22 dezembro 2009

Trailers durante a apresentação dos premiados aos Oscars para aumentar a audiência

Após o sucesso da última edição dos Oscars, comprovado com o acréscimo de 10% em relação às audiências da exibição de 2008, os produtores Bill Mechanic e Adam Shankman terão de se esforçar e muito para continuar esta curva ascendente, no que a audiências diz respeito, caso contrário as críticas recairão sobre as suas pessoas. É neste sentido que estes surgiram com uma medida inovadora para aumentar as audiências da cerimónia: Introduzir trailers durante a exibição.

Estes trailers seriam exibidos durante cinco dos pontos mais parados da cerimónia, sendo introduzidos por uma das estrelas. Qualquer Estúdio tem direito a colocar a propor a exibição do Trailer durante a cerimónia, sendo a única condição ser um clip de 2 minutos de cenas nunca antes vistas.

Esta situação permitiria dar um lado mais comercial à exibição, compensando o facto dos filmes nomeados nem sempre serem do agrado do público em geral, exibindo assim trailers de filmes com um interesse mais lato, que chamaria outro tipo de público para ver a Cerimónia. Esta situação tem despertado uma grande divergência de opiniões, pois se por um lado esta situação iria dar um valor comercial acrescido à atribuição dos Oscars, por outro, há quem considere que a Cerimónia é para ser dedicada à arte e não ao comércio, por isso os trailers ficam muito bem fora da Cerimónia.

Quanto à minha opinião sobre esta Notícia: É incrível como a Academia cada vez mais me desaponta, depois do que fizeram a Lauren Bacall (cuja foto foi colocada no lado esquerdo do post justamente pela ironia da situação) que foi completamente desprezada na atribuição do Oscar Honorário, sendo entregue numa cerimónia à parte da "cerimónia principal", para os mais esquecidos ou desatentos, trata-se apenas de uma das maiores divas dos filmes noir dos anos 40, formando com Humphrey Bogart uma das duplas mais carismáticas da História do Cinema.
Quanto aos trailers, não vejo onde trechos de filmes como Eclipse, entre outros da moda poderiam enriquecer a cerimónia. Atenção não estou a criticar os filmes quanto à sua qualidade ou ao seu teor, porque eu também os vejo, não considero é que numa cerimónia onde é privilegiada a excelência e valores diferentes do mainstream, estes sejam alterados apenas para ganhar audiência (poderá ser uma visão algo naive da situação no entanto, é a minha opinião, vale o que vale). No meu caso, pelo que fizeram a Lauren Bacall, é menos um que assiste à cerimónia (e a audiência mundial também é tida em conta, apesar de eu ser apenas uma gota no Oceano). Aceitam-se outras opiniões, esta é daquelas questões que dão para debater pois existirão sempre divergências de opiniões.

Sem comentários: