29 julho 2012

Posters aos Domingos: "The Egyptian"; "Alice Adams" e "The Amazing Dr. Clitterhouse"

A forma como um filme é promovido pode contribuir e muito para o êxito ou fracasso deste. Nem sempre uma boa campanha é sinónimo de êxito, mas esta é uma das maneiras primordiais dos estúdios apresentarem os seus filmes aos espectadores. Um material essencial para a divulgação dos filmes é o poster. Não é essencial, mas a par dos trailers é capaz de ser a forma mais rápida e eficaz de uma obra cinematográfica chegar ao público. Seja nas salas de cinema, seja nos jornais e nas revistas, e mais recentemente na internet, os posters são essenciais na divulgação de um filme. Estas são muitas das vezes as primeiras imagens que o cinéfilo, ou espectador casual tem dos filmes, sendo o primeiro contacto com essas obras.

Nesse sentido, começámos uma nova rubrica no passado dia 10 de Junho, que visa apresentar alguns posters de filmes. Esta rubrica terá (sempre que possível) uma periodicidade semanal e visa apresentar alguns posters que decido seleccionar, acompanhados por uma breve apresentação dos filmes e comparados com outros posters dessas obras cinematográficas.

Decidi começar por destacar um dos posters norte-americanos de "The Egyptian", um filme realizado por Michael Curtiz, através do argumento de Philip Dunne e Casey Robinson. O argumento do filme foi inspirado no popular livro "Sinuhe egyptiläinen" de Mika Waltari e nos textos e lendas egípcios sobre Sinué, "The Egyptian". Lançado originalmente no dia 24 de Agosto de 1954, o filme acompanha a história de Sinué, desde a sua infância até ao final dos seus dias, acompanhando diversos episódios da vida do médico, que foram marcando o personagem e moldando a sua personalidade, há medida que este procurava por respostas existenciais.

O poster que destaco de "The Egyptian" é um dos vários cartazes norte-americanos da obra cinematográfica. A arte promocional é bastante rica, destacando não só o lado mais conquistador de Sinué, o Faraó Akhenaton; a irmã do Faraó, Baketamon; a sedutora Nefer (Bella Darvi) e a ingénua Merit (Jean Simmons) o território do Egipto em pleno conflito, ou seja, apresenta vários acontecimentos e personagens importantes ao longo da narrativa:
Se o poster acima apresentado centra-se em vários personagens e momentos importantes da narrativa, já o poster espanhol, realça três personagens femininas muito importantes ao longo da narrativa, nomeadamente, a bela e inocente Merit, a ardilosa Baketamon e a sedutora Nefer, acompanhadas pelo Faraó:

Já o poster dinamarquês de "The Egyptian", não só realça o conflito no interior do território do Antigo Egipto, mas também o protagonista com Merit nos seus braços. De salientar o facto do poster apresentar o protagonista com uma tonalidade de pele bem mais escura do que o apresentado pelo protagonista do filme, interpretado por Edmund Purdom, procurando aproxima-lo mais de um egípcio.


O segundo poster em destaque (e que posteriormente será comparado com os restantes, é um dos posters norte-americanos de "Jean Adams", um filme realizado por George Stevens e protagonizado por Katharine Hepburn. O filme estreou originalmente no dia 15 de Agosto de 1935, e centrava-se na personagem do título, uma jovem mulher de uma família de classe média/baixa, que ambiciona subir socialmente. Quando começa a envolver-se com o milionário Arthur Russell (Fred MacMurray), Alice tenta demonstrar um status que não possui, algo que vai coloca-la e à sua família com diversos problemas.

O poster que destaco de "Alice Adams" centra-se precisamente na relação amorosa entre "Alice Adams" e Arthur Russell, bem como um momento de diálogo entre a protagonista e a mãe. O poster foi lançado tendo em vista a divulgação do filme no mercado norte-americano e realça o facto de "American electric star portrays Booth Tarkington´s dynamic heroine...":

A relação entre Alice Adams e Arthur Russel foi um dos elementos mais utilizados para divulgar o filme junto do público. Outro dos cartazes norte-americanos realça a relação amorosa, bem como o livro que inspirou a obra cinematográfica:
 No entanto, nem todos os posters de "Alice Adams" centraram-se na relação entre o casal, veja-se o caso do poster espanhol, que realça apenas a personagem de Katharine Hepburn:
Igualmente centrado em Alice Adams é outros dos posters norte-americanos de "Alice Adams".  Bem mais simples do que os posters anteriores, o poster centra-se na protagonista e no livro que inspirou o filme, mesclando os tons azul e branco:
O terceiro poster que destaco (e que posteriormente será comparado com outros) é o cartaz italiano de "The Amazing Dr. Clitterhouse" (em Itália "Il Sapore del Delitto"). O poster destaca-se da maioria dos restantes, ao apresentar o protagonista nas suas duas facetas, a de médico respeitado e a de criminoso. O ar ameaçador do personagem interpretado por Edward G. Robinson é bem visível ao longo das duas facetas do personagem, algo que é adensado pelos tons vermelhos que incutem uma certa fúria aos sentimentos expressos pelo personagem.

Realizado por Anatole Litvak, "The Amazing Dr. Clitterhouse" contava com um elenco composto por nomes bem conhecidos do público, onde sobressaem Edward G. Robinson, Humphrey Bogart e Claire Trevor. O filme estreou originalmente em 1938, tendo obtido uma recepção relativamente positiva por parte do público.

Inspirado na peça homónima de Barre Lyndon, “The Amazing Dr. Clitterhouse” convida o espectador a juntar-se ao personagem do título, um médico muito respeitado que decide estudar o comportamento dos assaltantes durante o acto criminoso, nomeadamente, as suas motivações, a forma como agem em conjunto, entre outros aspectos, para desenvolver um livro inédito sobre a temática. Para melhor desenvolver este estudo, o médico começa a desenvolver pequenos assaltos até conseguir infiltrar-se no interior do grupo liderado por Jo (Claire Trevor) e por “Rocks” Valentine (Humphrey Bogart). De forma algo caricata, Clitterhouse convence os elementos do grupo que pode ser útil nos actos criminosos destes e decide participar nos assaltos, pedindo em troca que deixem-lhe medir a tensão arterial, temperatura, respiração, e pulsação dos criminosos, antes, durante e depois dos assaltos, enquanto ajuda o grupo de foras da lei a participar nos crimes, algo que poderá não ter os resultados que o protagonista espera.
Em comparação com o poster italiano de "The Amazing Dr. Clitterhouse", o poster francês do filme realça os personagens de Robinson, Bogart e Trevor, com os dois últimos a observarem as acções do primeiro. O protagonista destaca-se por aparecer representado com tonalidades amarelas e negras, enquanto age de forma suspeita.
O filme teve uma divulgação considerável nos Estados Unidos da América, algo visível pela quantidade considerável de cartazes de "The Amazing Dr. Clitterhouse". Na maioria dos casos dos posters norte-americanos, o destaque vai para os personagens de Edward G. Robinson, Humphrey Bogart e Claire Trevor, acompanhados pela frase de efeito "A thunderbolt of thrills and intrigue!".

Por fim, importa destacar mais um dos cartazes norte-americanos. No poster seguinte, é possível vermos o protagonista com um ar algo desconfiado, enquanto prossegue com as suas investigações. O poster é bastante simples, destacando-se sobretudo por realçar o carácter ambíguo do Dr. Clitterhouse.

Esta semana as escolhas foram três filmes que visionei esta semana e sobre os quais escrevi críticas (que a seu tempo serão lançadas pelo Rick´s Cinema). Para a semana as escolhas certamente serão outras e aceitamos sugestões dos nossos estimados leitores, naquela que é a rubrica menos lida do Rick´s Cinema, mas uma das quais mais prazer tenho em escrever.

Sem comentários: