos de ausência (desde "Gran Torino"). O filme realizado por Robert Lorenz estreia no dia 28 de Setembro de 2012 (nos EUA), indo ter a forte concorrência de "Looper" de Rian Johnson.

O enredo de "Trouble With the Curve" centra-se no personagem de Eastwood, um olheiro de baseball, que está perigosamente a perder a visão com o avançar da idade. Este e a sua filha irão efectuar uma viagem final a Atlanta, para observar um jovem talento.

O filme será realizado por Robert Lorenz (assistente de longa data de Clint Eastwood), através do argumento de Randy Brown. "Trouble With the Curve" é protagonizado por Clint Eastwood ("Gran Torino"), Matthew Lillard (o Shaggy de "Scooby-Doo"), Amy Adams ("The Fighter").

"Trouble With the Curve" estreia no dia 28 de Setembro de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Os sete anões aparecem na nova imagem de A Branca de Neve e o Caçador

A Universal Pictures disponibilizou on-line duas novas imagens de "Snow White and the Huntsman", através da página oficial do filme no Facebook. A primeira imagem centra-se na Rainha Ravenna, a vilã interpretada por Charlize Theron, enquanto a segunda imagem centra-se no Caçador e nos Sete Anões. Podem ver as imagens no final do post.

O enredo de "Snow White and the Huntsman" centra-se na Branca de Neve (Kristen Stewart), a única pessoa que a rainha Ravenna (Charlize Theron) teme. Para terminar com esta ameaça, a rainha envia um caçador (Chris Hemsworth) para assassinar Branca de Neve. O que a Rainha não contava era que o caçador deixasse Branca de Neve viva e a ensinasse na arte da guerra, indo tornar-se uma séria ameaça ao reinado de Ravenna.

O filme é realizado por Rupert Sanders, através do guião de Evan Spiliotopoulos e Hossein Amini. "Snow White and the Huntsman" conta no elenco com Kristen Stewart, Charlize Theron, Sam Claflin, Chris Hemsworth, Ray Winstone, Ian McShane, Eddie Izzard, Bob Hoskins, Toby Jones, Eddie Marsan, Stephen Graham, Ray Winstone, Lily Cole, Sam Spruell, Liberty Ross, Noah Huntley, entre outros.

"Snow White and the Huntsman" estreia no dia 1 de Junho de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "Snow White and the Huntsman" estreia em Portugal no dia 31 de Maio de 2012, com o título "A Branca de Neve e o Caçador".

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783


Duas novas imagens de "Snow White and the Huntsman" (clicar em mais informações)

Bradley Cooper e Jennifer Lawrence próximos de protagonizar a adaptação de "Serena: A Novel"

O Vulture avançou que Bradley Cooper ("The A-Team") e Jennifer Lawrence ("The Hunger Games"), encontram-se em negociações para protagonizar a adaptação cinematográfica de "Serena: A Novel". A mesma fonte adianta que Susanne Bier ("In a Better World") é a favorita para realizar o filme, após nomes como Darren Aronofsky ("The Wrestler") e Kathryn Bigelow ("K-19: The Widowmaker") nunca terem oficializado o seu envolvimento no projecto.

O enredo de "Serena" é inspirado no livro "Serena: A Novel", da autoria de Ron Rash. A história desenrola-se em 1929, e acompanha George e Serena Pemberton, um casal recém-casado que sai do ambiente cosmopolita de Boston, para as montanhas da Carolina do Norte, tendo em vista o inicio de um negócio no ramo da madeira. George já tinha vivido no campo, onde teve um filho ilegítimo, com outra mulher. Serena, por sua vez, é nova na vida campestre e prova ser tão competente nas funções, como qualquer homem, a ponto de salvar a vida do marido, num acidente que este teve. No entanto, ao descobrir que é estéril, Serena perda a calma e fica determinada a matar o filho que George teve com outra mulher.

A produção ainda não tem um cronograma definido.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Veja o primeiro trailer de The Cold Light of Day

A Summit Entertainment disponibilizou on-line o primeiro trailer do thriller "The Cold Light of Day". O trailer centra-se no personagem de Henry Cavill, um indivíduo que preparava-se para ter umas férias de sonho com a família e acaba por envolver-se numa conspiração perigosa que irá colocar em perigo todos os que o rodeiam. Podem visionar o trailer de "The Cold Light of Day", no final do post.

O enredo de "The Cold Light of Day" centra-se em Will Shaw (Henry Cavill), um corrector da bolsa de Wall Street, que de forma relutante decide tirar férias com a sua família em Espanha. A sua primeira companhia em Espanha é o pai, Martin (Bruce Willis), cujo feitio demasiado rígido acaba por afastar o filho. Quando a família de Will é raptada por agentes secretos, que pretendem recuperar uma mala misteriosa, este vê-se na contingência de ter de fugir dos perseguidores. O mundo de Will fica totalmente virado do avesso quando Martin reaparece e revela que é um agente secreto envolvido numa teia de mentiras e segredos à escala global. Durante um encontro secreto, Martin é assassinado por um sniper, e Will terá de encontrar uma maneira de conseguir salvar sozinho a sua família.
Com os raptores a contarem as horas enquanto esperam pela mala, com a polícia espanhola a encetar uma perseguição à sua pessoa por um crime que não cometeu e um conjunto de assassinos norte-americanos atrás da sua pessoa, Will terá de viajar para Madrid, de forma a juntar as peças do intrincado imbróglio em que se encontra envolvido e conseguir salvar a família.

O filme é dirigido por Mabrouk El Mechri, mais conhecido por dirigir o falso documentário sobre Jean-Claude Van Damme, intitulado "JCVD". O guião final ficou a cargo de Richard Price, após um esboço inicial de Scott Wiper e John Petro. "The Cold Light of Day" conta no elenco com nomes como Henry Cavill, Bruce Willis, Sigourney Weaver, Veronica Echegui, Oscar Jaenada, Caroline Goodall, Roschdy Zem, Joseph Mawle, Rafi Gavron, Emma Hamilton, entre outros.

"The Cold Light of Day" estreia no dia 7 de Setembro de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. Em Portugal, "The Cold Light of Day" estreia no dia 21 de Junho de 2012, com o título "À Fria Luz do Dia".

Trailer de "The Cold Light of Day" (clicar em mais informações)

True Blood: Divulgado o primeiro teaser da quinta temporada

Depois do trailer de "Game of Thrones", a HBO divulgou um pequeno teaser a promover a nova temporada de mais uma das suas séries de sucesso: "True Blood". Não havendo muito de interessante no vídeo, até por não existir qualquer imagem da série em si, o único pormenor que salta à vista é o das letras: "In Bon Temps, nothing stays buried forever" (numa clara alusão a Russel Edgington).

Recordamos, em primeiro lugar, em que consiste a série, através da sua sinopse oficial: «Graças à invenção do sangue sintético por parte de um cientista japonês, os vampiros progrediram do papel de monstros lendários ao de colegas cidadãos nocturnos. E enquanto os humanos, fora de perigo, foram sendo removidos do menu, muitos permaneceram apreensivos sobre as criaturas que estão a "sair do caixão". Líderes religiosos e oficiais do governo por todo o mundo escolheram as suas facções, mas na pequena povoação de Louisiana de Bon Temps, o júri permanece do lado de fora.

A empregada de mesa local Sookie Stackhouse (Anna Paquin), todavia, sabe o que é sentir-se marginalizada. "Amaldiçoada" com a habilidade de ouvir os pensamentos das pessoas, também tem uma mente aberta sobre a integração dos vampiros - em particular no que relativo a Bill Compton (Stephen Moyer), um belo vampiro de 173 anos de idade a viver nas redondezas. Mas ao serviço de muitos vampiros menos virtuosos associados a Bill, Sookie é atraída para uma série de catástrofes que irá por o seu amor à prova.»

Sobre a quinta temporada, que irá estrear algures no verão, passo a dispor das informações divulgadas pelo co-produtor executivo da série Raelle Tucker. Assim, sobre as novas personagens que irão integrar o programa:

«Haverá uma mulher muito forte, importante e misteriosa no centro de uma das histórias principais do próximo ano... que será uma personagem muito familiar e cativante. Poderá ser alguém de quem já ouviram falar antes.»

Sobre a temporada em geral:

«A 5ª temporada irá explorar mais as fadas, novas fadas, fadas como nunca antes viram. Iremos todos, tal como a Sookie, ficar a saber mais sobre as fadas do que nas temporadas passadas».

E sobre Russell Edgington:

«O Russel não está morto... Podemos assumir que o rei do Mississippi não morreu de vez.»

E sobre Sookie:

«Enquanto haverá sempre um romance na vida de Sookie, esta chegará a um momento em que terá que se sobrepor ela própria em relação às outras relações.»

Para verem o referido teaser, basta carregarem em "mais informações".

Game of Thrones: Divulgado novo trailer da segunda temporada

Foi divulgado um novo trailer da segunda temporada de "Game of Thrones", que tem data de estreia marcada para 1 de Abril, e o resultado é muito satisfatório. Não sendo particularmente revelador, está muito bem feito e emocionante. Para além de colocar o trailer, fiz questão de ir ao canal da HBO no youtube e ir buscar todos os vídeos relativos à segunda temporada da série.

A série em questão é uma adaptação de uma colecção de romances fantásticos da autoria de George R. R. Martin intitulada "As Crónicas de Gelo e Fogo", sendo o primeiro volume, lançado em 1996, intitulado, precisamente, "Game of Thrones" ("A Guerra dos Tronos"). A adaptação foi levada a cabo pelos argumentistas David Benioff e D. B. Weiss, através da HBO, a qual estreou o primeiro de dez episódios a 17 de Abril do presente ano.

"Game of Thrones" foi muito bem recebido por fãs e críticos, tendo sido confirmada uma segunda temporada apenas dois dias depois da sua estreia. A 14 de Junho deste ano, foram anunciadas as nomeações da série para a 63ª edição dos Emmy em treze categorias, entre as quais a de melhor série de drama, melhor elenco e melhor actor secundário, este último ganho por Peter Dinklage (a série ganhou também o galardão de melhor design de genérico).

Quanto à segunda temporada, esta irá contar com dez episódios (tal como a sua antecessora). O casting teve início em Maio, tendo a HBO anunciado como adições ao elenco Gwendoline Christie como a guerreira Brienne of Tarth; Liam Cunningham como o ex-contrabandista Ser Davos Seaworth; Oliver Ford Davis como Maester Cressen; Stephen Dillane como o irmão de Robert, Stannis Baratheon; Natalie Dormer como Lady Margaery Tyrell; Carice van Houten como Melisandre de Asshai; Gemma Whelan como Yara Greyjoy ("Asha", nos romances); Nonso Anozie como Xaro Xhoan Daxos; Tom Wlaschiba como Jaqen H'ghar; Kerr Logan como Matthos Seaworth; Roy Dotrice como a Pyromancer Hallyne; Hanna Murray como Gilly; Karl Davies como Alton Lanniester (personagem que não aparece nos livros); Ben Crompton como "Dolorous Edd" Tollet; Michael McElhatton como Roose Bolton; Robert Pugh como Craster; Patrick Malahide como Balon Greyjoy; Daniel Porter como Podrick Payne; Ian Hanmore como Pyat Pree e Fintan McKeown como Sir Amory Lorch.

Para verem o trailer, bem como os outros vídeos em questão, é só carregarem em "mais informações".

30 janeiro 2012

Resenha Crítica: Dolls (2002)

O amor, esse estranho sentimento que aquece o nosso coração e guia as nossas vidas, que nos faz cometer loucuras, erros e devaneios, é exposto de forma arrebatadoramente tocante e devastadora por Takeshi Kitano em “Dolls”, o seu décimo filme como realizador e, provavelmente, uma das obras mais marcantes da sua prestigiante carreira. A obra marcou o regresso de Kitano ao Japão, após ter realizado “Brother” nos Estados Unidos da América, um filme de acção onde não faltam os célebres yakuza, que teve uma recepção algo fria por parte da crítica e do público. Longe de Hollywood, perto do seu Japão natal e da sua total liberdade criativa, Kitano decidiu desenvolver um drama sobre o amor e a morte em três histórias diferentes, unidas por estas duas temáticas transversais a toda a obra e por um espectáculo de bunraku que inicia e termina o filme.
 “Dolls” começa por apresentar ao espectador um colorido a movimentado espectáculo de bunraku, uma peça de teatro de marionetas vestidas com quimonos, controladas pelos seres humanos através de fios. As marionetas, no entanto, são rapidamente substituídas pelos humanos, seres controlados pelo destino, pela vontade e pelo amor. Kitano apresenta-nos três histórias separadas, num tempo e num espaço diferentes, mas unidas pelo amor puro e incondicional dos seus protagonistas.
 A primeira história centra-se em Matsumoto, um homem que abandona Sawako, a sua amada, para casar com a filha do presidente da empresa onde trabalha. Este é pressionado pelos pais e por todos os que o rodeiam para abandonar a sua paixão em detrimento da filha do seu patrão e, assim, ascender social e financeiramente. No dia do casamento, este descobre que Sawako tentou suicidar-se, tendo ficado como um vegetal, partindo imediatamente para junto dela. Aos dois resta muito pouco. A Matsumoto as recordações quentes de um passado feliz, a Sawako o esquecimento de tudo aquilo que alguma vez foi e viveu. O amor do passado segura um presente triste, deprimente e profundamente tocante, enquanto Kitano nos brinda com belas imagens em movimento.
 Estes não são os únicos a procurarem recuperar aquilo que poderia ter sido uma grande história de amor. Também, Hiro, um envelhecido yakuza (achavam mesmo que Kitano conseguiria deixar a yakuza completamente de parte das suas temáticas?) procura reencontrar o grande amor do seu passado, enquanto relembra os belos momentos que passou ao lado da sua amada.
 A história fica completa com uma terceira vinheta, a história da bela e emotiva estrela Haruna Yamaguchi (Kyoko Fukada) e do seu fiel e obcecado fã Nukui (Tsutomo Takeshige). Quando a bela cantora pop sofre um terrível acidente que a deixa desfigurada, Nukui decide tomar a violenta decisão de se cegar a ele próprio para solidarizar-se com a sua musa e, deste modo, mostrar-lhe a sua total admiração e amor por ela. Presa no seu rosto, desfigurada, a artista não aceita ser vista por nada nem ninguém, algo que muda quando o seu maior admirador decide abdicar da sua aparência apenas para poder estar com esta. Se as marionetas dos espectáculos de bunraku são controladas pelos humanos, estes últimos são controlados pelo destino, que joga com as suas emoções e sensações como se fossem meros fios que pudessem ser manuseados a seu bel-prazer. Estes personagens acabam por confundir-se com as marionetas de bunraku, com Kitano a procurar baralhar o espectador num jogo entre o sonho e realidade, ao unir as narrativas destes com a peça de bunraku, e, assim, confundir o espectáculo dentro do espectáculo no interior da narrativa.
 Confesso que se alguém pedisse para eu descrever “Dolls” numa única palavra, certamente a escolha seria “belo”. Belo pelas suas imagens, pelas suas histórias emocionalmente devastadores, pelos seus cenários, pela forma como contempla os seus personagens, pela sua melancólica banda sonora. Mas também extremamente violento na forma como agride o espectador com um murro no estômago, ao mostrar a incapacidade que o amor tem de vencer o destino e a vontade do ser humano, ao expor a capacidade do ser humano em se auto-destruir, em dificultar a felicidade e ser infeliz.
 Takeshi Kitano é um cineasta único e ímpar no panorama do cinema japonês e mundial. A capacidade que tem de nos dar belas histórias, sejam de gangsters, polícias violentos, indivíduos comuns e apaixonados é impressionante e mostra a versatilidade do seu talento e a sua maturação como realizador. Em “Dolls” apresenta três histórias separadas pelo tempo, mas unidas pelo amor, um amor incondicional marcado pela dor e pelos erros do passado dos seus personagens, que deambulam por espaços diferentes, sem rumo e sem destino, errantes, acompanhados apenas por quem amam, com o desejo de anularem os seus erros.
 Quem diria que a carreira de “Beat” Takeshi iria evoluir desta maneira. Apresentador de televisão e comediante famoso no seu país natal, estreou-se como realizador em 1989 com “Violent Cop” e, aos poucos, foi cimentando a sua carreira, a ponto de ter-se transformado num dos cineastas mais respeitados do seu país. Até então, dedicado sobretudo ao mundo dos gangsters, dos membros da yakuza onde a violência, morte, sangue e brutalidade jorravam a uma velocidade seca e alucinante, Kitano tem em “Dolls” uma obra muito diferente das obras pelas quais é conhecido, mas igualmente brutal, onde os personagens, mais do que terem escolhas e tomarem opções, são movidos pelos impulsos e por noções muito próprias de amor, ao longo de um espaço e tempo narrativos pouco definidos. O espaço em que decorre a narrativa é utilizado de forma paradigmática por Kitano e pelo director de fotografia Yanagijima Katsumi, que apresentam um trabalho fantástico ao desenvolver o enredo ao longo das quatro estações e verificar como estas, aliadas aos cenários naturais do Japão e a uma banda sonora minimalista, transportam o espectador para uma espécie de sonho, um cenário quase etéreo, um mundo onírico recheado de cores, emoção, amor e morte.
 O amor e a morte vão estar estranhamente interligados nesta história, com o destino a provar a sua violência junto destes personagens, que caem no abismo da incerteza e da dúvida a ponto de colocarem em risco tudo aquilo que são. Kitano aproveita aqui para efectuar uma abordagem algo metafísica ao procurar atribuir um sentido para a morte, com este a aparecer ligado ao amor. Esta ideia é algo inédita nas obras de Kitano, tal como é muito raro este não protagonizar os filmes que realiza. No caso de “Dolls”, “Mad” Takeshi decidiu “apenas” realizar, escrever o argumento e editar o filme, tendo deixado a representação a cargo de um elenco sólido, onde sobressaem os nomes de Hidetoshi Nishijima e Miho Kanno como um casal corrompido pelas más decisões, que leva-nos a entrar numa jornada tocante e penosa pela redescoberta do amor, alicerçada pelas memórias do passado. O desempenho de Kanno é um dos mais impressionantes do filme, surpreendendo o espectador pelo carácter de algo louco e infantil que incute a Sawako, após esta ter tentado suicidar-se e perder a memória. Ao desempenho de Kanno e Nishijima, juntam-se os de Tatsuya Mihashi e Tsutomo Takegishe, que interpretam personagens cansados pela vida, pela falta de amor que os rodeia, que deslocam-se ao longo do Japão contemporâneo numa data indefinida, em locais difíceis de localizar pelo público ocidental. As relações entre os personagens são paradigmáticas dos filmes de Kitano. Contidos nos diálogos, os personagens revelam todos os seus sentimentos através dos gestos, dos olhares e das suas feições. Os diálogos, longe de não terem significado, reflectem sobretudo aquilo que o rosto não consegue expressar, ilustram as feições, gestos e movimentos dos personagens.
 Toda a história destes personagens é unida por um encenação de bunraku, um espectáculo de marionetas criado em Osaka, em 1684, que combina marionetas e textos recitados, acompanhado por um músico com um instrumento de cordas, o shamisen. Nestes espectáculos, é frequente assistirmos a dramas de contornos frequentemente trágicos, onde os heróis são forçados a escolher entre a paixão e o dever, entre o amor e a honra, acabando muitas das vezes por ceder aos desígnios do destino e, por fim, recorrer ao suicídio. Hoje, estas representações continuam a ter um valor inestimável no Japão, sendo um elemento marcante da cultura deste povo que tão bem sabe mesclar a modernidade e a tradição, algo que aparece marcado de forma visível nas obras de Kitano, onde podemos visionar a forma como o país consegue mesclar de forma tão homogénea as contradições que as inovações poderiam ter na sua tradição. O bunraku (a par do kabuki) foi um dos elementos da tradição japonesa que as areias do tempo e do progresso não conseguiram apagar, mantendo uma beleza ímpar e um exotismo que encanta o público das diferentes culturas. A peça em questão é “Meido no hikyaku” (The Courier for Hell), escrita em 1711 por Chikamatsu, e apresenta uma história de amor e suicídio (o amor e a morte que tanto Kitano procurou unir em “Dolls”), que apresenta temas semelhantes a peças como “Sonezaki Shinjū” e “Shinjū Ten no Amijima”. A história apresenta algumas semelhanças evidentes com enredo principal do filme, onde temos o casal de protagonistas a deambular sem rumo em direcção ao abismo, enquanto procuram lidar com o sofrimento que assola as suas vidas.
 Apesar de separadas, as três narrativas fluem de forma natural, com Kitano a apresentar um argumento coeso e bem organizado, que mescla uma boa história a deslumbrantes imagens em movimento, decorrente do excelente trabalho do director de fotografia Yanagijima Katsumi, colaborador de longa data de Kitano, que aproveita a vontade do realizador em trabalhar os tons de cor presentes nos cenários para expor um espectáculo verdadeiramente deslumbrante de cores primárias, proporcionando um espectáculo estético impactante. Essa vontade de Kitano em mostrar todos os deslumbrantes cenários a acompanhar os personagens, os seus actos e as suas histórias levam a que, por vezes, a narrativa se estenda em demasia, prejudicando o ritmo em favor da contemplação, mas nada que comprometa a obra. O ritmo contemplativo deve ser encarado como algo de natural e não como uma excepção nos filmes de Kitano. Seja a filmar uma cena brutal de assassinato em “Sonatine”, seja a filmar um grupo de corpos mortos numa sauna em “Outrage”, seja a filmar um cenário que considera mais relevante, este foca os elementos capturados pela câmara durante um tempo superior ao esperado, deixando o espectador apreciar e reflectir sobre o momento. O estilo de Kitano evoluiu bastante ao longo da sua carreira, embora vários elementos sejam transversais a várias das suas obras, incluindo “Dolls”, onde não faltam o foco sobre os rostos sérios e muitas vezes inexpressivos de alguns personagens, os planos intermédios, para aproximar o espectador da obra, passando pelos belos planos panorâmicos para expor os belos cenários (e, assim, exacerbar a cacofonia das cores presentes ao longo das quatro estações). Estes elementos mostram a capacidade e a segurança de Kitano com a câmara de filmar, capaz de confundir e encantar o espectador num espaço de segundos, embora o visual demasiado estilizado do filme possa não ser do agrado de todos.
 “Dolls” é muito provavelmente o filme mais belo e tocante de Kitano, aquele em que o cineasta regressa às origens japonesas após um romance falhado com o cinema americano. Tal como os seus personagens, Kitano procura compensar os erros do passado e elaborar uma das mais belas provas de amor e paixão para com o cinema num filme encantador, belo, sincero, tocante e profundamente violento. Não se confunda, no entanto, a violência de “Dolls” com a de “Violent Cop”, “Sonatine” e “Brother”, uma vez que a do primeiro é bem distinta dos restantes e, provavelmente, muito mais arrebatadora. O sangue, morte e tiros de “Sonatine” são contrastados por Kitano com duras provas de amor e de erros do passado, com seres humanos destruídos pelo destino e pelas suas opções. Trágico, belo, tocante, “Dolls” certamente irá arrastá-lo para alguns dos mais belos e violentos momentos cinematográficos, enquanto apresenta três histórias separadas que são unidas pelo amor. O amor, que tudo guia e tudo move, encontra no destino e na acção humana dois elementos de peso para o contrariar. Mas de que valerá a vida sem o amor? Sem o sonho? Sem a companhia incondicional de alguém que nos ame? “Dolls” mostra os riscos e os erros de quem ama, mesclando os sentimentos mais nobres com os erros mais indignos, numa obra encantadora e profundamente tocante que irá prender-lhe o coração.

Classificação: 5 (em 5)

Ficha técnica:
Título original: “Dōruzu”.
Título em Portugal: “Dolls”.
Realizador: Takeshi Kitano.
Guião: Takeshi Kitano.
Elenco: Miho Kanno, Hidetoshi Nishijima, Tatsuya Mihashi, Chieko Matsubara, Kyôko Fukada, Tsutomu Takeshige, Nao Omori, Hawking Aoyama, Yuuko Daike, Ren Osugi, Kayoko Kishimoto.

Veja uma nova imagem de Argo

A Warner Bros disponibilizou on-line uma nova imagem de "Argo", o novo filme realizado e protagonizado por Ben Affleck. A imagem apresenta em especial destaque o personagem interpretado por Ben Affleck, um agente da CIA, especialista em salvamentos arriscados, acompanhado por outros personagens secundários.

Sinopse: Inspirado em factos reais, “Argo” acompanha uma perigosa operação especial para resgatar seis reféns Norte-Americanos, que são apanhados num ataque iraniano à embaixada dos Estados Unidos da América no Irão. No dia 4 de Novembro de 1979, quando a revolução Iraniana chega ao seu ponto de ebulição, um grupo de militantes iranianos ataca a embaixada Norte-Americana em Teerão, e fazem cinquenta e dois reféns americanos. Mas, no meio de todo este caos, um grupo de seis americanos consegue arranjar maneira de fugir e encontrar refúgio na casa do embaixador do Canadá. Sabendo que será apenas uma questão de tempo, até estes seis fugitivos serem capturados e mortos, a CIA envia um agente especialista em fugas chamado Tony Mendez (Affleck), que surge com um plano arriscado para os tirar do País. Um plano tão incrível, que só poderia acontecer nos filmes.

O filme é realizado por Ben Affleck ("The Town"), através do argumento de Chris Terrio. "Argo" conta no elenco com Ben Affleck, Alan Arkin, Bryan Cranston, John Goodman, Kerry Bishé, Kyle Chandler, Rory Cochrane, Christopher Denham, Tate Donovan, Clea DuVall, Victor Garber, Zeljko Ivanek, Richard Kind, Scoot McNairy, Chris Messina, Michael Parks, e Taylor Schilling.

"Argo" estreia em Portugal no dia 1 de Novembro de 2012. Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Veja o primeiro teaser trailer de Step Up 4

A Summit Entertainment disponibilizou on-line o primeiro teaser trailer de "Step Up 4". O trailer centra-se sobretudo nas cenas de dança e nas excelentes coreografias, algo que é uma imagem de marca da franquia. Podem visionar o teaser trailer de "Step Up 4", no final do post.

Sinopse: STEP UP 4 é o novo capítulo da franquia "Step Up", indo desenrolar-se no vibrante cenário de Miami. O filme centra-se em Emily, a filha de um homem de negócios bem sucedido, que chega a Miami com aspirações a ser uma dançarina profissional. Esta rapidamente apaixona-se por Sean, um jovem que lidera uma equipa de dança que participa em flash mobs. A equipa, chamada MOB, procura vencer um concurso para conseguir um patrocínio. No entanto, o pai de Emily, tendo em vista a elaboração de negócios de reestruturação do bairro dos membros da MOB, irá deixar centenas de pessoas fora dos seus lares, indo colocar Emily numa situação muito complicada.

O filme é realizado pelo estreante em longas-metragens Scott Speer, através do guião de Jenny Mayer. "Step Up 4" conta no elenco com Kathryn McCormick, Ryan Guzman, Stephen Boss, Peter Gallagher, entre outros.

"Step Up Revolution" estreia no dia 10 de Agosto de 2012, nas salas de cinema norte-americanas. "Step Up Revolution" estreia em Portugal no dia 9 de Agosto de 2012, com o título "Step Up: Revolução".  "Step Up Revolution" estreia no Brasil no dia 23 de Novembro de 2012, com o título "Ela Dança, Eu Danço 4".
Trailer de "Step Up 4" (clicar em mais informações)

Tilda Swinton, John Hurt e Tom Hiddleston no novo filme de Jim Jarmusch

Tilda Swindon ("We Need to Talk About Kevin"), John Hurt ("Tinker Tailor Solider Spy"), Mia Wasikowska ("Albert Nobbs") e Tom Hiddleston ("Thor") assinaram contrato para integrar o elenco de "Only Lovers Left Alive", o novo filme do realizador Jim Jarmusch ("Ghost Dog: The Way of the Samurai"). O argumento fica a cargo de Jarmusch.

O enredo de "Only Lovers Left Alive" é relativamente desconhecido, sabe-se apenas que é um drama de terror que acompanha uma incomum história de amor entre dois vampiros.

De acordo com o The Hollywood Reporter, as filmagens estão marcadas para o final do ano, na Alemanha.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Stretch Armstrong chega ao grande ecrã no dia 11 de Abril de 2014

A Relativity Media anunciou em comunicado oficial que irá efectuar uma parceria com a companhia de brinquedos Hasbro, Inc. para desenvolver um filme inspirado em "Stretch Armstrong", o icónico brinquedo que fazia as delícias das crianças durante a década de 70. O filme é produzido pelo presidente da Relativity, Ryan Kavanaugh ("The Fighter"), Brian Goldner (da Hasbro, "Transformers") e Bennett Schneir (Battleship).

Depois de "Transformers" e "G.I. Joe", a Hasbro prepara-se assim para voltar a ver um dos seus icónicos brinquedos a ser adaptado ao grande ecrã. Stretch Armstrong foi lançado no mercado em 1976, tendo sido um sucesso ao redor do Mundo. O boneco caracterizava-se por ser uma figura que podia ser esticada de toda a maneira e feitio que voltava posteriormente à sua forma natural. Durante a década de 90, o clássico brinquedo foi relançado pela Hasbro, apesar de não ter a mesma aderência de outrora.

Apesar de ainda estar na fase inicial de desenvolvimento, o projecto já tem uma data de lançamento. "Stretch Armstrong" irá estrear no dia 11 de Abril de 2014, nas salas de Cinema Norte-Americanas.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Matthew Vaughn confirmado como realizador da sequela de X-Men: First Class

"X-Men: First Class" foi uma das boas surpresas cinematográficas de 2011. Apesar da boa recepção por parte do público e da crítica, a sequela mantinha-se incerta, embora fosse tema de vários rumores e especulação. Hoje, o Deadline avança que Matthew Vaughn assinou contrato para realizar a sequela de "X-Men: First Class". O argumento irá ficar a cargo de Simon Kinberg ("X-Men: The Last Stand"), enquanto a produção é da responsabilidade de Bryan Singer ("Valquíria").

Ainda não existem pormenores relativamente à sequela de "X-Men: First Class", sabe-se apenas que vários elementos do elenco original estarão de regresso, entre os quais James McAvoy, Michael Fassbender e Jennifer Lawrence.

"X-Men: First Class" obteve 353,6 milhões de dólares em receitas de bilheteira ao redor do Mundo, valores que ultrapassam e muito os 160 milhões do seu orçamento, embora não sirvam para esconder a pálida bilheteira nas receitas norte-americanas, onde obteve 146 milhões.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Veja o primeiro teaser poster de Resident Evil: Retribution

A Screen Gems disponibilizou on-line o primeiro poster e banner de "Resident Evil: Retribution", o quinto filme da saga "Resident Evil". O poster apresenta um cenário completamente devastado acompanhado pela frase "Evil Goes Global", numa tentativa clara de expor o facto do enredo do filme ir desenrolar-se à escala global.

Sinopse: O letal vírus T da Umbrella Corporation continua a devastar a Terra, encontrando-se a transformar a população em legiões de mortos-vivos que comem carne. A última e única esperança da raça humana, Alice (Milla Jovovich), desperta no interior do coração da mais clandestina instalação de operações da Umbrella e descobre mais informações sobre o seu misterioso passado. Sem encontrar um porto seguro, Alice continua a busca implacável pelos responsáveis da contaminação, o que a conduzirá a locais como Tóquio, Nova Iorque, Washington, Moscovo, entre outros, que levam-na a efectuar uma descoberta surpreendente, a ponto de começar a questionar tudo aquilo em que acredita. Ajudada por novos aliados e velhas caras conhecidas, Alice deve lutar para sobreviver, até conseguir escapar de um mundo hostil, que está prestes a conhecer a destruição.

O quinto filme da saga "Resident Evil: Retribution" é realizado por Paul W.S. Anderson, e conta no elenco principal com Milla Jovovich, Leon Kennedy, Barry Burton, Sienna Guillory, Colin Salmon, Boris Kodjoe, Shawn Roberts, Michelle Rodriguez, Johann Urb, Oded Fehr, Kevin Durand e Li Bingbing.

"Resident Evil: Retribution" estreia no dia 14 de Setembro de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "Resident Evil: Retaliação" estreia em Portugal, no dia 27 de Setembro de 2012. "Resident Evil: Retribuição" estreia no Brasil, no dia 14 de Setembro de 2012. Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783
Banner de "Resident Evil: Retribution" (clicar em mais informações)

Rooney Mara substitui Blake Lively no elenco de The Side Effects

Os rumores sobre a possível saída de Blake Lively do elenco de "The Side Effects" revelaram-se acertadas. O Deadline avança que a estrela de "Gossip Girl" foi substituída por Rooney Mara, a Lisbeth Salander de "The Girl With the Dragon Tattoo" (versão Fincher). Steven Soderbergh consegue assim um reforço de peso para o elenco do seu novo filme que conta ainda com Jude Law, Channing Tatum e Catherine Zeta-Jones.

Rooney Mara irá dar vida a Emily Hawkins, uma mulher cujo vicio em medicamentos deve-se à ansiedade sentida pelo facto do marido (Channing Tatum) estar quase a sair da prisão. Jude Law interpreta o novo psiquiatra da personagem de Mara. Zeta-Jones irá dar vida à Dr.ª Erica Siebert.

O enredo de "Side Effects" desenrola-se no mundo da psicofarmacologia (o estudo de como as drogas afectam a mente humana). Numa entrevista ao Playlist, Scott Z. Burns adiantou que "The Bitter Pill" é sobre as pessoas e os seus estados de espíritos, sobre como a sociedade não consegue tolerar a tristeza.

As filmagens estão marcadas para a Primavera de 2012.
Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Mission: Impossible – Ghost Protocol ultrapassa os 571 milhões de dólares em receitas e bate o record da saga

"Mission: Impossible – Ghost Protocol" está a revelar-se uma aposta acertada da Paramount Pictures. O quarto filme da saga protagonizada por Tom Cruise atingiu os 571 milhões de dólares em receitas de bilheteira ao redor do Mundo, valores que permitem a "Ghost Protocol" superar "Mission: Impossible 2" que detinha o anterior record de filme mais lucrativo da saga com 546,4 milhões de dólares. Brad Bird não poderia ter alcançado melhor estreia como realizador de um filme live-action, após ter realizado filmes de sucesso da Pixar como "The Incredibles". Será que o quinto filme da franquia está a caminho?

O quarto filme da saga é dirigido por Brad Bird, que se estreia na direcção de actores reais, após dirigir filmes de animação como "The Iron Giant", "The Incredibles" e "Ratatouille". O roteiro ficou a cargo de Josh Applebaum e Andre Nemec, através de uma ideia original de Cruise e do produtor J.J. Abrams. O novo filme da saga "Mission Impossible" conta no elenco com Jeremy Renner, Tom Cruise, Ving Rhames, Simon Pegg, Vladimir Mashkov e Michael Nyqvist, Josh Holloway, Léa Seydoux e Anil Kapoor, Paula Patton, entre outros.

Sinopse de "Missão Impossível: Operação Fantasma": Quando um ataque terrorista destruir o Kremlin, o Governo Norte-Americano decide iniciar secretamente o Protocolo Fantasma, que termina com o IMF, após estar organização ser implicada no incidente. Ethan Hunt e a sua equipa terão de agir fora do controlo governamental para limpar o nome da agência e descobrir os verdadeiros causadores do atentado.

"Mission Impossible: Ghost Protocol" estreia dia 16 de Dezembro de 2011, nas salas de Cinema Norte-Americanas. Em Portugal, Mission: Impossible - Ghost Protocol estreia no dia 15 de Dezembro de 2011, com o título "Missão Impossível: Operação Fantasma".

Pode ler mais sobre Missão Impossível: Operação Fantasma, no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2011/11/sobre-missao-impossivel-operacao.html 

Sequela de Rio a caminho do grande ecrã

Recheado com os ritmos quentes e contagiantes do Brasil, "Rio" foi um dos grandes sucessos de bilheteira de 2011, tendo alcançado 484 milhões de dólares em receitas de bilheteira ao redor do Mundo, valores que superam e muito os 90 milhões do seu orçamento. Para além disso, o filme conseguiu ainda alcançar críticas relativamente positivas e até uma nomeação para o Óscar de Melhor Canção Original.

Com tanto sucesso, já seria de esperar que a 20th Century Fox pretendesse desenvolver uma sequela do filme de Carlos Saldanha, algo que o músico Sérgio Mendes confirmou numa entrevista ao HitFix:
"Penso que o plano é estrear o filme três ou quatro meses antes do Campeonato do Mundo [que decorre no Brasil]. A Fox encontra-se em conversações [com Carlos Saldanha] e parece que vai mesmo acontecer. Vamos ter uma reunião, penso que na próxima semana para Carlos contar-nos a história."

"Rio" foi realizado pelo brasileiro Carlos Saldanha ("Ice Age: Dawn of the Dinosaurs"), através do argumento de Don Rhymer ("Deck the Halls"), e contava com as vozes de Jesse Eisenberg, Anne Hathaway, Jamie Foxx, entre outros nomes bem conhecidos do público. O filme de animação acompanha a história de Blu, uma arara azul em extinção que é raptada e levada para o Rio de Janeiro, onde conhece uma fêmea da sua espécie que irá colocar-lhe a cabeça em água, ao mesmo tempo que apresenta-lhe os belos cenários do Rio de Janeiro.

Novo poster e trailer de "Twixt", de Francis Ford Coppola já estão on-line

 O Allocine e o IMP Awards disponibilizaram on-line o segundo trailer e um poster de "Twixt", o novo filme do prestigiado realizador Francis Ford Coppola ("Tetro"). O trailer está bastante intrigante, e centra-se no personagem de Val Kilmer, um escritor que chega a uma pequena cidade e conhece uma rapariga misteriosa que promete envolve-lo num caso de consequências assustadoras. Podem visionar o trailer no final do post.

O enredo de "Twixt" é inspirado num conto da autoria de Francis Ford Coppola, sobre um autor em declínio (Val Kilmer) que chega a uma pequena cidade, para divulgar o seu mais recente livro e vê-se arrastado para o interior de um caso que envolve um assassinato e uma misteriosa rapariga (Elle Faning). A verdade por detrás desta história irá conduzi-lo a uma revelação surpreendente que está mais ligada ao passado do escritor do que este poderia alguma vez imaginar.

O filme é realizado por Francis Ford Coppola ("Tetro"), através de argumento do próprio. "Twixt" é protagonizado por Val Kilmer, Bruce Dern, Elle Fanning, Ben Chaplin, Joanne Whalley, Don Novello, David Paymer, Alden Ehrenreich, entre outros.

"Twixt" tem gerado algumas expectativas junto dos fãs de Coppola, no entanto, tarda em chegar ao grande ecrã, tendo apenas sido exibido em Festivais de Cinema. Coppola chegou a sugerir que pretendia efectuar um tour com a obra cinematográfica, munido de um iPad, para poder mexer na montagem ao vivo, e assim poder alterar os planos e a música de Deacon.

Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Trailer internacional de "Twixt" (clicar em mais informações)

Veja Joaquin Phoenix e Marion Cotillard nas primeiras fotos do set de Low Life

O Coming Soon revelou as primeiras fotos do set de filmagens de "Low Life", filme que volta a reunir o realizador James Gray e Joaquin Phoenix (dupla de "We Own the Night"). As fotos centram-se em Marion Cotillard e Joaquin Phoenix que interpretam uma imigrante polaca e um indivíduo de moral duvidosa que a irá seduzir. Podem visualizar as fotos no final do post.

O enredo de "Low Life" acompanha a história de uma imigrante (Cotillard) que sofre bastante após chegar da Polónia. Forçada a prostituir-se para ter dinheiro para manter viva sua irmã doente, a personagem de Cotillard acaba por dar de caras com o personagem de Phoenix, um sacana charmoso.

O filme é realizado por James Gray ("We Own the Night"), através do argumento do próprio. "Low Life" conta no elenco com Marion Cotillard ("Inception"), Joaquin Phoenix ("We Own the Night"), Jeremy Renner ("The Avengers").

"Low Life" ainda não tem uma data de estreia definida. Siga o Rick´s Cinema no Facebook em: http://www.facebook.com/pages/Ricks-Cinema/152704134812783

Joaquin Phoenix e Marion Cotillard no set de filmagens de "Low Life" (clicar em mais informações)

Veja dois novos clips de Ghost Rider Spirit of Vengeance

Nicolas Cage foi espalhar o seu "charme" em Itália para promover "Ghost Rider Spirit of Vengeance". O actor que brinda os seus fãs com uma mão cheia de maus de filmes por cada bom filme que faz, participou no talk show italiano "Che tempo che fa", onde apresentou dois clips da sequela de "Ghost Rider". Os clips podem ser vistos no final do post, nos minutos 8:20 e 16:20.

Em "Ghost Rider: Spirit of Vengeance", Johnny Blaze aka Ghost Rider (Nicolas Cage), viaja para a Europa do Leste, tendo em vista a procura de paz interior. No entanto, nem tudo irá ser tão calmo como Blaze esperava, quando este é recrutado pelo líder de uma seita, que pretende acabar com o Diabo, pois este pretende roubar o corpo do seu filho, durante o aniversário da criança.

"Ghost Rider: Spirit of Vengeance" conta no elenco com Nicolas Cage, Idris Elba, Johnny Withworth, Christopher Lambert, Violante Placido e Ciaran Hinds, entre outros. O filme é dirigido pela dupla Mark Neveldine e Brian Taylor. A dupla é conhecida pelo seu trabalho na direcção "Crank" e "Gamer", tendo também elaborado o roteiro de "Jonah Hex". O argumento fica a cargo de David Goyer, Scott Gimple e Seth Hoffman.

"Ghost Rider: Spirit of Vengeance" estreia no dia 17 de Fevereiro de 2012, nas salas de Cinema Norte-Americanas. "Ghost Rider Espírito de Vingança" estreia em Portugal no dia 23 de Fevereiro de 2012.

Dois novos clips de "Ghost Rider: Spirit of Vengeance" (clicar em mais informações)


Nova foto de Vin Diesel no set de filmagens de Riddick

Vin Diesel continua a utilizar a sua conta no Facebook para divulgar o seu novo trabalho, o terceiro capítulo da saga "Riddick", tendo disponibilizado on-line uma nova foto do set de filmagens. A foto centra-se apenas em Diesel com o visual de Riddick, mais musculado e perigoso do que nunca.

Para os mais curiosos, importa efectuar um breve resumo sobre a saga. Tudo começou em "Pitch Black" (Eclipse Mortal), dirigido por David Twohy e protagonizado por Vin Diesel (numa fase da sua carreira "pré Velocidade Furiosa"). O filme estreou no dia 20 de Fevereiro de 2000, e arrecadou 39 milhões em receitas de bilheteira, no mercado Norte-Americano.
"Pitch Black" centrava-se em Richard B. Riddick (Vin Diesel), um perigoso criminoso, que é transportado para a prisão numa nave espacial de carga. No entanto, a nave é obrigada a aterrar de emergência num planeta desconhecido, após ter sido atingida por detritos de um cometa. Riddick aproveita a aterragem de emergência e coloca-se em fuga. O que este não esperava era ter de lidar com as perigosas criaturas extraterrestres, que irão colocar a sua vida e dos outros membros da nave em perigo.
Em 2004, estreou "The Chronicles of Riddick", sequela de "Pitch Black", dirigida por David Twohy, e protagonizada por Vin Diesel, e por outros nomes bem conhecidos como Karl Urban, Judi Dench, Thandie Newton e Colm Feore. O filme começa após os eventos do final do primeiro filme, mostrando o anti-herói, Riddick, em plena fuga, tendo mais uma vez de lidar com os perigosos extraterrestres, nomeadamente, a frota Necromonger.

Quanto ao terceiro filme da saga, intitulado "Riddick", a sinopse existente é a seguinte:
Traído pela sua própria raça, e abandonado à morte num planeta deserto, Riddick (Diesel) luta pela sua sobrevivência contra predadores alienígenas. Para além desta ameaça, Riddick tem no seu encalço vários caçadores de recompensas, que irão lidar com a fúria deste. Com os seus inimigos exactamente onde este pretende, Riddick enceta uma vingança imparável, antes de regressar ao seu planeta natal, para o salvar da destruição.

"Riddick" é realizado por David Twohy (realizador dos dois filmes anteriores da saga), através de guião do próprio. O filme conta no elenco com Vin Diesel, Katee Sackhoff, Jordi Molla, Nolan Funk, entre outros.

Curtas de Animação às Segundas - Paciente

Hoje é Segunda-feira e por isso dia de "Curtas de Animação às Segundas", no Rick´s Cinema. Esta é uma rubrica que visa apresentar algumas curtas-metragens de animação marcantes, indo passar por este espaço vários personagens míticos como Tom e Jerry, Pantera Cor-de-Rosa, Droopy, Bugs Bunny, Pato Donald, Rato Mickey, entre outros, sempre acompanhados com um breve texto de apresentação, que visa apresentar a curta-metragem em questão aos leitores.

Nas últimas quatro semanas decidimos apostar na divulgação das curtas-metragens de animação nacionais, tais como "Sem Dúvida Amanhã", "A Culpa", "Bats in the Belfry" e "Sem Respirar". Esta semana essa tendência para apostar no produto nacional mantém-se, com a claustrofóbica e original curta-metragem "O Paciente", realizada por Pedro Brito (o mesmo de "Sem Dúvida, Amanhã" e "Sem Respirar"), através do argumento de Humberto Santana e música do Maestro Nick Nicotine IV. A curta-metragem estreou originalmente em 2003, sendo desde aí exibida em diversos festivais e mostras de cinema, tais como, "Festival Internacional de Curtas-Metragens de Vila do Conde", "Ovarvídeo" (venceu o prémio de Melhor Filme de Animação), "Festival Internacional de Cine de Granada", "Monstra - Festival de Animação de Lisboa", entre muitos outros.

O enredo de "O Paciente" é algo perturbador e claustrofóbico, e acompanha a história de “D”, um indivíduo que acorda num manicómio e fica perturbado com os diversos flashes de memória que assolam a sua mente. As memórias que recupera apenas adensam as dúvidas sobre as razões de ter sido internado, indo entrar num abismo emocional extremamente perigoso e perturbador, que termina com uma chocante revelação.

"O Paciente" apresenta uma história algo claustrofóbica e perturbadora, sobre um indivíduo que acorda numa instituição psiquiátrica, preso num colete de forças, sem saber as causas deste acontecimento. O recuperar de memórias revela-se extremamente perturbador, numa curta-metragem surpreendentemente mórbida e bem conseguida.

"O Paciente" é uma produção da ANIMANOSTRA, com participação financeira do ICAM. Fiquem agora com a curta-metragem:

Actriz de Boss no elenco de Code Name: Geronimo

Os fãs de "Boss" certamente ficarão entusiasmados com esta notícia. A Variety avançou que Kathleen Robertson (a voluptuosa Kitty O'Neill da série "Boss") encontra-se em negociações com a Voltage Pictures para integrar o elenco principal de "Code Name: Geronimo", um filme sobre a captura de Osama Bin Laden, realizado por John Stockwell ("Turistas"). Robertson irá interpretar uma agente da CIA, muito dedicada ao seu trabalho.

O enredo de "Code Name Geronimo" centra-se na incursão militar Norte-Americana, levada a cabo por um conjunto reduzido de Navy SEALS, que levou à captura e execução do procurado terrorista Osama Bin Laden. A história irá ficar-se na vida pessoal e profissional dos militares que participaram na missão, e como as suas vidas mudaram depois de terem descoberto quem era o alvo da sua nova missão.

O filme é realizado por John Stockwell ("Dark Tide", "Turistas" e "Into the Blue"), através do argumento de Kendall Lampkin.

As filmagens começam em Janeiro.

29 janeiro 2012

A Semana em Revista - 23 a 29 de Janeiro de 2012

Desde o início de Janeiro que as noites de Domingo são sinónimo da rubrica "A Semana em Revista", onde aproveito para efectuar um balanço do que foi feito pelo Rick´s Cinema. Nesta rubrica procuramos apresentar alguns dos posts mais relevantes efectuados entre a 2ª Feira e o Domingo de cada semana, neste caso, entre 23 a 29 de Janeiro de 2012. Esta rubrica visa assim ser uma forma rápida, fácil e acessível de dar a conhecer o que temos vindo a fazer ao longo da semana, a todos aqueles que não tiveram a oportunidade de ler da primeira vez, o que pretendem reler, ou voltar a ignorar.

Esta semana confesso que estivemos menos activos, não por nos faltar motivação ou empenho, mas sim devido a problemas informáticos que finalmente foram hoje resolvidos e permitirão voltar ao normal funcionamento das respectivas rubricas. O primeiro post a ser alvo de especial destaque na rubrica "A Semana em Revista" é a crítica a "O Artista", um filme pelo qual apaixonei-me a ponto de ser dos poucos filmes a ter nota máxima pelo Rick´s Cinema. "Belo, impressionante, raro, um filme para ver e rever vezes sem conta, onde cada cena aparece recheada de uma beleza fora do comum. “The Artist” pode não arrebatar os Óscares, mas certamente irá arrebatar o seu coração". Podem ler a crítica "O Artista", no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/resenha-critica-o-artista-2011.html

Quem também esteve em destaque foi a rubrica "Curtas de Animação às Segundas" com "Sem Respirar", uma curta-metragem de animação realizada por Pedro Brito (o mesmo de "Sem Dúvida, Amanhã"), através do argumento de Filipe Homem Fonseca e música do Maestro Nick Nicotine IV. Esta tem sido uma das rubricas em especial destaque pelo Rick´s Cinema, onde aproveitamos para todas as Segundas-Feiras apresentar aos nossos leitores uma curta-metragem de animação. "Sem Respirar": http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/curtas-de-animacao-as-segundas-sem_23.html

Outro dos destaques foi a rubrica "Fora de Tempo" com um post dedicado a "Sonatine", de Takeshi Kitano, um filme que está a dar-me uma tremenda luta para terminar a crítica. Esta é uma rubricas mais pessoais do Rick´s Cinema, visto permitir apresentar várias obras que visionamos ao longo da nossa vida e escrevermos apenas por prazer, visto que as visitas são praticamente nulas. A rubrica já vai em 64 posts e convido os nossos leitores a darem uma espreitadela a alguns destes e comentarem. "Sonatine": http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/fora-de-tempo-trailer-e-trechos-de_24.html

Uma rubrica que tem estado algo ausente no Rick´s Cinema é "Música nos Filmes". A ausência não durou muito tempo e terminou com algumas músicas de "Rio", filme de animação de Carlos Saldanha (Sim decidimos escandalosamente aproveitar o facto da canção "Real in Rio" ter sido nomeada para o Óscar de Melhor Música Original, para elaborar um breve post sobre as músicas presentes no filme): http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/musica-nos-filmes-rio-2011.html

Se as rubricas anteriores foram espaço que tiveram alguma seriedade e dignidade, o mesmo não se pode dizer do post da rubrica "Espaço do Insólito", onde Megan Fox e Mike Tyson passaram para espalhar o seu carisma e talento na arte da representação, num anúncio televisivo algo caricato: http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/espaco-do-insolito-saiba-ingles-e-entre.html

Com todos os problemas informáticos, a rubrica a ficar prejudicada foi "Espaço às Curtas Nacionais" que irá regressar ao normal funcionamento durante esta semana. Para além disso, contém ainda com a minha crítica a "Dolls" de Takeshi Kitano e a crítica de H.Barcelos a "The Girl With the Dragon Tattoo" (sim isto é uma forma de pressionar o Hugo a terminar a crítica).

Por fim, vamos agora dar algum espaço às notícias mais relevantes da semana:

 Revelada a sinopse oficial de The Amazing Spider-Man
Adaptação de "Anna Karenina" por Joe Wright terá uma abordagem "experimental e expressionista"
Kate Winslet e Catherine Keener no elenco do novo filme de Charlie Kaufman
 Veja a primeira imagem do novo filme de Oliver Stone
 Divulgado teaser de "The Walking Dead" referente à segunda metade da temporada
 Dois terços da equipa dos Monty Python irá reunir-se para a produção de uma comédia de ficção-científica !
Veja o novo trailer de Mirror Mirror
Veja o primeiro trailer de Brake (Stephen Dorff)

Box Office de dias 27 a 29 de Janeiro de 2012. The Grey bate a concorrência

Já são conhecidos os resultados das receitas das bilheteiras norte-americanas entre os dias 27 a 29 de Janeiro de 2012. O grande vencedor da semana é "The Grey", o novo filme protagonizado por Liam Neeson que superou toda a concorrência e arrecadou o primeiro lugar.

"The Grey" obteve 20 milhões de dólares em 3185 salas, valores que surpreendem pela positiva. O filme foi realizado por Joe Carnahan ("The A-Team"), através de guião do próprio em colaboração com Ian Mackenzie Jeffers. "The Grey" conta no elenco com Liam Neeson, Frank Grillo, Dermot Mulroney, Dallas Roberts, Joe Anderson, James Badge Dale, Nonso Anozie. Podem ler mais sobre o filme no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2012/01/veja-o-trailer-para-maiores-de-idade-de.html

Quem não deve ter gostado nada desta entrada de "lobo" de "The Grey", foram os responsáveis da Screen Gems que viram "Underworld Awakening" perder a liderança e descer 50,6% em relação às receitas da semana anterior. "Underworld Awakening" obteve mais 12,5 milhões de dólares em 3,078 salas, valores que somados aos da semana anterior, levam a que o quarto filme da saga "Underworld" tenha 45,1 milhões de dólares em receitas de bilheteira. O filme é realizado pela dupla de realizadores de origem sueca Mans Marlind e Bjorn Stein, conhecidos pela direcção de filmes como "Storm", "Shelter", entre outros. O argumento de "Underworld 4" foi escrito por John Hlavin ("The Gunslinger"), e revisto por J. Michael Straczynski (série "Babylon 5"). Podem ler mais sobre "Underworld Awakening", no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2011/12/sobre-underworld-o-despertar.html

O terceiro lugar da tabela ficou para outro estreante da semana, a comédia "One for the Money", protagonizada por Katherine Heigl ("Anatomia de Grey"). O filme desiludiu nas bilheteiras ao alcançar apenas 11,7 milhões de dólares, um resultado que ficou aquém das expectativas do estúdio. Katherine Heigl tarda em impor-se como protagonista no grande ecrã, após ter abandonado o elenco de "Anatomia de Grey" para apostar na carreira cinematográfica.  "One for the Money" foi realizado por Julie Ann Robinson ("The Last Son") e tem como estrela principal a actriz Katherine Heigl ("Knocked Up"), coadjuvada por Jason O'Mara ("Resident Evil: Extinction"), Daniel Sunjata ("Rescue Me"), John Leguizamo ("Moulin Rouge!"), entre outros. Pode ler mais sobre o filme no seguinte link: http://bogiecinema.blogspot.com/2011/10/katherine-heigl-em-destaque-nas-tres.html

Tabela: