13 dezembro 2009

Box Office de dias 11 a 13 de Dezembro

Os resultados do Box Office, desta semana, já foram actualizados, nos sites Coming Soon e Box Office Mojo (podem conferir a tabela no fim do post). Esta semana, o grande vitorioso foi The Princess and the Frog, no entanto, muito abaixo da média dos últimos filmes da Disney. O filme obteve cerca de 25 milhões de dólares, muito abaixo dos 105 milhões do seu orçamento. O filme marca o regresso da Disney ao estilo clássico de animação. O filme passa-se em New Orleans, nos anos em que o Jazz estava a emergir, sendo que a acção centra-se em Tiana, a primeira princesa negra da Disney, demonstrando um claro sinal de abertura, que vem com largos anos de atraso, que se vê numa situação amorosa com um "príncipe" que se transformou em sapo, numa adaptação que dá alguma contemporaneidade ao conto.

O segundo lugar coube a "The Blind Side", o filme protagonizado por Sandra Bullock mantém-se firme no pódio, sendo uma das grandes surpresas deste Inverno. O filme facturou 15,450 milhões de dólares em 3,388 salas, num total acumulado de 150 milhões de dólares. Os valores ultrapassam largamente o orçamento de 29 milhões de dólares, sendo um dos maiores sucessos da carreira de Sandra Bullock.

Baseado no caso real do jogador Michael Oher (que não aprovou totalmente a realização do filme), o filme com roteiro e realização de John Lee Hancock, centra-se num jovem sem abrigo afro-americano, que é adoptado pelos Touhys, uma família branca de classe média, que o ajuda a desenvolver o potencial que tem dentro e fora do campo de futebol americano. Ao mesmo tempo, a presença de Oher junto da vida dos Touhys, vai levá-los a descobrirem-se a si próprios.
Elenco: Sandra Bullock, Tim McGraw, Kathy Bates, Quinton Aaron, Lily Collins, Jae Head.


Em terceiro lugar ficou outra estreia da semana, Invictus. O novo trabalho de Clint Eastwood facturou 9 milhões de dólares, e confirma a regra de que os filmes que não protagoniza têm estreias geralmente mais mornas do que quando entra. O filme tem um orçamento de 60 milhões de dólares, ainda distantes de alcançar. No entanto, este resultado deve ser matizado, sobretudo se tivermos em conta que espera-se que o filme se mantenha durante largas semanas nas salas, e que a ser nomeado para os Óscars a sua bilheteira granjeará um acréscimo inerente ao interesse despertado pela nomeação para o galardão.
Invictus é inspirado na obra literária, The Human Factor: Nelson Mandela and the Game that Changed the World, de John Carlin, que tem como personagem principal Nelson Mandela, nomeadamente, quando este tentou utilizar a final do Campeonato do Mundo de Rugby, que se encontrava a ser realizado no seu País (África do Sul), para tentar unir brancos e negros numa causa comum, após os dias turbulentos que se seguiram à queda do Apartheid.

Os grandes destaques do elenco são sem dúvida alguma Morgan Freeman como Nelson Mandela e Matt Damon como capitão da selecção Sul Africana de Rugby, François Pienaar.


Em 4ºlugar ficou New Moon, o fenómeno mediático conquistou mais 8 milhões de dólares, somando um total acumulado de 267,360,000 de dólares. A chegada aos 300 milhões de dólares internamente afigura-se cada vez mais difícil.

New Moon, é a adaptação do segundo volume da saga de vampiros que celebrizou a escritora Stephanie Meyer e trouxe para o imaginário de milhares de pessoas o romance entre Bella e Edward. Na sequela, a relação de Bella e Edward sofre um grande impacto quando este a abandona, pensando ser a melhor opção a tomar tendo em vista a segurança da amada. Entretanto, Bella sofre com a solidão a que está confinado, indo formar amizade mais estreita com Jacob Black. No entanto, com esta amizade Bella volta a envolver-se com o sobrenatural, se os seus conhecimentos sobre vampiros já eram muitos, agora passou a lidar com lobisomens.
Pelo meio é perseguida por Victoria, que regressa para vingar a morte de James. Este acontecimento leva a que os lobisomens sintam necessidade de a proteger e que a família de Edward regresse. Entretanto o desespero de Edward leva a que este queira terminar com a sua existência do Mundo terreno, indo para Itália desafiar o Clã dos Volturi. Alice e Bella irão ter de correr contra o tempo para salvar Edward. Será que conseguirão?

Chris Weitz (The Golden Compass) realiza o segundo filme da saga, que tem roteiro de Melissa Rosenberg. O filme é lançado nas salas de cinema portuguesas, dia 26 de Novembro deste ano.

New Moon no Blog:
Entrevista a Kristen Stewart: http://bogiecinema.blogspot.com/2009/11/entrevista-de-kristen-stewart-e-taylor.html
Compilação de trailers: http://bogiecinema.blogspot.com/2009/11/compilacao-de-trailers-de-new-moon.html
Entrevista a Kristen Stewart e Tyler Lautner: http://bogiecinema.blogspot.com/2009/11/entrevista-de-kristen-stewart-e-taylor.html


O quinto lugar ficou para, Disney's A Christmas Carol, que somou mais 6,871,000 de dólares, o filme está a seguir o mesmo trilho de Polar Express nas bilheteiras Norte-Americanas, começando com uma bilheteira algo desapontante mas que mantém-se regular ao longo das semanas, e tendo em conta que já vai na 6ª semana de exibição, tudo indica que com a ajuda da bilheteira internacional passe largamente o seu orçamento. O filme soma 124,464,000 de dólares, algo muito bom tendo em conta a pifia estreia.

O sexto lugar coube a Brothers, com 5,000,000 milhões de dólares, valores que colocam o filme mais próximo de atingir o valor do seu orçamento, até agora facturou 17 milhões de dólares para um orçamento de 26 milhões.

Sinopse: "Brothers" retrata a história de dois irmãos, o Capitão Sam Cahill (Tobey Maguire) e o seu irmão mais novo, Tommy Cahill (Jake Gyllenhaal), que são o oposto um do outro. Sam é um marine prestes a embarcar na sua quarta missão, bom marido, casado com o amor da sua juventude, Grace (Natalie Portman), com quem tem duas filhas (Bailee Madison, Taylor Grace Geare). Tommy, é o carismático e problemático irmão mais novo, que se envolve em constantes problemas e embaraços aos pais, Elsie (Mare Winningham) e Hank Cahill (Sam Shepard), um ex-Marine.

Durante a missão no Afeganistão, Sam é considerado morto, após o seu helicóptero ter caído nas montanhas. A suposta morte de Sam causa uma grande comoção na casa dos Cahill, a ponto de Tommy amadurecer e tentar preencher o lugar do irmão, junto dos pais e da família de Sam.

Mas Sam não se encontra morto, visto juntamente com outro soldado ter sido capturado por Talibans. Lá é sujeito a torturas e sujeições traumáticas que lhe retiram aos poucos o seu senso de humanidade. Enquanto isso, Tommy e Grace vão aos poucos solidificando a sua relação, nascendo um romance entre os dois, ainda que esta situação os constranja.

Quando Sam regressa inesperadamente, um sentimento de inquietação abate-se sobre a família. Sam surge bastante tenso, frágil emocionalmente, começando aos poucos a desconfiar do irmão e da mulher. Os seus papeis familiares encontram-se trocados, é então que Sam e Tommy decidem enfrentar-se física e psicologicamente. Voltará o status quo familiar a ser reposto? Quem ficará com Grace? Como acabará este confronto entre irmãos?

Realizado por Jim Sheridan, e com roteiro de David Benioff, "Brothers" estreia esta semana em circuito limitado nos Estados Unidos, prevendo-se ser um candidato aos Globos de Ouro e aos Oscars. O filme é um remake do homónimo dinamarquês, realizado em 2004 por Susanne Bier.
Elenco: Tobey Maguire, Jake Gyllenhaal, Natalie Portman, Bailee Madison, Taylor Geare, Patrick Flueger, Sam Shepard, Mare Winningham, Clifton Collins Jr., Josh Berry.

"Brothers" no Blog:
http://bogiecinema.blogspot.com/2009/12/entrevista-jim-sheridan-brothers.html


A grande surpresa da semana passada, Up in the Air, volta a surpreender esta semana, o filme protagonizado por George Clooney volta a bater as expectativas. Se na semana passada, o filme obteve 1,160,000 de dólares em apenas 15 salas, agora obteve 2,450,000 em apenas 72 salas. O filme poderá ser um dos candidatos aos prémios, vamos ver como vai correr quando tiver uma extensão da exibição a um número superior de salas.

Sinopse: "Up in the Air" centra-se em Ryan Bingham (George Clooney), um Conselheiro de Transições de Carreira, que adora a vida de viajar de um lado para o outro, que é forçado a lutar pelo seu trabalho quando a companhia onde trabalha reduz o orçamento para viagens. É lhe requerido que passe mais tempo em casa, justamente quando este estava prestes a cumprir o grande objectivo de atingir 10 milhões de milhas em voos, e quando tinha conhecido outra viajante compulsiva (Vera Farmiga) que preenchia os seus sonhos.

O filme tem direcção de Jason Reitman (Juno; Thank You For Smoking), tendo roteiro inspirado no romance escrito por Walter Kirn. O filme tem no elenco, George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick, Jason Bateman, Tamala Jones, Danny McBride, entre outros.

Up in the Air no Blog:
http://bogiecinema.blogspot.com/2009/11/entrevista-anna-kendrick-sobre-up-in.html

Tabela:

Sem comentários: