11 maio 2012

Entrevista a João Marco sobre "Além de Ti"

A 3ª Edição do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, mais conhecido por FESTin, encontra-se a decorrer entre os dias 9 a 16 de Maio de 2012. Entre os filmes presentes em competição na secção de longas-metragens encontra-se "Além de Ti", um filme independente, escrito e realizado por João Marco.

Com o filme quase a estrear, o Rick´s Cinema teve a oportunidade de entrevistar on-line o realizador e argumentista João Marco sobre "Além de Ti". Desde já aproveitamos para agradecer a disponibilidade do João Marco em responder às nossas perguntas e aproveitamos para desejar os votos de maior sucesso para "Além de Ti".

Rick´s Cinema: “Além de Ti” marca a estreia de João Marco como realizador de longas-metragens. O que o motivou a desenvolver o projecto?

João Marco: O projecto Além de Ti nasceu a partir de uma folha em branco... sem actores e sem equipa técnica. Os protagonistas, o Mário, a Sofia e a Joana, não pertenciam ao meu círculo de conhecidos. Eram actores que gostaria de ter no meu projecto, mas que apenas sonhava poder fazê-lo. No entanto, escrevi o argumento com a Sofia e o Mário para protagonistas... desta forma foi mais fácil lidar com as personagens... tinham um corpo e uma cara... através de fotografias e da possibilidade de assistir aos projectos do Mário, descobri as suas expressões, as suas formas de encarar e encarnar as personagens. Antes de tudo, o que me fascinou, foi a base do problema: fazer Cinema... começar a criar... a levantar tijolo. Este trabalho é, no fundo, a minha primeira obra narrativa, sem rede e com actores de fundo, que merecem existir nesta área, que têm a força para se erguer como agentes interpretativos seguros e profissionalmente capazes, com músicos de qualidade, com artistas plásticos de nível superior, com o Luís Afonso, com um par de dançarinos exemplar.
  Não há forma de olhar para trás... de não querer fazer... foi muito bom escrever sobre este sonho... foi muito bom poder criá-lo, desenvolvê-lo e e vê-lo nascer. O que me motivou? As pessoas. Já viram os sorrisos das pessoas que trabalharam comigo? Os abraços? Talvez, ali, mesmo à partida... foi este o sonho que, sem dúvida, me motivou.

Rick´s Cinema: O “Além de Ti” é uma prova do espírito empreendedor do João Marco, visto que foi elaborado de forma independente e sem apoios financeiros externos. Quais os maiores desafios para desenvolver um projecto nestas condições?

João Marco: Os maiores desafios foram a ineficácia humana ao nível das entidades que gerem o Cinema... Não há volta a dar, para se fazer Cinema de qualidade há que apostar, não é a colher louros após a tempestade que se gere esta Arte... há que sair à rua.. há que lutar... Cinema é Cultura. Aqui não se trata de dinheiro em primeira instância. Está certo que o projecto não foi abastado, mas há a dignidade e vontade de querer e isso, mesmo com um rio de ouro, não muda as pessoas. Se me perguntam se as empresas negaram a sua participação ou se mostraram entraves, a resposta é não. Todos os patrocínios do filme mostaram-se firmes em apostar no projecto. Foi uma honra poder contar com semelhante apoio. Foi uma honra acabar o filme e poder projectá-lo em sessão de antestreia para as pessoas que acreditam na cultura e na arte independente... receber apertos de mão e caminho para percorrer.
 O maior desafio, é o futuro do Cinema, porque a arte não é presente... a arte é infinita... será pelo futuro e a sua perseverança dependerá de quem a defende e nisso, o país vai menos bem... embora tantos braços surjam, muitos mais de abaixam ou fingem abaixar-se.

Rick´s Cinema: Outro dos factores que desperta à atenção em “Além de Ti” foi a escolha do Algarve, mais precisamente Faro para o local das filmagens. Porquê a escolha de Faro? Quais as possibilidades cinematográficas permitidas pelo território?

João Marco: Faro surge naturalmente. Era o melhor local para filmar... a um pequeno passo de todos. No entanto, Faro é uma bela cidade... detrás da sua arquitectura barroca, a cidade tem recantos belíssimos e profundamente cinematográficos. Faro é uma pequena metrópole... as vias, os caminhos, os edifícios, as praças, a ria e o ambiente universitário. Faro conseguiu juntar o melhor de duas perspectivas: a possibilidade e a personalidade. Além do mais... conheço muito bem os seus segredos e foi uma escolha, acima de tudo, natural.

Rick´s Cinema: Porquê o título “Além de Ti”?

João Marco: O centro do projecto é o seu argumento... a história de duas personagens, um homem e uma mulher, que, casados há cinco anos, começam a erguer defesas e naturalmente, a afastar-se um do outro... esta realidade, mais presente entre nós que ausente, leva o outro a questionar-se, de forma consciente, o que haverá além de ti... o que existirá do outro lado do horizonte. Esta pergunta, é replicada universalmente e repetidamente dentro de cada um de nós desde sempre e para sempre.

Rick´s Cinema: É verdade que nenhum elemento do filme é remunerado? Como conseguiu mobilizar todo um grupo de trabalho sem oferecer a garantia de uma remuneração?

O filme está acabado... está presente em festivais e a ser legendado para participar em concursos internacionais. Terão acreditado no projecto e o projecto agarrou-os.

Rick´s Cinema: Um dos nomes que sobressai no elenco é Sofia Reis, que apresenta um currículo com alguma experiência na arte da representação e tem sido um elemento activo na divulgação do filme. Porquê a escolha de Sofia Reis?

A Sofia Reis foi a primeira pessoa que leu o argumento, a ser contactada e que aceitou ficar com o papel, meses antes de qualquer outro. É uma pessoa com um futuro à sua frente na área do Cinema. Foi uma boa aposta de parte a parte... pois o nosso sonho era fazer um filme... uma longa-metragem... e está feita... e foi óptimo poder fazê-la com a Sofia... muito empenhada e concentrada... a obra em primeiro lugar, sempre. No entanto, não será justo para os outros actores, dizer que é quem tem mais experiência... todos os actores apresentam um um bom currículo... o Mário Spencer, a Joana Costa, o João Machado, o Nuno Faísca, a Adelaide Fonseca, o Igor Arrais, o Nuno Murta, O João Jonas e, principalmente, o Pedro Monteiro. Todos eles têm anos de experiência de interpretação: palco. A Sofia destaca-se ao nível do Cinema e o Mário da televisão.

Rick´s Cinema: O elenco conta com vários elementos que se estreiam nas lides cinematográficas, entre os quais o Mário Spencer. Pode falar-nos um pouco do processo de selecção do elenco?

João Marco: O Mário sempre quis fazer Cinema. É um homem seguro, forte e extremamente sensível... alguém que domina a arte e que procura saber todos os detalhes da sua personagem... faz teatro há cerca de catorze anos... entre as quais, obras de Shakespeare, ao nível profissional e internacional. Não foi difícil olhar para ele como primeira opção. O resto do elenco surgiu de forma natural... sem pressas... não procurava ninguém em especial, além dos protagonistas, e a selecção acabou por ser perfeitamente orgânica. Um projecto de vontade, acima de tudo. Não houve casting. Houve a precupação de encontrar gente que queria fazer Cinema.

Rick´s Cinema: O que os espectadores podem esperar de “Além de Ti”?

João Marco: Apenas um filme e a possibilidade de levá-lo para casa dentro de si. O Além de Ti é o desejo de criar mais... o Cinema independente na sua versão mais clean... sem fins económicos, o projecto quer ser visto, apenas.

Rick´s Cinema: Uma das temáticas abordada pelo enredo passa pela relação de Sofia e Tomás, um casal que aos poucos começa a afastar-se. Como define a relação deste casal?

João Marco: É a relação mais primária de todos os casais... ao fim de um tempo, sente-se o acamar das articulações ágeis dos primeiros tempos... começa a ouvir-se o tempero dos anos... valerá a pena? Serei eu parte de um todo? Ou valerei como ser individual? Cada pergunta começa a surgir nítida à frente da nossa vista. É a relação entre seres humanos... é assim a vida.

Rick´s Cinema: O João Marco realizou e escreveu o argumento do filme. Deu alguma liberdade aos actores para improvisarem? Ou preferiu seguir o que estava no papel?

João Marco: O que é a improvisação? Cada um do actores, leu o texto... criou subtexto e desenvolveu a personagem... nem todas as palavras foram ditas como no guião... porque não se tratou da interpretação de clássicos... mas nenhuma história foi criada além do escrito... houve liberdade, sim... o artista tem de ter balizas, é verdade... mas tem de ter asas... contudo, para voar tem o seu estilo... pelos caminhos do argumentos, mas com o balanço dos jeitos individuais.

Rick´s Cinema: O site Cinema Fantastique comparou-o a Roman Polanski. Como se sentiu com esta comparação? É uma das suas referências cinematográficas?

João Marco: Roman Polanski é uma instituição dentro do Cinema universal... ser comparado com tal autor é para mim muito gentil. Os trabalhos do realizador são referências obrigatórias, claro... mas o Repulsion, não foi obra de partida para este projecto. Tudo começou a partir de um conto tradicional, de tal forma modificado, que hoje não se reconhece ponte.

Rick´s Cinema: “Além de Ti” teve a sua ante-estreia no auditório da Biblioteca Municipal de Faro. Qual foi a reacção do público ao seu trabalho?

João Marco: Foi muito bom ver uma turba de gente encher o auditório da biblioteca... 160 pessoas... a reacção foi muito positiva... a palavra de ordem era: continua e apenas isso me interessa.

Rick´s Cinema: O filme estreia este Domingo, dia 13 de Maio no FESTin. Qual a sensação de ter o filme em competição no Festival?

João Marco: Era a minha meta colocar o filme num festival, levar o trabalho de meses às salas de Lisboa. Estamos todos de parabéns. É um projecto onde todos demos tudo e onde valeu a pena fazê-lo.

Rick´s Cinema: Conta estrear “Além de Ti” em circuito comercial?

João Marco: Vamos deixar correr o moço, como se diz pelos Algarves. Não tenho expectativas. Ninguém tem... é a melhor forma de felicidade.

Rick´s Cinema: O João Marco já conta com projectos cinematográficos para o futuro? Pode falar-nos um pouco sobre estes?

João Marco: Não vou parar... já estou a construir um novo caminho, é verdade. Mas mais nada posso acrescentar. Apenas que terá mais certezas. Cada escada a subir é mais alta, mais difícil e mais complexa... mas é a única forma de o fazer.

Rick´s Cinema: Caro João Marco, muito obrigado pela disponibilidade demonstrada para conceder-nos esta interessante entrevista. Votos de maior sucesso para o seu trabalho.  

Marquem nas vossas agendas, "Além de Ti" é exibido no dia 13 de Maio de 2012, às 16h00, no Cinema São Jorge, na Sala Manoel de Oliveira.

Sem comentários: