28 maio 2012

Curtas de Animação às Segundas: Kagemono: The Shadow Folk

Hoje é Segunda-feira e por isso dia de "Curtas de Animação às Segundas", no Rick´s Cinema. Esta é uma rubrica que visa apresentar algumas curtas-metragens de animação de qualidade, sejam estas conhecidas do grande público ou relativamente desconhecidas. Por este espaço tanto podem passar curtas de animação portuguesas como estrangeiras, sempre acompanhados com um breve texto de apresentação, que visa apresentar a curta-metragem em questão aos leitores. Importa salientar que por este espaço já passaram curtas como Bats in the Belfry; Sem Dúvida Amanhã (2006); "The Old Lady and the Pigeons"; "História Trágica Com Final Feliz", "Vincent", entre outras.

O post desta Segunda-Feira é dedicado a "Kagemono: The Shadow Folk", uma curta-metragem de animação realizada e escrita por Sabrina Cotugno como trabalho final do quarto ano da licenciatura para a CalArts. Cotugno é uma estagiária na Pixar, que conta com algumas curtas-metragens no currículo, entre os quais, "The Thirsty Gargoyle", "Night Parade" e "Paraphernalia".

"Kagemono: The Shadow Folk" acompanha a história de Beopup, uma pequena raposa que encontra-se a caçar na floresta, quando inesperadamente depara-se com uma estranha criatura que suga as sombras das suas vitimas.

Com um estilo de animação a fazer recordar os animes, "Kagemono: The Shadow Folk" apresenta uma história simples e dinâmica sobre uma raposa que depara-se perante uma estranha figura que ameaça a sua existência. Sabrina Cotugno apresenta um trabalho muito interessante que destaca-se pelas cores dessaturadas e por um traço próximo da animação japonesa que cativa o espectador, ao mesmo tempo que apresenta a mensagem que as aparências iludem e que as amizades podem surgir de onde menos se espera. Embora o seu trabalho não tenha estado em grande destaque nos festivais e mostras de cinema, Sabrina Cotugno mostrou em "Kagemono: The Shadow Folk" que é um talento a seguir em atenção nos próximos tempos. Fiquem agora com "Kagemono: The Shadow Folk":

Sem comentários: