27 dezembro 2009

Box Office de dias 25 a 27 de Dezembro

Os resultados do Box Office, desta semana, já foram actualizados, nos sites Coming Soon e Box Office Mojo (podem conferir a tabela no fim do post). Esta semana o Box Office Norte-Americano bateu vários records. Desde logo porque foi o melhor resultado de bilheteira de sempre em apenas uma semana, foram 275 milhões de dólares, superando assim o anterior record de 260 milhões de 18 de Julho de 2008. Para este resultado estrondoso, muito contribuiu o resultado extraordinário do top 3. Avatar com 75 milhões de dólares, não só manteve o primeiro lugar, como também obteve o honroso segundo lugar, como a melhor bilheteira na segunda semana em exibição, sendo apenas superado por The Dark Knight. De referir, que Avatar desceu apenas 2% em relação à semana anterior, obtendo um total acumulado de bilheteira interna 212 milhões de dólares, sendo que a nível Mundial já soma 617 milhões de dólares. Para além disso, Sherlock Holmes, o segundo classificado, obteve a melhor bilheteira de sempre para um filme que estreia no dia 25 de Dezembro e para além disso é a segunda melhor bilheteira de sempre de um filme que não ficou em 1ºlugar. Em terceiro lugar ficou a sequela de Alvin and The Chipmunks, que obteve 77 milhões ao longo da semana e 50 milhões nos três dias referentes à bilheteira. Assim o resultado apresenta um acréscimo de cerca de 100 milhões em relação a Dezembro do ano passado, sendo um mês para recordar em Hollywood, visto que em tempos de suposta crise, consegue obter o seu melhor resultado de sempre.

Quanto a Avatar, como já foi referido, ficou em primeiro lugar, logrando o que muitos pensavam ser impossível, manter a bilheteira da semana anterior, o filme promete chegar com facilidade aos 300 milhões, resta saber se a fasquia poderá ser colocada nos 400 milhões. Apesar dos altos valores de bilheteira, há que referir os cerca de 500 milhões de dólares de orçamento, fora o investimento em publicidade, algo que torna o investimento pouco rentável a curto prazo, no entanto, com merchandising, mercado de DVD´s e Blue-Ray, fora as possíveis sequelas, a FOX se não recuperar o investimento no imediato, com toda a certeza recuperará no longo prazo.

Sobre o Filme:
Em 1996, James Cameron encantou o Mundo com Titanic, maior sucesso de bilheteira de todos os tempos, superando os dois biliões de dólares. Em 2009, o mesmo James Cameron regressa às salas de cinema com Avatar, que representa não só um regresso do conceituado realizador após um longo afastamento, como também um regresso deste ao género da Ficção Científica.
Em Avatar a acção acontece no Século XXII, no Planeta Pandora. O personagem principal é Jake Sully, um antigo Marine confinado a viver numa cadeira de rodas. Inconformado com o seu estado de imobilidade, quer continuar a ser útil, é então que parte numa expedição ao Planeta Pandora. O propósito principal desta expedição é extrair um minério que vale qualquer coisa como vinte milhões de dólares por kg na terra. Devido a não conseguirem respirar em Pandora, e para facilitar a interacção com os nativos, os Na´Vi´S, os humanos utilizam um atalho de ligação, que os conecta a um corpo semelhante ao dos indígenas. Assim funcionam como uma espécie de híbrido, corpo de alienígena e mente de humano, a estes seres híbridos é dado o nome de Avatar.
Na forma de Avatar, Jake pode novamente andar, indo aproveitar a sua nova forma exterior para interagir e infiltrar-se no interior dos Na´Vis. Ao ter a sua vida em perigo é salvo por Neytiri, uma Na´Vi, que reluta em aceitar Jake pois este representa uma raça exterior que vem explorar e esgotar os recursos do seu mundo. À medida que a relação entre Jake e Neytiri vai-se aprofundando, este vai ter que lidar com conflito entre humanos e Na´Vis que poderá colocar um fim a Pandora. Ou seja um romance em tempos de guerra mas tudo num cenário futurista.
Mais informações no site oficial do filme: http://www.avatarmovie.com/ .

Elenco: Sam Worthington, Zoe Saldana, Sigourney Weaver, Michelle Rodriguez, Giovanni Ribisi, Joel David Moore, CCH Pounder, Peter Mensah, Laz Alonso, Wes Studi, Stephen Lang, Matt Gerald

Avatar no Blogue: http://bogiecinema.blogspot.com/search?q=avatar

O segundo lugar ficou para Sherlock Holmes, que marca um regresso em grande do famoso detective, para além de ser a melhor bilheteira de sempre para Guy Ritchie, que vê assim relançada a sua carreira em Hollywood, após uns anos fora das boas graças do público. Sherlock Holmes obteve 65,380,000 dólares em 3,626 salas, valores muito bons para o filme e que contribuíram para esta semana ser memorável para as bilheteiras em Hollywood.

Sobre Sherlock Holmes; Nos últimos anos, o personagem criado por Sir Artur Conan Doyle tem andado arredado das salas de Cinema, nomeadamente, desde 1985, quando Barry Levinson realizou, Young Sherlock Holmes, numa tentativa de chamar um público mais jovem à sala, ou seja de tornar o filme mais sedutor. Assim, 2009 marca o regresso do famoso detective, ainda que com um update que o transfigura da versão a que estávamos habituados a ver com Basil Rathbone como protagonista. O filme ganha assim uma maior contemporaneidade para satisfazer os gostos do público actual, ou não tivessem as obras cinematográficas dependentes do público que a assiste.

Sherlock Holmes é realizado por Guy Ritchie, e protagonizado por Robert Downey Jr (Sherlock Holmes), Jude Law (Mr.Watson), Rachel McAdams (Irene Adler) e Mark Strong como o vilão Lord Blackwood. O filme tem gerado alguma expectativa, tendo agora na nomeação de Robert Downey Jr para o Globo de Ouro de Melhor Actor na categoria de comédia ou musical um dos seus pontos altos.

O filme é inspirado na Graphic Novel de Lionel Wigram intitulada Sherlock Holmes. A obra de Wigram vai trazer algumas alterações à visão mais divulgada do personagem, indo eliminar alguns hábitos vitorianos, colocando um maior enfoque na ação, contendo inclusive elementos presentes nos primeiros textos de Arthur Conan Doyle com o personagem, como a sua habilidade em desportos como boxe e esgrima.

Em terceiro lugar ficou Alvin and The Chipmunks: The Squeakquel, que obteve 50 milhões de dólares, o que a juntar ao facto de ter estreado mais cedo do que Sherlock Holmes, tenha obtido uma bilheteira total de 77 milhões de dólares, valores muito superiores ao do primeiro filme, que obteve 44,3 milhões de dólares na estreia.

Sobre o filme:
Após o sucesso de bilheteira do primeiro filme, uma sequela era esperada, e o que é que uma sequela deve conter? Tudo o que primeiro filme contém mas em dobro, e é isso que acontece com Alvin and Chipmunks com a introdução das Chipettes, ou seja não teremos três mas sim seis esquilos a estrelarem a sequela. A continuar neste ritmo o ideal era no terceiro filme envelhecerem os personagens, para estes puderem ter filhos e assim em vez de seis teríamos nove esquilos. Brincadeiras à parte, o primeiro filme fez mais de 350 milhões de dólares em receitas de bilheteira, algo assinalável para um filme de cariz infantil, assim é mais do que lógico que tenha sido realizada uma sequela.

Na sequela, Alvin, Simon e Theodore acabam por ficar a cargo do sobrinho de Dave Seville, Toby (Zachary Levi). Os esquilos necessitam colocar de lado o mundo da musica para voltarem a cuidar dos estudos. No entanto, o regresso às aulas não significa deixar a música, estes são desafiados a salvar o programa musical da escola, ao vencerem o prémio de 25 mil dólares, numa batalha que oporá várias bandas musicais. É aqui que os três irmãos irão encontrar o maior desafio da sua curta carreira, as Chipettes, Brittany, Eleanor and Jeanette.

The Princess and the Frog, que marca o regresso da Disney ao estilo clássico de animação. O filme obteve 12,2 milhões de dólares, apresentando uma queda de quase 50% em relação à semana anterior, somando 44,756,000 de dólares. O filme ocorre em New Orleans, nos anos em que o Jazz estava a emergir, sendo que a acção centra-se em Tiana, a primeira princesa negra da Disney, demonstrando um claro sinal de abertura, que vem com largos anos de atraso, que se vê numa situação amorosa com um "príncipe" que se transformou em sapo, numa adaptação que dá alguma contemporaneidade ao conto.

O quarto lugar coube a It´s Complicated, filme que fugiu um pouco dos radares da imprensa ao estrear ao lado de Sherlock Holmes e Alvin, mas não fugiu dos radares dos espectadores, que aderiram muito bem ao filme, foram cerca de 22 milhões de dólares. O filme é realizado por Nancy Meyers (The Holiday) e protagonizado por Meryl Streep, Steve Martin, Alec Baldwin.

Sobre o filme: Jane (Streep) é mãe de três filhos, e divorciada de Jake (Baldwin). Uma década após o fim da relação, reencontra o ex-marido, durante a festa de graduação do filho. Durante esta cerimónia, descobre que o anterior esposo está casado com uma mulher muito mais nova, é então que as coisas começam a ficar complicadas, quando Jake e Jane se voltam a apaixonar, sobretudo quando aparece Adam (Martin), que se apaixona por Jane.

O quinto lugar ficou para Up in the Air, que finalmente ganhou um circuito comercial mais amplo após ter estado durante três semanas em circuito restrito com resultados excepcionais. Desta vez o filme obteve 11,755 milhões de dólares em 1895 salas, obtendo um total acumulado de 24,5 milhões, o que o aproxima do seu orçamento de 25 milhões de dólares.

Sinopse: "Up in the Air" centra-se em Ryan Bingham (George Clooney), um Conselheiro de Transições de Carreira, que adora a vida de viajar de um lado para o outro, que é forçado a lutar pelo seu trabalho quando a companhia onde trabalha reduz o orçamento para viagens. É lhe requerido que passe mais tempo em casa, justamente quando este estava prestes a cumprir o grande objectivo de atingir 10 milhões de milhas em voos, e quando tinha conhecido outra viajante compulsiva (Vera Farmiga) que preenchia os seus sonhos.

O filme tem direcção de Jason Reitman (Juno; Thank You For Smoking), tendo roteiro inspirado no romance escrito por Walter Kirn. O filme tem no elenco, George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick, Jason Bateman, Tamala Jones, Danny McBride, entre outros.

Up in the Air no Blog:
http://bogiecinema.blogspot.com/2009/11/entrevista-anna-kendrick-sobre-up-in.html

O sexto lugar coube a "The Blind Side", o filme protagonizado por Sandra Bullock foi uma das grandes surpresas deste Inverno, durando mais tempo no Top10 do que New Moon, que estreou ao mesmo tempo. O filme facturou cerca de 11 milhões de dólares, em 3,388 salas, num total acumulado de 184 milhões de dólares. Os valores ultrapassam largamente o orçamento de 29 milhões de dólares, sendo um dos maiores sucessos da carreira de Sandra Bullock.

Baseado no caso real do jogador Michael Oher (que não aprovou totalmente a realização do filme), o filme com roteiro e realização de John Lee Hancock, centra-se num jovem sem abrigo afro-americano, que é adoptado pelos Touhys, uma família branca de classe média, que o ajuda a desenvolver o potencial que tem dentro e fora do campo de futebol americano. Ao mesmo tempo, a presença de Oher junto da vida dos Touhys, vai levá-los a descobrirem-se a si próprios.
Elenco: Sandra Bullock, Tim McGraw, Kathy Bates, Quinton Aaron, Lily Collins, Jae Head.

De referir ainda o oitavo lugar de Nine, musical realizado por Rob Marshall que obteve 5,554 milhões de dólares em 1,412 salas, esperando-se que estes valores venham a aumentar cada vez mais durante as semanas que aí vêm.

Sinopse: "Nine" é um musical vibrante e provocativo, que segue a vida do realizador Guido Contini (Daniel Day-Lewis), quando este chega a uma crise pessoal e criativa de proporções épicas. Enquanto isso terá de lidar com a miríade de mulheres que circulam à sua volta, incluindo a sua esposa (Marion Cotillard), a amante (Penelope Cruz), a sua musa cinematográfica(Nicole Kidman), a sua confidente e figurinista (Judi Dench), uma jovem jornalista de moda Americana (Kate Hudson), a prostituta da sua juventude(Stacy "Fergie" Ferguson) e a sua mulher (Sophia Loren). O filme foi inspirado no clássico de Federico Fellini, "8 1/2", tendo também inspirado dois espectáculos da Broadway, com o mesmo nome, uma em 1982, que foi nomeada para 12 Tony Awards e venceu 5. O revival em 2003, foi nomeado para 8 Tony Award e venceu dois.

O filme é realizado por Rob Marshall (Chicago; Memoirs of a Geisha"), tendo roteiro de Michael Tolkin e Anthony Minghella. A estreia está prevista para dia 25 de Novembro nas salas Norte Americanas e promete ser um dos grandes destaques do final do ano. Quanto às salas Portuguesas, para variar chegará com um atraso significante, nomeadamente 14 de Janeiro, o que poderá ser bastante gravoso tendo em conta a facilidade, que estes filmes candidatos aos prémios caem nos sites de Downloads ilegais.

De referir ainda, que as receitas de bilheteira internas da Warner Bros superaram os 2 biliões de dólares, o que é um record para a indústria cinematográfica, sobretudo se tivermos em conta que estes números ainda vão aumentar consideravelmente pois o ano ainda não acabou.

Sem comentários: