25 fevereiro 2010

Speedy Gonzales a caminho do grande ecrã

Segundo o Heat Vision, o popular personagem animado, Speedy Gonzales terá direito a uma adaptação ao grande ecrã, através da New Line. O roteiro do filme sobre o Rato Super Sónico será escrito pela dupla formada por Alec Sokolow e Joel Cohen, que anteriormente tiveram uma responsabilidade idêntica com a adaptação de "Garfield. O filme, à imagem de outras adaptações de desenhos animados como "Scooby-Doo"; "Garfield"; "Looney Toones: Back in Action", apresentará características híbridas entre o live action e CGI, mostrando Speedy e a sua família em computação gráfica e os restantes elementos do elenco e cenários serão reais.

Quanto ao elenco do filme, ainda não existem nomes confirmados, ainda que tudo indique que George Lopez irá dar a voz a Speedy Gonzalez.

"Speedy Gonzales" é produzido por George Lopez, Ann Lopez e Lynnette Ramirez por parte da George Lopez Presents, para além de Jerry Weintraub, Tracy Ryerson e Jill Arthur ("Ocean's Eleven"), da parte da New Line, encontram-se Michele Weiss e Sam Brown.

Conhecido como o rato mais rápido do México, o personagem foi criado em 1955, para ser mais um antagonista de Sylvester the Cat (para além de Tweety). O personagem já apareceu algumas vezes no grande ecrã, mas nunca como protagonista, tendo aparecido em filmes como "Who Framed Roger Rabbit," "Space Jam" e "Looney Tunes: Back in Action."

Quanto à história do filme, a situação complica-se um pouco e o entusiasmo esvai-se. Se por um lado é compreensível que queiram adaptar o personagem aos dias de hoje, o discurso de Ann Lopez, de que o filme traz o "selo de aprovação Latino de George (Lopez)", quando questionada sobre a polémica que ronda o personagem, nomeadamente de ser considerado estereotipado e racista.

Segundo Ann Lopez, "Nós pretendemos fazer tudo para que não seja o Speedy dos anos 50 -- o Speedy racista. O Speedy será retratado como um rapaz incompreendido, de uma família que trabalha de forma meticulosa, sendo demasiado rápido para o que a familia faz. Após ter causado uma confusão das antigas, resolve viajar pelo Mundo e descobrir aquilo em que é verdadeiramente bom."

A adaptação de Speedy Gonzales ao grande ecrã era algo que seria uma questão de tempo, até pelo apelo que o personagem causa junto do público. No entanto, visto os resultados das adaptações de personagens animados populares que misturam CG e actores reais, o resultado final poderá ser lucrativo mas ruinoso a nível da crítica. Quanto ao facto do personagem ser racista, esse seria um debate que a ser feito era noutro local e não num Blog sobre Cinema.

E para quem quiser matar saudades do rato mais rápido do México pode ver aqui Speedy a colocar a cabeça em água a Sylvester:

Sem comentários: