14 fevereiro 2012

Os zombies estão cada vez mais acessíveis ao público norte-americano: "The Walking Dead" volta a bater recorde de audiências

Depois de, na estreia da segunda temporada, ter batido o recorde de audiências da televisão por cabo relativamente a uma série de drama, "The Walking Dead" voltou a bater o recorde que estabelecera, ao estrear o primeiro episódio da mid-season, no domingo, 12 de Fevereiro. Este feito é ainda mais formidável se tivermos em conta que a transmissão ocorreu ao mesmo tempo que a dos Grammy Awards que, ainda por cima, foi a segunda mais vista de sempre da história da cerimónia.

Assim, a série teve um total de 8,1 milhões de espectadores, que bateram o recorde nas faixas etárias entre os 18 e os 49 anos (5,4 milhões) e entre os 25 e os 54 (com 4,4 milhões).

Para quem não conhece (o que deve ser uma raridade dado o fenómeno de popularidade da série), "The Walking Dead" é uma série de televisão passada num cenário pós-apocalíptico nos Estados Unidos, onde a esmagadora maioria dos seres humanos, sem que nada o antevisse, se transformaram em zombies. A série foi criada por Frank Darabont e baseada numa série de livros de banda desenhada com o mesmo nome, da autoria de Robert Kirkman, Tony Moore e Charlie Adlard. A série centra-se num grupo de sobreviventes liderados pelo adjunto de xerife, Rick Grimes, entre os quais se encontram a sua mulher e filho.

Para verem um teaser da mid-season, bem como alguns vídeos da primeira metade da segunda temporada, recomendo a que leiam este post bem intencionado.

Sem comentários: